A Rússia tem drones para guerra e faz suas primeiras demonstrações

A Rússia tem drones para guerra e faz suas primeiras demonstrações

Altius-U é sua aeronave mais recente e é uma versão modificada de modelos norte americanos

A Rússia está trabalhando em drones para uso militar, no ano passado o Ministério da Defesa do país compartilhou um vídeo de uma dessas aeronaves sobrevoando uma cidade em local não revelado. O teste de voo feito em agosto de 2019 mostra que o desenvolvimento estava apenas começando, hoje temos mais detalhes sobre o Altius-U, uma versão modificada do RQ-4, dos Estados Unidos.

O drone parece ter atingido as fases finais de aperfeiçoamento e está quase pronto para batalha. Recentemente, foi feito um novo voo de 32 minutos, bem-sucedido, segundo o Ministro da Defesa.

20/08/2019 às 22:55
Notícia

Sistema de transporte Air Drones promete diminuir em até 25% ...

Indra criou software de gestão de tráfego aéreo não tripulado em baixas altitudes

O protótipo tem equipamentos de inteligência, vigilância e reconhecimento (ISR) e receberá armas para ataques de precisão em breve, além de conseguir carregar até uma tonelada, disse o pesquisador da CNA Corporation Samuel Bendett ao Business Insider.

Mas até conseguir fazer com que o drone armado obtivesse sucesso em seus voos, a Rússia teve que percorrer um longo caminho. O principal design do Altius-U acabou sendo preso nessa caminhada. No dia 16 de abril de 2019, Alexander Gomzin, diretor geral e chefe de design, foi preso por abuso de autoridade, apropriação indébita de recursos orçamentários e fraude. Isso acabou atrasando a Rússia nos seus investimentos tecnológicos em drones para a guerra. Na época, o país trabalhava no Altius-U, no Zenitsa e ainda um terceiro sem nome.

De toda forma, hoje o Altius-U é capaz de voar até 24 horas, o suficiente para conseguir ir muito além da fronteira da Rússia. Também é capaz de sobrevoar cidades na altitude de 800 metros, com o time de engenheiros trabalhando para que seja possível atingir altitudes ainda maiores com o drone.

De acordo com Bendett, apesar de estar em fase avançada, ainda tem muito a ser ajeitado até que o Altius seja implementado no arsenal da Rússia. Ao que tudo indica, a aeronave apenas está nas fases de testes aerodinâmicos e de performance de voo, como é feita para carregar armas de destruição, muito deve ser implementado nela até a estreia de seus serviços ao exército do país.

Via: defenseone

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

DRONE a PROVA D' ÁGUA com câmera 4K - Conheça o SwellPro SPRY+

DRONE a PROVA D' ÁGUA com câmera 4K - Conheça o SwellPro SPRY+

Drone ainda traz uma câmera 4K, autonomia de 17 minutos e um controle que não precisa de celular


Galaxy Fold tem todas as unidades vendidas no Brasil nas primeiras 24 horas

Galaxy Fold tem todas as unidades vendidas no Brasil nas primeiras 24 horas

O dispositivo é o primeiro smartphone dobrável vendido no Brasil pelo preço de R$12.999


Google ajuda Janelia Research Campus em novo marco no mapeamento de neurônios

Google ajuda Janelia Research Campus em novo marco no mapeamento de neurônios

Modelo com 25.000 neurônios de uma mosca é o maior e mais completo já feito


Amazon entra na justiça para pausar negociações do acordo JEDI com a Microsoft

Amazon entra na justiça para pausar negociações do acordo JEDI com a Microsoft

A empresa afirma que a escolha foi baseada em interferência política e favoritismo


Toyota faz investimento milionário em empresa de táxi aéreo Joby

Toyota faz investimento milionário em empresa de táxi aéreo Joby

Foram investidos U$394 milhões para garantir a fabricação de táxis aéreos elétricos