Primeiras imagens em alta resolução mostram como o Titanic está hoje
Créditos: Atlantic Ocean/Reprodução

Primeiras imagens em alta resolução mostram como o Titanic está hoje

Capturas fazem parte de um documentário que será apresentado em breve

Foram reveladas algumas das primeiras imagens do Titanic em alta resolução. São as primeiras capturas em 14 anos e mostram o navio se deteriorando. Bactérias e outros tipos de vida estão se instalando e corroendo o ferro da embarcação em um processo natural. Confira as imagens abaixo.

Os cientistas por trás do vídeo e da expedição publicarão os resultados completos com um documentário que está sendo produzido pela Atlantic Productions.

Astrônomos descobrem planeta com
órbita bizarra e como nenhuma outra encontrada

O TItanic afundou no dia 15 de abril de 1912, enquanto navegava no Atlantico Norte. Morreram cerca de 1,5 mil pessoas na tragédia. Mais de um século depois, ele continua tendo seu valor cultural, reforçado pelo filme lançado por James Cameroon em noventa e oito.

Além disso, por ter sido uma embarcação que teve sua degradação após o naufrágio registrada desde o início, ela também ganhou valor documental, serve de pesquisa para cientistas. Uma área que sofre por deterioração capturada pelas câmeras de alta resolução, foi a de aposentos dos oficiais, onde o casco começou a desmoronar e o local já perdeu todo o seu glamour.

"A área mais chocante da deterioração foi o lado de estibordo dos aposentos dos oficiais, onde ficavam os aposentos do capitão. A banheira do capitão é uma das imagens favoritas dos entusiastas do Titanic, e agora já era. Todo o buraco do convés desse lado está desmoronando, levando as cabines, e a deterioração continuará avançando."
Parks Stephenson, historiador pesquisador

O navio está a cerca de 4000 metros de profundidade, em temperaturas de 1ºC, vulnerável a redemoinhos arrebatadores, correntes marítimas em constante mudança, corrosão do sal e bactérias que comem metais. Um dia já foi considerável impossível de ser afundado, carregando cerca de 2,224 pessoas pelo mar, era na época o maior navio do planeta e hoje está registrado como o maior desastre naval de nossa história.

Fonte: BBC News

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Nova técnica de impressão 3D promete criar objetos em segundos

Nova técnica de impressão 3D promete criar objetos em segundos

Técnica utiliza lasers e resina para construir o objeto inteiro ao invés de camadas


Chuva vai se tornar uma fonte altamente eficaz de energia em breve

Chuva vai se tornar uma fonte altamente eficaz de energia em breve

Uma única gota de água poderá acender 100 lâmpadas de LED


Patinetes Elétricos Compartilhados podem ser vítimas de hackers

Patinetes Elétricos Compartilhados podem ser vítimas de hackers

Estudo da Universidade do Texas mostra que dados dos usuários podem estar vulneráveis


Medicamento criado por Inteligência Artificial será testado em humanos pela primeira vez

Medicamento criado por Inteligência Artificial será testado em humanos pela primeira vez

A molécula DSP-1181 será usada no tratamento de transtornos obsessivo-compulsivos (TOC)


Produção de carbono do mercado gamer equivale a 85 milhões de geladeiras funcionando

Produção de carbono do mercado gamer equivale a 85 milhões de geladeiras funcionando

Cada Xbox One X, por exemplo, produz mais de uma tonelada do poluente em oito anos