iFood vai experimentar entregas com drones em São Paulo a partir de outubro
Créditos: Divulgação/iFood

iFood vai experimentar entregas com drones em São Paulo a partir de outubro

Entregadores e aeronaves devem trabalhar juntos para melhorar o serviço

Segundo apurou o UOL, o iFood pretender fazer entregas em São Paulo utilizando drones a partir de outubro. Elas vão acontecer em regiões específicas, em duas rotas pré-estabelecidas. Uma delas fica a cerca de 5km de distância do shopping Iguatemi, de Campinas. As entregas serão feitas apenas de pedidos realizados a restaurantes e lanchonetes do shopping com cadastro no iFood.

Assim que for recebido um pedido, ao ficar pronto, ele é levado até o topo do prédio, onde é abastecida a aeronave. Em seguida, ela parte em direção ao ponto de entrega mais próximo, onde entregadores recebem o drone e levam até o cliente na região.

Essa maneira de atuar acaba reduzindo o tempo de entrega sem diminuir o número de pessoas envolvidas no processo. Uma das rotas atravessa uma área florestal, que precisaria ser contornada, o que aumentaria a espera do cliente.

Além disso, servirá, com o tempo, para aumentar a área de atendimento do iFood, chegando a regiões mais distantes com mais velocidade. O drone utilizado para a entrega é fabricado pela SpeedBird, empresa que desenvolve sistemas aéreos para transporte de produtos, ela tem sede em Franca (SP).

Empresa quer permitir que você
controle drones reais remotamente

A aeronave é capaz de atingir até 50 km/h, levando em consideração que não precisará enfrentar trânsito algum, deve ter considerável impacto no tempo de entrega.

"Expectativa a gente tem. Adoraria em janeiro ter 100 rotas traçadas em Campinas e tudo funcionar como se tivesse virado um controle aéreo da cidade. Mas eu acho que é fundamental a gente não pular o passo do aprendizado."
Bruno Henriques, vice-presidente de inteligência artificial do iFood

Nos próximos meses, testes devem ser feitos com a intenção de ampliar a rota de drones no céu de São Paulo, mas ao longo dos dias algumas modificações devem ser feitas para que o sistema funcione melhor.

Para começar esse novo modelo foi preciso conversar com a Agência Nacional da Aviação Civil e determinar as rotas de voo. Por hora, não há muito trânsito aéreo, mas com a popularização dos drones, é reforça da importância de ficar de olho no que é preciso para estar dentro da lei antes de decolar um drone no Brasil.

Fonte: UOL

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Drones fazem competição para entregar suprimentos a fuzileiros navais

Drones fazem competição para entregar suprimentos a fuzileiros navais

Modelos podem voar em distâncias de até 10km para entregas com carga


Facebook lança Creator Studio para Andoid e iOS

Facebook lança Creator Studio para Andoid e iOS

Aplicativo oferece mais facilidade para administrar páginas


Novos filtros de AR do Snapchat transformam o chão em lava

Novos filtros de AR do Snapchat transformam o chão em lava

Opções inéditas do aplicativo transformam o chão, podendo também deixá-lo molhado


Drone que leva pessoa e faz acrobacias é controlado remotamente - Veja vídeo

Drone que leva pessoa e faz acrobacias é controlado remotamente - Veja vídeo

Ele foi construído para promover o jogo Drone Champions League


DJI Drone-to-Phone Remote ID mostra localização de drones em tempo real no celular

DJI Drone-to-Phone Remote ID mostra localização de drones em tempo real no celular

Drone-To-Phone disponibiliza informações sobre o registro do drone e localização do piloto