Android 10 mostra novamente os problemas de distribuição enfrentados pela Google
Créditos: Business Insider

Android 10 mostra novamente os problemas de distribuição enfrentados pela Google

Lançada esta semana, a atualização deve demorar bastante para chegar à maioria dos smartphones

Lançado oficialmente pela Google esta semana, o Android 10 promete oferecer diversas novidades em áreas como privacidade e usabilidade. No entanto, são grandes as chances de que você vá ter que esperar alguns meses para testar a nova versão — isso se algum dia ela chegar ao smartphone em seu bolso.

Conforme aponta um artigo publicado pelo The Verge, a atualização do sistema operacional é uma nova prova das dificuldades que a Google tem em distribuir suas atualizações. Embora a empresa tenha apostado em iniciativas como o Project Treble para convencer fabricantes a atualizar mais rapidamente seus produtos, na prática os efeitos ainda são limitados.

Uma pesquisa divulgada recentemente pela Counterpoint Research mostra que, entre as companhias que atuam no segmento de smartphones, a Nokia tem sido a mais eficiente em trazer softwares atualizados a seus consumidores. Mesmo assim, ela levou 6 meses para conseguir oferecer o Android 9 a 50% dos aparelhos compatíveis — e o ritmo não tende a acelerar com o Android 10.

Fonte da imagem - Reprodução/The Verge

As dificuldades para isso envolvem tanto o lado das fabricantes e operadoras que, com seus testes e personalizações, tornam o processo mais lento, quanto o da própria Google. Embora use o Treble para ditar os recursos que seu sistema deve possuir, limitando alguns ajustes das fabricantes, ela não usa sua arma mais forte — o acesso à Play Store — como forma de incentivar a atualização de aparelhos.

Riscos de mais fragmentação

Embora limitar o acesso à loja e aplicativos como o Gmail poderia ser o empurrão que muitas empresas precisam para acelerar a chegada de novas versões do Android, isso também poderia agir contra a corporação. Conforme o The Verge aponta, a pressão excessiva sobre parcerias poderia convencê-las a apostar em “forks” do Android, tal qual a Amazon fez com sua linha de dispositivos Fire.

O argumento do site é que a fragmentação do Android é resultado a maneira como o sistema foi construído desde o início. Embora a Google tenha conseguido resolver o problema de atualizações em plataformas como o WearOS, Chrome OS e o Android Auto, o meio-ambiente dos smartphones não ajuda a criar uma solução simples para o problema.

Assim, a solução mais fácil para garantir o Android 10 e atualizações futuras da plataforma é apostar nos modelos Pixel da própria Google — que não são muito acessíveis ao público brasileiro. De outra forma, parece que teremos que continuar dependendo da boa-vontade de operadoras e fabricantes para conferir as novidades da plataforma através de meios oficiais.
 

Fonte: The Verge
User img

Felipe Gugelmin

Novo serviço

Novo serviço "Google Play Pass" permite bundles de apps Android por US$ 4,99 mensais

Assinatura conta com mais de 350 jogos e aplicativos na loja da Google


Veja como mudar plano de fundo do Android Auto com temas Substratum

Veja como mudar plano de fundo do Android Auto com temas Substratum

Mais de 100 papeis de parede estão disponíveis


Google anuncia Android 10 (versão Go) com plataforma Adiantum de criptografia

Google anuncia Android 10 (versão Go) com plataforma Adiantum de criptografia

Essa variação do Android é feita especialmente para dispositivos com até 1.5GB de RAM


Atualização traz recursos de câmera e da DeX do Note 10 para o Samsung Galaxy S10

Atualização traz recursos de câmera e da DeX do Note 10 para o Samsung Galaxy S10

Funcionalidades como Live Focus em vídeos e Night Mode chegaram para a câmera noturna


Após rumor, Huawei afirma que não tem interesse em comprar operadora brasileira Oi

Após rumor, Huawei afirma que não tem interesse em comprar operadora brasileira Oi

Empresa esclareceu sua posição em nota à imprensa