Chuva de meteoros poderá ser vista hoje de madrugada de todo o Brasil
Créditos: Jason Weingart/Barcroft Images/Getty Images

Chuva de meteoros poderá ser vista hoje de madrugada de todo o Brasil

O fenômeno acontece todo ano e atinge o seu pico entre o dia 12 e 13 de agosto

A chuva de meteoros Perseidas acontece todo ano entre 23 de julho a 22 de agosto e pode ser vista de todo o globo. O seu pico, o momento em que é mais visível, com um número maior de meteoros podendo ser observados, é entre os dias 12 e 13 de agosto. Aqui no Brasil, as regiões norte e nordeste são privilegiadas, mas o país inteiro pode observar o evento a olho nu.

10/08/2019 às 18:23
Notícia

NASA está na parte mais complexa da construção do foguete par...

A construção do núcleo do foguete vai instalar os tanques de propelente e os motores RS-25

Esse fenômeno recebe o nome de Perseidas por vir da constelação de Perseu. Os meteoros vistos são originários do Cometa Swift-Tuttle, que a cada 133 anos cruza o sistema solar e deixa um rastro de poeira e detritos. Quando a terra passa por essa região todo ano, os fragmentos entram em nossa atmosfera e aceleram em direção ao chão.

Cada meteoro atinge a velocidade aproximada de 225.000 Km/h e acabam se desintegrando no caminho. Essa é uma das chuvas de meteoros mais visíveis durante todo o ano, com uma média de 80 meteoros por hora. No entanto, tal quantidade será possível ser vista apenas por pessoas que fizerem a observação em uma posição próxima da linha do equador.

Especialistas contam com a possibilidade de um outburst, que é o aumento repentino na quantidade de meteoros na atmosfera, algo que pode deixar a vista ainda mais interessante para os espectadores. Entretanto, a visibilidade na madrugada de segunda pode ser atrapalhada pelo brilho da lua, que estará em sua fase cheia até o dia 15. Mas, de todo modo, isso não deve impedir que um bom número de meteoros sejam avistados.

Para visualizar o evento não é difícil, mas algumas práticas ajudam. O primeiro passo é se afastar ao máximo de locais com muita iluminação, quanto mais longe da luz da cidade, melhor. Em local reservado, vale lembrar que a visão também leva um tempo para se acostumar a escuridão, então é bom chegar com tempo de folga no ponto de observação. Além disso, olhando para o céu e achando ao menos um meteoro, basta traçar o caminho inverso dele que é possível encontrar onde estará o maior número deles.

Abaixo um vídeo que explica em detalhes a origem desse evento e como ficar de olho nele.

Fonte: TimeAndDate

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.