Feiyutech a2000: nossas impressões de um estabilizador gimbal de câmeras DSLR

Feiyutech a2000: nossas impressões de um estabilizador gimbal de câmeras DSLR

Um gadget interessante principalmente para quem tem projetos cinematográficos

Estabilizadores de filmagem são excelentes para deixar vídeos com qualidade cinematográfica e estão cada vez mais acessíveis. Aqui no site, já testamos diversos estabilizadores gimbal feitos para serem utilizados com smartphones, dos mais variados e para diferentes gostos. Chegamos a fazer um vídeo explicando a quem cada um deles é destinado.

Site oficial d Feiyutech a2000

Agora, chegou a vez de testar um estabilizador de filmagem para câmeras DSLR e ver como um aparelho feito exclusivamente para foto e vídeo consegue se beneficiar de um gadget como esse.

Recebemos aqui na redação o Feiyutech a2000, um estabilizador robusto que dá a possibilidade de ser montado para ser utilizado com duas mãos ou com apenas uma. A câmera utilizada por nós foi a Panasonic Lumix Dc-gh5. Nas fotos em nosso perfil do Instagram utilizamos uma 5D, quando ainda estávamos aprendendo o processo de montagem.


DSLR x Smartphone

Existem diversas diferenças em utilizar um estabilizador gimbal para DSLR e um de smartphones apesar, apesar de também trazer semelhanças no uso. 

21/12/2018 às 20:04
Análise

Análise: Feiyutech Vimble 2 - Um estabilizador gimbal com pau...

Além do diferencial, o gadget chegou mais barato que muitos de seus concorrentes

Para começo de conversa, o estabilizador que testamos precisou ser montado, com alguns parafusos e peças separadas. Ele exigiu atenção extra nessa etapa, se você montar o equipamento errado, ele simplesmente não vai funcionar corretamente e você pode prejudicar seu mecanismo.

Assim como nos smartphones, é preciso deixar os eixos equilibrados antes de ligar o aparelho, a diferença é que leva muito mais tempo no caso de uma DSLR. E caso você não equilibre, verá ele tentando se equilibrar mas sem sucesso. Eu já achava um pouco chato ter que equilibrar o smartphone, que é uma peça pequena, ajustar a posição da câmera é bem mais complicado e no começo tirou um bom tempo. A parte boa é que o tempo de montagem vai diminuindo conforme você vai pegando o jeito.

Continua depois da publicidade


Para quem ele é indicado

O fato de ser mais pesado do que um estabilizador para smartphones e filmar por muito tempo com ele pode ser cansativo, faz com que o uso dele seja recomendado para quem quer realmente um resultado cinematográfico mais aprimorado.

Ainda assim, nossa experiência mostrou que ele se encaixa em uma categoria semi-profissional, mas com bom custo benefício para o que oferece. Além disso, ele é mais caro que um gadget para smartphone, mais um indicativo de que ele é destinado para produções.

Quem busca um estabilizador para celular está pensando mais em produção de conteúdo noticioso, em vlogs ou coberturas de eventos. Também é comum que as pessoas utilizem por hobby, filmando o dia a dia, um passeio turístico ou apenas para dar uma melhorada nas filmagens que vão para o seu Instagram. Basicamente, para algumas pessoas ele tem a mesma função que um simples pau de selfie.

Se você tem algum projeto cinematográfico que utiliza uma DSLR, o a2000 pode te dar uma boa ajuda

Para utilizar algo do porte do Feiyutech a2000, você tem que estar determinado a fazer takes com uma qualidade mais aprimorada, é um aparelho que demanda mais dedicação às tomadas que serão gravadas, é muito menos casual. Com um equipamento como esse você precisa planejar os seus takes antes de sair carregando mais cerca de três quilos no braço.

Não que seja exclusivo para isso, mas vejo ele muito mais como um recurso para quem quer gravar uma série, ou fazer filmagens profissionais do que para quem quer ter como hobby. Se você compra um aparelho desses, tem que ter uma finalidade clara e já ter as soluções de equipamento necessárias para ele. Já precisa ter um projeto e ter definido como ele se encaixará nele.

Continua depois da publicidade

De modo geral, ele é indicado para quem atua com cinema, com um ritmo e questões estéticas menos utilizado no jornalismo factual.

Quem pretende comprar um estabilizador para DSLR precisa ter muito claro em sua mente se precisa mesmo do item e se ele se adapta às suas necessidades, isso porque sempre há a possibilidade de adquirir um estabilizador para smartphone. Está cada vez mais comum vermos celulares com câmeras melhores e por preços mais acessíveis.

