Huawei acusa governo dos EUA de ciberataques e assédio a funcionários
Créditos: Reprodução/Nikkei Asian Review

Huawei acusa governo dos EUA de ciberataques e assédio a funcionários

A empresa divulgou um extenso comunicado em que rebate acusações de roubo e espionagem

Em meio a uma batalha legal que resultou na proibição do uso do Android e das tecnologias ARM em seus aparelhos, a Huawei divulgou um comunicado repleto de acusações ao governo dos Estados Unidos. Nele, a empresa afirma que autoridades do país arquitetaram ciberataques a suas redes e assediaram diversos de seus funcionários.

A fabricante chinesa também afirma que o governo dos Estados Unidos está desenterrando processos civis antigos que já foram resolvidos e, a partir deles, está lançando investigações criminais relacionadas ao roubo de tecnologia. A posição oficial do país é que a corporação age como um braço da espionagem chinesa, algo que ela negou diversas vezes.

Rebatendo as acusações

Apesar das declarações graves sobre tentativas de ciberataques, a Huawei não deixou claro se eles foram bem-sucedidos e quais danos podem ter sido causados por eles. A lista surge em um momento no qual a empresa está em uma “trégua temporária” que a permite continuar realizando operações no país norte-americano.

Na prática, a fabricante ainda está na “lista negra” do Departamento de Estado dos EUA, o que a impossibilita de fazer negócios com empresas que possuem sedes por lá. Em sua declaração, a companhia afirma que investe em pesquisa e desenvolvimento há mais de 30 anos e tem 180 mil funcionários ao redor do mundo, que a ajudaram a ganhar a confiança e suporte de consumidores, fornecedores e parceiros.

O fato permanece que nenhuma das tecnologias centrais da Huawei foi sujeita a nenhum caso criminal contra a companhia, e nenhuma das acusações levantadas pelo governo dos Estados Unidos foi amparada por evidências suficientes”, afirma o comunicado. Para finalizar, ela afirma que nenhuma companhia se torna um líder global em seu campo através do roubo.
 

Via: The Verge Fonte: Huawei
User img

Felipe Gugelmin

Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Apple dá recompensa de US$ 75.000 para hacker que encontrou falhas no sistema

Apple dá recompensa de US$ 75.000 para hacker que encontrou falhas no sistema

Ryan Pickren encontrou furos no sistema do Safari que dava acesso a câmera


Serviço de streaming Huawei Video chega no México, Colômbia e Chile

Serviço de streaming Huawei Video chega no México, Colômbia e Chile

Chegada no Brasil ainda não tem data confirmada


MELHOR DO MUNDO: Huawei P40 Pro supera câmeras de todos os celulares, incluindo selfies

MELHOR DO MUNDO: Huawei P40 Pro supera câmeras de todos os celulares, incluindo selfies

Segundo o site DXOMark, o smartphone tem as melhores câmeras do mercado


Huawei vai poder participar do Leilão da 5G no Brasil

Huawei vai poder participar do Leilão da 5G no Brasil

Acordo entre governos brasileiro e chinês liberam a participação da empresa


Vídeo mostra carro da Tesla detectando sinal vermelho e parando sozinho

Vídeo mostra carro da Tesla detectando sinal vermelho e parando sozinho

Função Autopilot dos carros dá mais um passo na direção certa