Huawei apresenta roteador Wi-Fi Q2 Pro com cobertura de banda larga de 200 Mbps

Huawei apresenta roteador Wi-Fi Q2 Pro com cobertura de banda larga de 200 Mbps

Produto foi apresentado durante a IFA 2019

A Huawei lançou durante a IFA 2019 seu novo roteador Huawei Wi-Fi Q2 Pro, modelo equipado com chipset de modem gigabit PLC Gigahome 5630 e com tecnologia PLC Turbo. O roteador Huawei Wi-Fi Q2 Pro promete melhorar a redução da interferência para as redes PLC, alcançando transferências de dados de alta velocidade e baixa latência, além de suportar conexões de banda larga de 200 Mbps e fibra ótica mais rápida.

09/09/2019 às 12:39
Notícia

Huawei atualiza lista de aparelhos que recebem EMUI 10 - conf...

Modelos Huawei P30 e P30 Pro já estão em teste beta do sistema

O Huawei Wi-Fi Q2 Pro pode ser conectado em áreas de sinal fraco para ampliar a cobertura, incluindo em casas grandes ou com vários andares. O produto possui tecnologias de combinação de seleção automática, banda dupla, roaming contínuo e otimização automática de canal. O Huawei Wi-Fi Q2 Pro tem a proposta de resolver os problemas de interferência que ocorrem durante a transmissão do sinal de rede. Para isso, ele utiliza o chip de modem PLC gigabit da Huawei e a tecnologia PLC Turbo que reduz o ruído e melhora a qualidade do sinal entre os roteadores de base e de satélite. Comparado ao seu antecessor, o Huawei Wi-Fi Q2 Pro atinge velocidades de rede significativamente mais altas e menor latência.

A versão Huawei Wi-Fi Q2 Pro 3 Pack Hybrid utiliza tecnologia Wi-Fi mesh de 5 GHz e rede híbrida de redes PLC e Wi-Fi para oferecer velocidades de conexão que podem alcançar até 1.867 Mbps. Além do aumento de 50% a 120% na velocidade de rede, o produto também é compatível com a seleção automática de banda dupla e roaming ininterrupto, conecta automaticamente os usuários ao hotspot e à frequência da banda com o sinal mais forte, otimizando os canais Wi-Fi para impedir a interferência de sinais próximos.

O Huawei Wi-Fi Q2 Pro é compatível com o protocolo de comunicação de rede IPv6 da próxima geração, que reforça a privacidade do usuário e a segurança da rede. Os endereços IPv6 são gerados aleatoriamente combinando os prefixos de endereços IP atribuídos pelos servidores do provedor de serviços de Internet, com o endereço MAC do dispositivo, dificultando a penetração. As opções de criptografia oferecidas pelo protocolo IPv6 para garantir a segurança de primeiro nível no roteador e nos dispositivos conectados.

A Huawei ainda não divulgou quando o Huawei Wi-Fi Q2 Pro chega ao mercado ou possíveis valores do dispositivo.

User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Suposto Huawei P40 Pro aparece em hands-on antes de lançamento oficial

Suposto Huawei P40 Pro aparece em hands-on antes de lançamento oficial

Smartphone deverá ser lançado apenas no dia 26 de março


Realme Band terá conexão USB-A, proteção IP68 e sensor de batimentos cardíacos

Realme Band terá conexão USB-A, proteção IP68 e sensor de batimentos cardíacos

Smartband também conta com certificação IP68


Veja o unboxing do Mate Xs, novo celular dobrável da Huawei!

Veja o unboxing do Mate Xs, novo celular dobrável da Huawei!

O aparelho estará no mercado chinês a partir do dia 5 de março pelo equivalente a US$ 2.424


Huawei P40 Lite com Kirin 810, quatro câmeras e sensor de 48MP é lançado por US$ 325

Huawei P40 Lite com Kirin 810, quatro câmeras e sensor de 48MP é lançado por US$ 325

Ele vem com o Android 10 com interface EMUI 10 e não traz os aplicativos do Google


Google solicita isenção ao governo dos EUA para trabalhar com Huawei

Google solicita isenção ao governo dos EUA para trabalhar com Huawei

Microsoft é uma das empresas que já recebeu autorização