A Microsoft vai começar a dar suporte para o arquivo exFAT no Kernel do Linux
Créditos: pplware

A Microsoft vai começar a dar suporte para o arquivo exFAT no Kernel do Linux

O exFAT é um sistema proprietário, exclusivo Windows, que otimiza os arquivos FAT

A Microsoft anunciou que irá começar a dar suporte para o arquivo exFAT para o Kernel do Linux. O exFAT é um sistema de arquivos utilizado principalmente em discos de memória flash para Windows. Ele é um update, que melhora os arquivos FAT (File Allocation Table ou tabela de associação de arquivos). Como esse sistema é proprietário, ele não permitia a execução em outros sistemas operacionais, mas a gigante dos softwares vai modificar esse cenário. 

Com esse suporte os usuários de Linux vão poder tirar proveito do arquivo que anteriormente só podia ser usado internamente na Microsoft. Você pode conferir o pronunciamento oficial da empresa:

12/10/2018 às 11:25
Notícia

Microsoft libera 60 mil patentes para incentivar o Linux e aj...

Ao que parece, as intrigas entre a Microsoft e os programas Open Source terminaram

Já está disponível a lista de especificações completa, você pode acessar para saber todas as informações clicando aqui. Nesse arquivo disponibilizado há todos os detalhes necessários sobre o exFAT.

A Microsoft já tem demonstrado a aproximação com os códigos abertos, compartilhando diversos softwares, além de liberar mais de 60 mil patentes que era detentora. Essa é mais uma atitude que demonstra a aproximação com a comunidade desenvolvedora de softwares. 

Via: xda-developers Fonte: Microsoft
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.