Índia encontra o módulo de pouso Vikram da sonda que enviou à Lua
Créditos: Reprodução/G1

Índia encontra o módulo de pouso Vikram da sonda que enviou à Lua

Problemas na missão não abalam a decisão do país de explorar o espaço

Um dia após perder contato com a sonda Chandrayaan-2, enviada à Lua na semana passada, o governo indiano afirma que encontrou o módulo de pouso Vikram que havia sido considerado perdido. Segundo a Indian Space Research Organization (ISRO), ele foi encontrado na superfície lunar e agora esforços estão sendo feitos para estabelecer comunicações com ele.

Deve ter sido um pouso duro”, afirmou K. Sivan, presidente da ISRO, ao The Guardian. A agência espacial do país havia perdido contato com a sonda no último sábado (7), momentos antes do que esperava-se ser um pouso bem-sucedido na parte sul da Lua. A intenção do país era lançar o jipe móvel Pragyan, cujo objetivo era procurar por sinais de água e estudar a composição mineral do local.

Fonte da imagem - Reprodução/The Guardian

Caso a Índia tivesse sido bem-sucedida em suas intenções, ela seria o quarto país do mundo a conseguir pousar um veículo na superfície lunar — e o terceiro a levar um robô móvel para lá. Segundo a ISRO, todo o processo estava acontecendo conforme o esperado até a sonda chegar à distância de 2 quilômetros do local de pouso, momento no qual o contato foi perdido.

A missão, que custou aproximadamente US$ 140 milhões, foi iniciada no dia 22 de julho a partir da ilha de Sriharikoita, no sul da Índia. A separação da unidade de pouso Vikram aconteceu no dia 2 de setembro, poucos dias após a Chandrayaan-2 entrar na órbita lunar — momento no qual o módulo iniciou uma série de manobras para frear e se preparar para o pouso.

Diante da situação, o país reforçou seu compromisso com seu programa espacial e afirmou que continuará dando apoio aos cientistas que se dedicam ao projeto. Até o momento, somente Estados Unidos, China e a antiga União Soviética foram bem-sucedidas em pousar naves na Lua, que tem sido alvo de um interesse renovado de vários países nos últimos anos.
 

Via: G1 Fonte: The Guardian
User img

Felipe Gugelmin

Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

Estamos com a MI BAND 5! Veja o que a PULSEIRA INTELIGENTE da XIAOMI pode fazer

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.