A NASA está fazendo a atualização de seu ISS para até 600 megabits por segundo
Créditos: NASA

A NASA está fazendo a atualização de seu ISS para até 600 megabits por segundo

A a taxa máxima de recebimento e envio de dados foi duplicada, o que vai melhorar a rapidez

A NASA está fazendo o update da transmissão de dados para um ISS de até 600 megabits por segundo. Isso quer dizer que a taxa de recebimento e envio de dados máximo foi duplicada, tornando o seu sistema de compartilhamento mais rápido e eficaz. 

O principal motivo pela atualização no número máximo de dados enviados é para sustentar e fornecer serviços operacionais de alta qualidade para futuras missões de exploração, em especial as próximas viagens para Marte e Lua. Essas atualizações vão começar a ser feitas pelas bases da NASA na Terra, para depois serem transferidas para Lunar Orbital Platform-Gateway da NASA, ou Gateway Lunar que fica na Low Earth Orbit (LEO), ou baixa órbita terrestre, em tradução livre.

“As redes de comunicação da NASA desempenham um papel fundamental em todas as missões da NASA, permitindo que dados de voos espaciais tripulados, missões espaciais e de pesquisa em ciências da Terra e demonstrações tecnológicas cheguem à Terra para o benefício da humanidade. Esse aumento na capacidade de taxa de dados para a Estação Espacial Internacional reforça nosso compromisso de fornecer serviços operacionais de alta qualidade para as missões de exploração da NASA hoje e no futuro.” - George Morrow, diretor do Centro Goddard de Voos Espaciais da Nasa

12/08/2019 às 18:32
Notícia

Um buraco negro do tamanho do nosso sistema solar acaba de se...

O corpo celeste tem 40 bilhões de vezes a massa do nosso sol

Além dos cientistas conseguirem estabelecer uma conexão mais rápida com bases de testes distantes, o aumento do ISS também vai permitir uma melhor qualidade na transmissão. Aprimorar a comunicação vai fazer com que os atrasos entre os controladores terra e espaço sejam reduzidos. Isso é imprescindível para o avanço nas pesquisas espaciais.

O ISS da NASA vem sendo aprimorado desde 2000 e desde então os avanços científicos promovidos pelo aumento da conexão estão cada vez mais aprimorados. Esta pesquisa é responsável por dar informações sobre os efeitos do voo espacial de longa duração no corpo humano, algo que não seria possível ser feito com pesquisas na Terra, permitindo que a tecnologia seja testada em microgravidade.

Via: TweakTown, UniverseToday Fonte: NASA
User img

Ana Luiza Pedroso

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Astrônomos descobrem duas super-Terras potencialmente habitáveis

Astrônomos descobrem duas super-Terras potencialmente habitáveis

Novos planejas orbitando as anãs vermelhas GJ180 e GJ229A foram batizados como GJ180 d e GJ229A c


Cientistas criam Xenobots, um

Cientistas criam Xenobots, um "robô vivo" que consegue se regenerar

A pesquisa desenvolveu um tipo de ser totalmente desconhecido na natureza


Cientistas criam pela primeira vez células robóticas usando tecido de sapos

Cientistas criam pela primeira vez células robóticas usando tecido de sapos

Nanorobôs biológicos seriam usados na medicina e na área ambiental


Versão completa do Instagram Web já está no ar para algumas pessoas

Versão completa do Instagram Web já está no ar para algumas pessoas

Site da rede social finalmente recebe todas as funcionalidades do app, incluindo mensagens diretas


Microsoft encerra suporte ao Windows 7 - 1 em cada 4 computadores usa sistema

Microsoft encerra suporte ao Windows 7 - 1 em cada 4 computadores usa sistema

Lançado em 2009, ele deixará de receber atualizações de segurança