Instagram vai permitir que usuários sinalizem conteúdos publicados com Fake News
Créditos: Engadget

Instagram vai permitir que usuários sinalizem conteúdos publicados com Fake News

Medida da rede social tem como objetivo diminuir o alcance de informações falsas

O Instagram vai começar a permitir que os usuários coloquem uma "tag", ou um aviso, em postagens que são notícias falsas. As fake news começaram a se espalhar massivamente nos últimos anos, muito impulsionadas pelas redes sociais. Diversos meios já estão trabalhando para minimizar a distribuição descontrolada desse tipo de conteúdo, e agora chegou a vez da rede de compartilhamento de fotos tomar atitudes em respeito ao assunto.

06/02/2019 às 11:36
Notícia

Brasileiros são os que mais se deparam com fake news, segundo...

No geral, os Millennials atingiram as maiores taxas de risco e consequências online

As ações para controlar as notícias falsas começaram pela rede social Facebook, que foi um dos principais alvos para impulsionar as fake news. Recentemente a rede social baniu uma página de extrema-direita da Europa que estava compartilhando conteúdos com notícias falsas para cerca de um bilhão de pessoas. Além de banir os usuários responsáveis pelos conteúdos, estão sendo adotadas medidas para que os conteúdos tenham o menor alcance possível.

O recurso para impedir o maior alcance das fake news vai começar a ser testado pelos usuários do Instagram dos Estados Unidos. Quando um conteúdo for notificado como falso ele não irá ser retirado da página em que foi postado, mas vai ser bloqueado da aba 'explorar' e também não irá aparecer nas pesquisas com hashtag. O objetivo é fazer com que menos pessoas tenham acesso a essa informação falsa que está sendo repassada, diminuindo os impactos dela.

Ainda não está claro quais serão os critérios avaliativos da rede social para confirmar se o conteúdo notificado é de fato falso, ou não. Apesar disso, o Instagram tem uma grande rede de parceiros responsável pela checagem de fatos, com cerca de 54 equipes, que trabalham em mais de 42 idiomas diferentes. Possivelmente a rede social vai usar desse recurso para verificar as notificações dos usuários. 

09/07/2019 às 09:18
Notícia

Instagram anuncia ferramentas para combater cyberbullying na ...

Uma das novidades utiliza inteligência artificial para tornar o app um lugar menos tóxico

Continua após a publicidade

O Instagram não estava no centro das atenções por aparentemente não ser tão amplamente utilizado. Apesar disso, uma nova pesquisa encomendada pelo Comitê Seleto de Inteligência do Senado dos EUA apontou que os usuários Russos estavam considerando o próprio Instagram como método mais efetivo para o compartilhamento de informações falsas do que o Facebook. 

Via: b9, Reuters
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

ANÁLISE: Drone DJI Mini 2 - 4K, até 31 minutos de voo e 10Km de distância, precisa mais?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.