Golpe que clona contas de WhatsApp já atingiu cerca de 8,5 milhões de brasileiros
Créditos: techfunnel

Golpe que clona contas de WhatsApp já atingiu cerca de 8,5 milhões de brasileiros

Os danos vão desde vazamento de conversas privadas até pedidos de depósitos bancários

Uma pesquisa realizada pela PSafe revelou que 8,5 milhões de contas de WhatsApp de brasileiros já foram clonadas. Somente no primeiro semestre de 2019 houve cerca de 134 mil tentativas de roubo de dados do app de mensagens. Isso indica que esse tipo de golpe atinge 23 brasileiros por dia. Os danos para os usuários que são afetados são diversos, desde vazamento de conversas, até a solicitação de depósitos bancários para amigos. 

Esse tipo de golpe não é algo novo, já faz algum tempo que muitas pessoas enfrentam problemas com a clonagem de sua conta feita por pessoas com intenções maliciosas. O que chama atenção é que o número de usuários que são afetados por esse tipo de ameça está cada vez maior. O clone envia mensagens se passando pela conta original, muitas vezes solicitando dinheiro ou dados pessoais do usuário para contatos próximos.

"Para clonar uma conta de WhatsApp, o cibercriminoso cadastra indevidamente o número de telefone do usuário em outro dispositivo e, após esse processo, um SMS contendo um código de liberação de acesso é enviado ao celular da vítima. Depois, ela é induzida a fornecer esse código ao hacker e, em seguida, a sua conta de WhatsApp é bloqueada" - Emilio Simoni, diretor do dfndr lab, laboratório da PSafe

O processo para clonagem é necessário contato com outro usuário para que os dados de segurança do WhatsApp sejam repassados. Portanto desconfiar de mensagens solicitando informações de segurança é fundamental para evitar ter o seu app clonado.

A pesquisa mostrou quais são os danos mais frequentes que acontecem com a clonagem do mensageiro:
- 26,7% tiveram vazamentos de conversas privadas
- 26,6% sofreram com envios de golpes a contatos
- 18,2% tiveram envio de pedidos de depósitos bancários a amigos
- 10,5% sofreram chantagem para recuperação da conta

30/04/2019 às 18:28
Notícia

Golpe através do WhatsApp promete máquina de café Nespresso d...

Ameaça foi identificada pelo laboratório de pesquisas da firma especializada ESET

Geralmente o clone acontece por um curto período de tempo e posteriormente a conta retorna normalmente para o usuário original. Apesar disso, a pesquisa mostrou que cerca de 18% das vítimas não tiveram mais acesso a sua conta no app novamente. É importante lembrar que esse tipo de golpe pode ser evitado se os usuários se certificarem que estão repassando informações de forma segura um para o outro. Evite enviar dados pessoais, ou solicite que a pessoa envie um áudio ou foto, algo que dê alguma confirmação de que você não esteja caindo em um golpe. 

Via: Exame
User img

Ana Luiza Pedroso

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Motorola One Hyper

Motorola One Hyper

Confira a ficha técnica


Baterias de grafeno estão prontas e podem ser utilizadas em celulares em 2020

Baterias de grafeno estão prontas e podem ser utilizadas em celulares em 2020

Empresa desenvolve opção viável que pode carregar 100% da bateria em 20 minutos


Samsung pode ter celular com capa transparente em breve

Samsung pode ter celular com capa transparente em breve

Esse poderia ser o design do próximo smartphone com tela dobrável da empresa


Primeiro comercial do Microsoft Teams coloca pressão no Slack

Primeiro comercial do Microsoft Teams coloca pressão no Slack

Propaganda para TV irá ser veiculada durante os playoffs da NFL


WhatsApp apresenta problemas e não está enviando fotos e vídeos

WhatsApp apresenta problemas e não está enviando fotos e vídeos

Instabilidade começou na manhã deste domingo (19) e também afeta recursos como o Status