A Rússia tem drones para guerra e faz suas primeiras demonstrações

A Rússia tem drones para guerra e faz suas primeiras demonstrações

Altius-U é sua aeronave mais recente e é uma versão modificada de modelos norte americanos

A Rússia está trabalhando em drones para uso militar, no ano passado o Ministério da Defesa do país compartilhou um vídeo de uma dessas aeronaves sobrevoando uma cidade em local não revelado. O teste de voo feito em agosto de 2019 mostra que o desenvolvimento estava apenas começando, hoje temos mais detalhes sobre o Altius-U, uma versão modificada do RQ-4, dos Estados Unidos.

O drone parece ter atingido as fases finais de aperfeiçoamento e está quase pronto para batalha. Recentemente, foi feito um novo voo de 32 minutos, bem-sucedido, segundo o Ministro da Defesa.

20/08/2019 às 22:55
Notícia

Sistema de transporte Air Drones promete diminuir em até 25% ...

Indra criou software de gestão de tráfego aéreo não tripulado em baixas altitudes

O protótipo tem equipamentos de inteligência, vigilância e reconhecimento (ISR) e receberá armas para ataques de precisão em breve, além de conseguir carregar até uma tonelada, disse o pesquisador da CNA Corporation Samuel Bendett ao Business Insider.

Mas até conseguir fazer com que o drone armado obtivesse sucesso em seus voos, a Rússia teve que percorrer um longo caminho. O principal design do Altius-U acabou sendo preso nessa caminhada. No dia 16 de abril de 2019, Alexander Gomzin, diretor geral e chefe de design, foi preso por abuso de autoridade, apropriação indébita de recursos orçamentários e fraude. Isso acabou atrasando a Rússia nos seus investimentos tecnológicos em drones para a guerra. Na época, o país trabalhava no Altius-U, no Zenitsa e ainda um terceiro sem nome.

De toda forma, hoje o Altius-U é capaz de voar até 24 horas, o suficiente para conseguir ir muito além da fronteira da Rússia. Também é capaz de sobrevoar cidades na altitude de 800 metros, com o time de engenheiros trabalhando para que seja possível atingir altitudes ainda maiores com o drone.

De acordo com Bendett, apesar de estar em fase avançada, ainda tem muito a ser ajeitado até que o Altius seja implementado no arsenal da Rússia. Ao que tudo indica, a aeronave apenas está nas fases de testes aerodinâmicos e de performance de voo, como é feita para carregar armas de destruição, muito deve ser implementado nela até a estreia de seus serviços ao exército do país.

Via: defenseone
Qualcomm e Ericsson trabalham na comercialização 5G em modo autônomo

Qualcomm e Ericsson trabalham na comercialização 5G em modo autônomo

Empresas querem conduzir uma transição para o 5G autônomo a partir de 2020


Sony anuncia que consumidores finais poderão ter suas telas de cinema 16K em casa

Sony anuncia que consumidores finais poderão ter suas telas de cinema 16K em casa

Existem quatro opções de tamanho, mas o preço e disponibilidade ainda são mistérios


DJI e Delair se unem para criar soluções de gerenciamento de dados para clientes corporativos

DJI e Delair se unem para criar soluções de gerenciamento de dados para clientes corporativos

A união das duas empresas deve resultar em uma plataforma única com soluções fáceis para corporações ao redor do mundo


Casal australiano é preso no Irã após voo ilegal com drone

Casal australiano é preso no Irã após voo ilegal com drone

Blogueiros filmavam viagem da Austrália a Londres quando foram presos


Huawei está pensando em vender o acesso ao seu setor de negócios 5G

Huawei está pensando em vender o acesso ao seu setor de negócios 5G

O interesse maior seria vender os negócios para uma organização fora da Ásia