Astrônomos descobrem planeta com órbita bizarra e como nenhuma outra encontrada

O corpo celeste faz uma trajetória no formato de um ovo

O planeta HR 5183 b tem uma órbita bizarra e extremamente incomum, dizem astrônomos após descobrir que o corpo celeste faz um percurso em formato oval ao redor de sua estrela-mãe. Ele se aproxima muito de seu sol e se afasta drasticamente, veja no vídeo abaixo.

Apesar de o vídeo acima ter cerca de quinze segundos, os cálculos indicam que o HR 5183 b demora entre 45 e 100 anos para completar o percurso. Os astrônomos por trás do estudo estão analisando a região no espaço há 20 anos e descobriram esse planeta gigante que tem a massa três vezes maior que a de Júpiter.

Para traçar o caminho percorrido pelo planeta, foi necessário utilizar três telescópios poderosos, o do observatório W. M. Keck no Havaí, o do observatório Lick na Carolina do Norte e o McDonald, no Texas.

A explicação de cientistas para a conclusão da análise, é de que é possível utilizar o método da velocidade radial para detectar o movimento de outros planetas distantes sem que seja necessário esperar décadas para isso. 

"Detectamos esse movimento de estilingue. Vimos o planeta entrar e agora está saindo. Isso cria uma assinatura tão distinta que podemos ter certeza de que este é um planeta real, mesmo que não tenhamos visto sua órbita completa".
Andrew Howard, professor de astronomia da Caltech

Segundo os cientistas, esse é o planeta com a rota mais bizarra já descoberto. Planetas como Plutão e Eris, do nosso sistema solar, também têm órbitas estranhas, mas nada comparadas a essa. Segundo Howard, esse é outro exemplo de como o espaço é incrível e rico em diversidade também em corpos celestes.

Aitken é o mais novo supercomputador
da NASA que ajudará na missão Artemis

Recentemente, temos visto investimentos pesados da NASA para conseguir chegar novamente na lua com uma tripulação formada por pessoas. A missão Artemis deve nos levar para o satélite da Terra em 2024, levando consigo também a primeira mulher que pisará na Lua, caso tudo dê certo. A agência espacial norte americana deve analisar o polo sul do corpo celeste, lugar ainda inexplorado por nós.

Fonte: Caltech
Astrônomos criam o primeiro mapa global de Titã, a maior lua de Saturno

Astrônomos criam o primeiro mapa global de Titã, a maior lua de Saturno

Mapa foi criado com a ajuda de dados enviados pela sonda Cassini, da NASA


Carros autônomos são 25% melhores na tomada de decisão do que motoristas egoístas

Carros autônomos são 25% melhores na tomada de decisão do que motoristas egoístas

Novos sistemas classificam motoristas como egoístas ou generosos


Cientistas planejam utilizar montanhas para gerar eletricidade

Cientistas planejam utilizar montanhas para gerar eletricidade

Fluxo de ar e sistema de pressão garantem o funcionamento da tecnologia desenvolvida


Supercomputador leva um ano para simular a criação de uma galáxia

Supercomputador leva um ano para simular a criação de uma galáxia

Chamada de Hazel Hen, a máquina utilizou 16 mil núcleos de processamento para a simulação


NASA exibe avião elétrico experimental Maxwell X-57

NASA exibe avião elétrico experimental Maxwell X-57

Agência espacial dos EUA exibiu versão inicial da aeronave junto de novo simulador