Mozilla Firefox 69 passa a bloquear mineradores e cookies de rastreamento por padrão
Créditos: Mozilla

Mozilla Firefox 69 passa a bloquear mineradores e cookies de rastreamento por padrão

Sites que usam mineradores de criptomoedas para monetizar hoje não são bloqueados no Chrome

A comunidade internacional Mozilla anunciou que a nova versão do seu navegador, o Firefox 69, virá com bloqueio de mineradores de criptomoedas e de cookies de rastreamento ativado por padrão. Nenhuma dessas funções existe hoje no seu principal concorrente no mercado, o Google Chrome.

05/05/2019 às 11:54
Notícia

Mozilla lança correção que faz as extensões do Firefox voltar...

Segundo a empresa, os usuários só precisam esperar a atualização chegar para tudo voltar ao normal

Conforme aponta o site The Next Web, isso impedirá que os sites da internet utilizem os recursos dos computadores de visitantes sem consentimento. A prática de minerar criptomoedas dos visitantes é usada para substituir as propagandas tradicionais como forma de monetização.

Apesar de resultar num visual mais limpo, esse tipo de script acaba reduzindo a performance do computador do usuário e até diminuindo drasticamente a duração de bateria para quem usa notebooks, tablets e smartphones.

Começando com a próxima versão, o Mozilla Firefox também irá bloquear automaticamente cookies de rastreamento de terceiros. Esse tipo de ferramenta é usada por empresas de publicidade para mostrar propagandas específicas com base nas páginas pelas quais você navegou. Isso faz com que essa categoria de cookies seja considerada intrusiva e contra padrões de privacidade.

Segundo a Mozilla, os novos recursos serão implementados tanto na versão desktop do Firefox quanto na variante para dispositivos móveis. Além disso, as novas ferramentas de segurança serão ativadas por padrão tanto para usuários antigos quanto para quem estiver baixando o navegador pela primeira vez.

Essa não é a primeira vez que um navegador implementa recursos de proteção à segurança como esses. Anteriormente, o Opera Browser introduziu a mesma funcionalidade de bloquear scripts de mineração de criptomoedas. A função está disponível no concorrente do Firefox desde janeiro de 2018.

Nos últimos anos, a Mozilla tem trabalhado para posicionar o navegador Firefox como uma opção mais voltada para privacidade e segurança na web. Por isso, recursos que aumentam a privacidade do usuário como os anunciados hoje são de longe os mais relevantes para a publicidade do navegador.

Via: The Next Web
Usuário do Google Earth encontra sem querer corpo de desaparecido há mais de 20 anos

Usuário do Google Earth encontra sem querer corpo de desaparecido há mais de 20 anos

A imagem de um carro submerso num lago da Flórida resolveu um mistério de 1997


Qualcomm e Ericsson trabalham na comercialização 5G em modo autônomo

Qualcomm e Ericsson trabalham na comercialização 5G em modo autônomo

Empresas querem conduzir uma transição para o 5G autônomo a partir de 2020


Sony anuncia que consumidores finais poderão ter suas telas de cinema 16K em casa

Sony anuncia que consumidores finais poderão ter suas telas de cinema 16K em casa

Existem quatro opções de tamanho, mas o preço e disponibilidade ainda são mistérios


Telegram zoa Whatsapp por anunciar novo limite de 100MB para anexos

Telegram zoa Whatsapp por anunciar novo limite de 100MB para anexos

Concorrente permite arquivos de até 1.5GB


Huawei está pensando em vender o acesso ao seu setor de negócios 5G

Huawei está pensando em vender o acesso ao seu setor de negócios 5G

O interesse maior seria vender os negócios para uma organização fora da Ásia