Telescópio Hubble faz nova fotografia surpreendente de Saturno
Créditos: HubbleSite/Reprodução

Telescópio Hubble faz nova fotografia surpreendente de Saturno

Estudo da imagem mostra que o planeta está com a atmosfera instável e com tempestades

O telescópio Hubble fotografou o planeta Saturno no período em que se aproxima da Terra, permitindo uma imagem com muitos detalhes. A foto, que está em destaque como chamada nesta notícia, foi compartilhada pela Nasa no site do telescópio mais poderoso atualmente. Ela e outras podem ser acessadas neste endereço.

Segundo a Nasa, além de bonitas, as novas fotografias também são reveladoras, mostram como a atmosfera do planeta é dinâmica e turbulenta. Com as fotos deste ano é possível notar que uma tempestade gigante visível em 2018 no polo norte desapareceu. E outras tempestades, descritas como pipocas estourando em um microondas, surgiram e desapareceram rapidamente também.

Cientistas encontram água em
planeta potencialmente habitável

É possível perceber através das imagens capturadas que até mesmo a estrutura em faixas do planeta acaba tendo mudanças sutis na cor com o passar do tempo.

Mas a agência espacial norte-americana diz que algo não mudou, uma outra tempestade no polo norte do planeta ainda está lá, essa com um formato misterioso hexagonal. Ela foi descoberta em 1981 pela sonda espacial Voyager 1 da Nasa. Um detalhe interessante, a imagem mostra que o anel de Saturno está inclinado na direção da Terra, o que permite uma observação da parte de cima do anel majestoso do segundo maior planeta do nosso sistema solar. Abaixo, o post da Nasa comentando fotos tiradas 10 anos atrás.

A Nasa ressalta que uma imagem com tal qualidade só foi observada antes em capturas feitas de perto por um de seus robôs espaciais enviados para estudar o planeta. Os estudos continuam para tentar identificar padrões, mudanças climáticas e outras alterações que possam acontecer por lá.

Recentes pesquisas revelam que o anel característico de Saturno provavelmente desaparecerá completamente daqui a 300 milhões de anos. Isso acontecerá de forma gradativa e em 100 milhões de anos parte significativa já desaparecerá. O material ao redor do planeta está caindo como chuva. Enquanto Saturno está fora de cogitação para ser nosso novo lar, o homem fica cada vez mais perto de habitar Marte.

Fonte: HubbleSite/NASA, Nasa
Pesquisadores criam revestimento para diminuir o uso de água nos banheiros

Pesquisadores criam revestimento para diminuir o uso de água nos banheiros

Cerca de 37 bilhões de galões de água doce são usados diariamente apenas nos lavabos


Astrônomos criam o primeiro mapa global de Titã, a maior lua de Saturno

Astrônomos criam o primeiro mapa global de Titã, a maior lua de Saturno

Mapa foi criado com a ajuda de dados enviados pela sonda Cassini, da NASA


Carros autônomos são 25% melhores na tomada de decisão do que motoristas egoístas

Carros autônomos são 25% melhores na tomada de decisão do que motoristas egoístas

Novos sistemas classificam motoristas como egoístas ou generosos


Cientistas planejam utilizar montanhas para gerar eletricidade

Cientistas planejam utilizar montanhas para gerar eletricidade

Fluxo de ar e sistema de pressão garantem o funcionamento da tecnologia desenvolvida


Supercomputador leva um ano para simular a criação de uma galáxia

Supercomputador leva um ano para simular a criação de uma galáxia

Chamada de Hazel Hen, a máquina utilizou 16 mil núcleos de processamento para a simulação