Estabilizador para smartphone ou DSLR, qual comprar?

Se você tem uma excelente DSLR e um projeto cinematográfico que necessita de muita qualidade, não há dúvida que sua gravação será muito superior com essa combinação de equipamento. Agora, se você precisa de algo mais casual e quer dar uma suavizada nos movimentos, um estabilizador para smartphone já está de bom tamanho.


Como ele funciona

Depois de equilibrar a câmera nele, ainda desligado, é só segurar o botão de ligar por mais de um segundo e ele vai fazer o movimento para alinhar os eixos e estará pronto para ser utilizado. Se você quiser, pode interagir muito pouco com os botões que ele traz, inclusive, nem precisa utilizar o aplicativo para smartphone dele, o FeiyuON.

Ele tem poucos botões, um para ligar e que serve para ativação de modos como o motion timelapse, outro para efetuar o foco e começar a filmagem e ainda um que fixa os eixos em um alvo enquanto você se mexe. Enquanto faz os movimentos, pode escolher utilizar o joystick, que não tem uma excelente aderência à mão mas também não há o que reclamar dele.

Se você já tem experiência com outros estabilizadores, não deve enfrentar problemas para se adaptar

Para fazer a comunicação da câmera para o gimbal, você utiliza um cabo. O kit que recebemos veio com fios de conexão para câmeras de três fabricantes, Canon, Panasonic e Sony. Também veio com quatro pilhas de 2200mA e com um carregador para elas. São pilhas maiores que o usual e da própria Feiyutech, assim como o carregador. Infelizmente, não achei uma estimativa de duração para os diferentes bases no manual e nem na página de dúvidas frequentes.

Continua depois da publicidade

Além disso, o modelo recebido aqui para testes veio com duas possibilidades, você pode escolher montá-lo para utilizar com duas mãos e também com uma.

Um gimbal mantém um eixo sempre na mesma direção e sem grandes interferências de seus eixos ao redor. Dessa forma, o mecanismo trabalha os eixos ao redor sem comprometer o posição do ponto central. Dessa forma, ele faz com quem está utilizando um gadget como esse interfira o mínimo possível no resultado da gravação.

Ainda assim, com o a2000, quando você segura ele e começa os movimentos de gravação, é possível notar oscilações curtas e pequenas que acabam fazendo com que a tomada não seja tão estável quanto poderia. É claro que nem todo take é interessante estabilizado, depende do seu projeto. Essa é uma ferramenta para aqueles que querem criar imagens suaves.

Acima, um vídeo que explica muito bem as vantagens de utilizar um gimbal em filmagens. Um dos comentários feitos é sobre ter uma pessoa controlando para onde o gimbal está apontando com um outro controle, algo que é possível no caso do Feiyutech a2000 e cria diversas possibilidades no mundo do cinema.


Na prática

Ficou evidente que é mais fácil de controlá-lo quando ele é utilizado com a base que traz dois apoios. Normalmente os estabilizadores para smartphone já cansam bastante o braço quando o aparelho é pesado, imagine agora como fica utilizando uma câmera. Não é como se não fosse possível você utilizar com o apoio de uma mão, mas é muito melhor com dois. Não é atoa que em filmes nós vemos esses estabilizadores com estruturas mais complexas, com mais grips.

Continua depois da publicidade

Ele pesa 1.1kg no modo de uma mão, e o modo com duas mãos não traz peso especificado no manual. Ele suporta câmeras de até 2.5kg, somando o corpo dela, acessórios e lente. Para mais peso do que isso, você provavelmente precisará de um ainda mais robusto. 

Um detalhe que precisa ser comentado é que mesmo com os dois grips, quando você corre com ele, é possível notar uma trepidação em um dos eixos. Ou seja, não é perfeito, mas ainda assim a cena fica muito mais estável. Na mão, não importa o quanto você se esforce, a sensação não é a mesma.

Também é possível pensar em soluções para diminuir ainda mais esse problema, você pode entrar em algum veículo, utilizar patins, roller ou algo do tipo. Use a sua criatividade.

Na utilização dos modos, destaque para a funcionalidade do modo selfie, em que você dá três cliques no botão de modo e a câmera vira 180º. Isso dá novas possibilidades, já que é um botão que pode ser utilizado no meio da gravação. Além desse, com quatro cliques no botão você aciona o modo move timelapse, que  combina o movimento de câmera de um ponto A a um ponto B e combina com o timelapse gerado pela câmera.

