Dating: Tinder do Facebook agora tem integração com o Instagram
Créditos: Facebook/Divulgação

Dating: Tinder do Facebook agora tem integração com o Instagram

Aplicativo de paquera chegou nos Estados Unidos apenas agora

O aplicativo de paqueras do Facebook, o Dating, acaba de chegar aos Estados Unidos com novas funcionalidades. A plataforma, que já estava disponível no Brasil, agora terá integração com o Instagram. Será possível adicionar automaticamente fotos da rede social no perfil.

Também foi anunciada uma novidade na funcionalidade Crush Secreto, o usuário poderá criar uma lista de até nove pessoas com seguidores do Instagram em quem possa estar interessado. Assim, caso seja adicionado na lista secreta de alguém, ocorrerá um match. O recurso já estava disponível antes para amigos do Facebook e a pessoa só saberá que está na lista de alguém, caso o ato seja recíproco.

Tinder anuncia versão Lite do app
que ocupa 25x menos espaço no smartphone

Outra novidade é que até o fim do ano será possível integrar os Stories do Facebook e também do Instagram no perfil do Dating. Segundo a plataforma, essa é uma maneira de ajudar as pessoas a se conhecerem sem que seja apenas através de um perfil estático, deixando mais autêntica a página de cada um.

O Dating foi lançado em abril durante a Google I/O e o Brasil marcou presença na lista logo de início. Passar a integrar o Instagram faz parte do plano de Mark Zuckerberg de interligar os aplicativos do Facebook. Ele pretende fazer com que os serviços como Messenger, Instagram e Whatsapp, por exemplo, tenham uma troca de mensagem mais simplificada entre eles, facilitando a comunicação entre as contas. Para alguns executivos, isso é preocupante devido ao passado da empresa com dados pessoais. 

O Dating busca fazer frente ao já estabelecido Tinder, que chegou em 2012. Após sete anos de mercado, o aplicativo continua ativo. O aplitivo do Facebook para paqueras já está disponível em 19 países: Argentina, Bolívia, Brasil, Canadá, Chile, Cingapura, Colômbia, Equador, Filipinas, Guiana, Laos, Malásia, México, Paraguai, Peru, Suriname, Tailândia, Uruguai e Vietnã. O recurso chega hoje aos Estados Unidos e estará disponível na Europa até o início de 2020.

Fonte: Facebook

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.