Android 10 mostra novamente os problemas de distribuição enfrentados pela Google
Créditos: Business Insider

Android 10 mostra novamente os problemas de distribuição enfrentados pela Google

Lançada esta semana, a atualização deve demorar bastante para chegar à maioria dos smartphones

Lançado oficialmente pela Google esta semana, o Android 10 promete oferecer diversas novidades em áreas como privacidade e usabilidade. No entanto, são grandes as chances de que você vá ter que esperar alguns meses para testar a nova versão — isso se algum dia ela chegar ao smartphone em seu bolso.

Conforme aponta um artigo publicado pelo The Verge, a atualização do sistema operacional é uma nova prova das dificuldades que a Google tem em distribuir suas atualizações. Embora a empresa tenha apostado em iniciativas como o Project Treble para convencer fabricantes a atualizar mais rapidamente seus produtos, na prática os efeitos ainda são limitados.

Uma pesquisa divulgada recentemente pela Counterpoint Research mostra que, entre as companhias que atuam no segmento de smartphones, a Nokia tem sido a mais eficiente em trazer softwares atualizados a seus consumidores. Mesmo assim, ela levou 6 meses para conseguir oferecer o Android 9 a 50% dos aparelhos compatíveis — e o ritmo não tende a acelerar com o Android 10.

Fonte da imagem - Reprodução/The Verge

As dificuldades para isso envolvem tanto o lado das fabricantes e operadoras que, com seus testes e personalizações, tornam o processo mais lento, quanto o da própria Google. Embora use o Treble para ditar os recursos que seu sistema deve possuir, limitando alguns ajustes das fabricantes, ela não usa sua arma mais forte — o acesso à Play Store — como forma de incentivar a atualização de aparelhos.

Riscos de mais fragmentação

Embora limitar o acesso à loja e aplicativos como o Gmail poderia ser o empurrão que muitas empresas precisam para acelerar a chegada de novas versões do Android, isso também poderia agir contra a corporação. Conforme o The Verge aponta, a pressão excessiva sobre parcerias poderia convencê-las a apostar em “forks” do Android, tal qual a Amazon fez com sua linha de dispositivos Fire.

O argumento do site é que a fragmentação do Android é resultado a maneira como o sistema foi construído desde o início. Embora a Google tenha conseguido resolver o problema de atualizações em plataformas como o WearOS, Chrome OS e o Android Auto, o meio-ambiente dos smartphones não ajuda a criar uma solução simples para o problema.

Continua após a publicidade

Assim, a solução mais fácil para garantir o Android 10 e atualizações futuras da plataforma é apostar nos modelos Pixel da própria Google — que não são muito acessíveis ao público brasileiro. De outra forma, parece que teremos que continuar dependendo da boa-vontade de operadoras e fabricantes para conferir as novidades da plataforma através de meios oficiais.
 

Fonte: The Verge
User img

Felipe Gugelmin

Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.