Robô Curiosity da NASA completa 7 anos em Marte
Créditos: NASA/Divulgação

Robô Curiosity da NASA completa 7 anos em Marte

O pequeno astromóvel pousou em 2012 no planeta para auxiliar nas pesquisas

Em 2011 a NASA enviou um robô para Marte para explorar o planeta, colher informações do solo e auxiliar em pesquisas relacionadas. Esse pequeno astromóvel foi batizado de Curiosity e completa 7 anos no planeta vermelho nessa semana, seu aniversário lá foi dia 6 de agosto. Antes de obter sucesso em seu pouso, o robô passou muitos meses pelo espaço até conseguir fazer o pouso em 2012.

Como comemoração da data, a NASA lançou um vídeo 360º em um de seus canais no YouTube. Através do vídeo é possível ver onde Curiosity está e ver em alta resolução o chão de Marte e as montanhas cercadas por deserto.

As imagens são do dia 18 de junho e mostra uma região que está sendo estudada ultimamente. A localização faz parte de uma área maior em estudo ao lado do Monte Sharp, dentro da cratera de Gale.

Visto assim o local não parece tão assustador e até  parece bem habitável, mas a imagem passou por correção de cor. O balanço de branco foi alterado para se aproximar ao máximo de como as pedras e a areia pareceriam em condições naturais de iluminação aqui na terra durante o dia.

Os cientistas estão procurando por sinais de que Marte possa ter sido o lar de bilhões de vidas microbianas anos atrás. Há a expectativa de que o planeta já tenha sido repleto de rios e lagos por essas crateras. 

24/09/2018 às 14:00
Notícia

Elon Musk promete que SpaceX vai construir sua primeira base ...

Ficção científica de humanos colonizando o espaço está mais próxima da realidade do que nunca

E enquanto muitas pessoas se perguntam sobre a possibilidade e necessidade de uma habitação em Marte, Elon Musk, bilionário excêntrico, diz que a mudança é inevitável e que deve acontecer em breve. Segundo ele, se mudar para o planeta um dia vai custar talvez menos de U$ 100 mil. Segundo ele mesmo, através de sua conta no Twitter, ir para Marte pode custar cerca de U$ 500 mil ou até mesmo menos de U$ 100 mil dependendo da quantidade de pessoas, sendo que a passagem de votla gratuita.

Mesmo com as possíveis condições adversas, ele está confiante, espera que a SpaceX, sua empresa de foguetes retornáveis, consiga construir a primeira base em Marte até 2028.

Fonte: NASA

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.