Skydio 2: vídeo demonstra drone voando de costas sem colidir com objetos

O sistema avançado da aeronave permite manobras automáticas em alta velocidade

O Skydio 2 recebeu um vídeo que demonstra como ele será capaz de desviar de objetos mesmo em altas velocidades e de costas. Voando para trás, ele ainda é capaz de detectar o que está ao seu redor sem parar.

Essa manobra não é tão simples de ser feita com outros drones, já que para fazer isso com uma aeronave da DJI, por exemplo, seria necessário desligar o sensor APAS. E com o sensor desligado, se torna uma movimentação perigosa, pode acabar em colisão, mesmo com um piloto experiente.

02/10/2019 às 16:48
Artigo

Conheça a Skydio, empresa que está revolucionando o mercado d...

Especializada naves autônomas, ela representa o que podemos esperar destas aeronaves no futuro

Para conseguir um take bom com o movimento, alguns pilotos acabam filmando normalmente e invertem o clipe na edição, mas isso limita as possibilidades. Com paisagens pode até funcionar, mas imagine fazer isso com um ambiente com animais ou até mesmo alguém andando, não seria interessante ver pessoas andando de costas.

A Skydio, empresa por trás do produto, comenta que sua aeronave permite fazer takes que seriam simplesmente impossíveis se não fosse por ela. "Voar com um drone pode ser divertido, mas é raramente relaxante e, na verdade, é muitas vezes aterrorizante", conta a empresa em um blog post.

Também comenta que essa é uma possibilidade que acrescenta controle ao piloto, sem que ele precise se preocupar em bater. É importante notar que, apesar de ser bastante conhecido pelo seu sistema avançado de colisões, as filmagens com o drone também são de qualidade excepcional e disponibilizadas em 4K.

Para tentar competir com a DJI, o Skydio 2 será lançado abaixo dos U$2000, ficando em um preço aproximado do Mavic 2 Pro, que atualmente custa por volta de U$1500.

O Skydio 2 é o sucessor do Skydio R1 e tem ganhado atenção em seus últimos vídeos de divulgação, aprimorando o conceito de voar sozinho. Neste artigo contamos um pouco da história da Skydio, empresa por trás do desenvolvimento desse quadricóptero.

A companhia começou como uma pequena startup em Redwood City, Califórnia e surpreendeu ao apresentar o Skydio R1, seu primeiro drone comercial. Ele trouxe o mesmo conceito que vemos agora no novo modelo, precisão em seus sensores para desviar de objetos mesmo em ambientes super complexos, além de seguir pessoas com facilidade.

Via: dronedj

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Realme Band terá conexão USB-A, proteção IP68 e sensor de batimentos cardíacos

Realme Band terá conexão USB-A, proteção IP68 e sensor de batimentos cardíacos

Smartband também conta com certificação IP68


Drones fazem competição para entregar suprimentos a fuzileiros navais

Drones fazem competição para entregar suprimentos a fuzileiros navais

Modelos podem voar em distâncias de até 10km para entregas com carga


Vídeo mostra drone sendo atacado por crocodilo durante voo rasante

Vídeo mostra drone sendo atacado por crocodilo durante voo rasante

Pequeno drone escapa por pouco de se tornar uma refeição indigesta


PROMOÇÕES do Mavic Mini colocam o drone por R$3.600 +/- em lojas brasileiras

PROMOÇÕES do Mavic Mini colocam o drone por R$3.600 +/- em lojas brasileiras

É importante conferir se a versão é homologada pela Anatel, caso contrario terá o custo para fazer a homologação


Drone que leva pessoa e faz acrobacias é controlado remotamente - Veja vídeo

Drone que leva pessoa e faz acrobacias é controlado remotamente - Veja vídeo

Ele foi construído para promover o jogo Drone Champions League