Um buraco negro do tamanho do nosso sistema solar acaba de ser descoberto
Créditos: Pixabay

Um buraco negro do tamanho do nosso sistema solar acaba de ser descoberto

O corpo celeste tem 40 bilhões de vezes a massa do nosso sol

Cientistas descobriram um buraco negro do tamanho do nosso sistema solar. A descoberta foi feita utilizando o Very Large Telescope, maior conjunto de telescópios do mundo, localizado no Chile.

O buraco negro em questão tem 40 bilhões de vezes a massa do nosso Sol. O corpo celeste foi descoberto na galáxia gigante chamada de Homberg 15A, que fica a 700 milhões de anos luz do nosso planeta. Homberg 15A está no centro do conglomerado de galáxias chamado de Abell 85.

Antes, os cientistas acreditam que a massa desse recém descoberto buraco negro era muito maior, estimavam cerca de 310 bilhões de vezes a massa do Sol, cálculo que foi feito por medidas indiretas. A nova medida leva em consideração um novo estudo em que eles traçam o movimento das estrelas. Essa última estimativa se baseia em observação direta, por isso é mais precisa.

A nova medida foi recentemente enviada para revisão ao The Astrophysical Journal, mas ainda não foi revisada. As conclusões e o estudo que gerou o relatório foram feitos com base em duas noites de observação no observatório Paranal, no norte do Chile.

10/04/2019 às 10:43
Notícia

Veja a primeira imagem de um buraco negro já feita na históri...

Fotografia foi feita com a colaboração de telescópios do mundo todo e testa a teoria da relatividade ...

Apesar de seu tamanho, esse não é o maior buraco negro descoberto até agora. Quem tem esse título é o Ultra Massive Black Hole, que fica no centro de outro conglomerado, o TON 618, a 10 bilhões de anos luz daqui. O UMBH, como é chamado, tem 66 bilhões de vezes a massa do Sol.

Cientistas acreditam que para ficar tão grande foi necessária a fusão de dois buracos negros gigantes, formando o descoberto agora. Também não descartam a possibilidade de uma situação ainda mais complexa que essa, talvez múltiplos buracos negros tenham se fundido para isso.

Em todo caso, os astrônomos continuam trabalhando para entender a formação desse corpo celeste. Segundo explicado no portal Universe Today, estão prevendo a descoberta de buracos negros ainda maiores, tão maiores que precisarão dar nomes a novas categorias. Os primeiros descobertos foram chamados apenas de buracos negros, em seguida vieram os super buracos negros e agora os ultra buracos negros.

Vale lembrar que recentemente tivemos a primeira imagem de um desses corpos celestes sendo divulgada. Saiba mais na notícia

Via: Universe Today

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Produção de carbono do mercado gamer equivale a 85 milhões de geladeiras funcionando

Produção de carbono do mercado gamer equivale a 85 milhões de geladeiras funcionando

Cada Xbox One X, por exemplo, produz mais de uma tonelada do poluente em oito anos


Astronautas podem ter finalmente consertado um instrumento da ISS no valor de US$ 2 bilhões

Astronautas podem ter finalmente consertado um instrumento da ISS no valor de US$ 2 bilhões

Instrumento é um detector de raios cósmicos


Google ajuda Janelia Research Campus em novo marco no mapeamento de neurônios

Google ajuda Janelia Research Campus em novo marco no mapeamento de neurônios

Modelo com 25.000 neurônios de uma mosca é o maior e mais completo já feito


Pesquisadores desenvolvem projeto para extrair oxigênio da poeira da Lua

Pesquisadores desenvolvem projeto para extrair oxigênio da poeira da Lua

Método pode criar inúmeras possibilidades e mudar as viagens espaciais


Cientistas criam pela primeira vez células robóticas usando tecido de sapos

Cientistas criam pela primeira vez células robóticas usando tecido de sapos

Nanorobôs biológicos seriam usados na medicina e na área ambiental