Caso não saiba como utilizar o modo timelapse com movimento, eu compartilho um mini tutorial abaixo

Eu só descobri como utilizar esse último modo porque já testei um outro estabilizador dessa mesma empresa, o Feiyutech Vimble 2. Na época, lembro de ter ficado surpreso pelo fato de ele não trazer essa funcionalidade, só fui descobrir que ele tinha essa capacidade tempos depois. Não achei essa informação nem no manual e nem vi explicada no aplicativo, então eu vou te explicar como fazer:

1 - Aperte o botão de modo quatro vezes, se você escutar um bip é um sinal de que ele entendeu o que você quer;
2 - Posicione a câmera na direção desejada, no ponto de partida do movimento de câmera e clique o botão de modo mais uma vez. Se ele tiver reconhecido o comando dará um sinal de som como na primeira vez;
3 - Escolha a segunda posição do movimento e confirme, a câmera deverá se mover para o ponto inicial e começar o take. É preciso que você configure o modo timelapse na câmera, apesar da conexão via cabo, não consegui fazer com que o gimbal se comunicasse com a câmera para começar a gravação automaticamente.
4 - Para escolher a velocidade do seu take, precisará utilizar o aplicativo para smarpthone, o Feiyu On e ir nas configurações de Autorotation Mode.

A configuração de tempo de duração do take e a velocidade dele é confusa, pode ser que você não entenda de primeira. Para começar, o aplicativo do tutorial disponibilizado pela Feiyutech é bem diferente do atual, então se procurar conteúdo na internet da Feiyutech provavelmente verá algo antigo e que não condiz com o que você tem. Como medida de tempo, o software calcula horas/voltas (ou h/r= hours/round), sendo uma volta 360º. Ele traz a opção de até 8 horas por uma volta completa, o que te dá uma compreensão do quanto a câmera se movimentará para concluir o take que você precisa.

Apesar de difícil de ser descoberto, esse modo é muito interessante e permite filmagens diferenciadas e que você não consegue fazer na mão. E também, mesmo que ele não inicie o vídeo automaticamente para você na câmera, conectando o cabo que vem na caixa, ao menos você pode utilizar o botão do aparelho para começar a gravação do modo que você pré-configurou na câmera.

Durante os testes não conseguimos erguer completamente a câmera e fazer ela olhar para cima em um ângulo reto, um posicionamento que pode ser interessante dependendo do que você pretende gravar. de toda forma, ainda é possível brincar bastante com os movimentos de câmera e os tempos de resposta dele, já que o aplicativo permite você controlar algumas configurações do motor.


Conclusão

Para fechar esse artigo, eu tenho que lembrar que esse foi o nosso primeiro dispositivo do tipo para câmeras DSLR, apesar de já ter bastante experiência com os estabilizadores para smarpthone. A conclusão que tiramos está descrita ao longo deste artigo, principalmente no trecho que comentamos para quem ele é indicado. Se você enxerga que esse tipo de gadget se encaixa em um projeto seu, que já tem ou pretende começar, com certeza ele será de grande ajuda.

Preciso comentar que o Feiyutech a2000 é encontrado por cerca de R$ 2500, às vezes por mais e outras vezes por menos, é um orçamento a ser levado em consideração. Em todo caso, também recomendamos que você confira as opções para smartphone, o Osmo Pocket, e também aparelhos da concorrência. A parte boa é que você tem diversas opções para ver o que se encaixa melhor para o que você está planejando. Espero ter ajudado e que você consiga boas imagens!

Resumo Conectado: Mi Band 4 chegou e a Google revelou o design do Pixel 4!

Resumo Conectado: Mi Band 4 chegou e a Google revelou o design do Pixel 4!

O resumo fala também de algumas novidades da E3 2019, como o xCloud


Motorola One Action terá câmera tripla e furo no display [Rumor]

Motorola One Action terá câmera tripla e furo no display [Rumor]

Design é similar ao do Motorola One Vision


Confira o unboxing oficial do Xiaomi Mi 9T!

Confira o unboxing oficial do Xiaomi Mi 9T!

A versão global do Redmi K20 chega ao mercado na próxima segunda-feira, dia 17, com desconto


Mod do app Google Camera para o Asus Zenfone 6 traz melhorias nas fotos com HDR+ de 48MP

Mod do app Google Camera para o Asus Zenfone 6 traz melhorias nas fotos com HDR+ de 48MP

Ele vai ser o primeiro smartphone com suporte HDR+ da Câmera do Google com resolução de 48MP


Vazamento revela supostas datas de lançamento do Galaxy Note 10, Pixel 4 e iPhone 11

Vazamento revela supostas datas de lançamento do Galaxy Note 10, Pixel 4 e iPhone 11

Roadmap da Verizon aponta chegada dos dispositivo entre agosto e Setembro