Notch, câmera retrátil e slider: as soluções das fabricantes para conseguir uma tela maior

Notch, câmera retrátil e slider: as soluções das fabricantes para conseguir uma tela maior

Na corrida por um display mais atrativo, cada polegada a mais vale a pena

As fabricantes de smartphone estão trabalhando para conseguir produzir aparelhos com telas cada vez maiores. Como a câmera frontal e alguns sensores nos celulares atuais ocupam um espaço do display na frente, na parte de cima, isso impossibilita que uma área maior seja utilizada como tela.

Para deixar seus smartphones mais atrativos e conseguir um visual melhor buscando uma tela maior, as empresas estão optando por soluções como a tela notch, uma câmera retrátil e um modo de deslize que ficou conhecido como slider. 

Você entende melhor cada um desses designs de fabricação abaixo. 


Tela notch

Algumas empresas aumentaram o tamanho do visor utilizando o que ficou conhecido como notch na tela. Esse detalhe contorna a câmera selfie e deixa espaço nos dois lados dela, permitindo uma ampliação que varia pelo tamanho do notch, podendo ser pequena como no próprio Apple iPhone X ou grande como no Essential Phone. Apesar disso, esteticamente esse detalhe não tem agradado algumas pessoas.

Continua depois da publicidade

Ao contrário do que algumas pessoas podem pensar, o primeiro smartphone a trazer o notch com essa finalidade foi o Essential Phone e não o iPhone X. E mesmo que a empresa da maçã tenha lançado a moda e muitas empresas aderido a essa mudança, algumas empresas como a Samsung questionam o uso desse design como uma solução eficiente para o aumento de tela. A empresa sul-coreana não aderiu à tendência e destaca que essa solução atrapalha na usabilidade.


Câmera retrátil

Escondendo não só a câmera frontal mas também a traseira com um sistema de deslize motorizado, o Oppo Find X é o smartphone mais recente a vir com esse formato. Apesar de alguns testes mostrarem que o aparelho não tem uma estrutura tão sólida, a câmera retrátil motorizada do aparelho funciona e garantiu uma tela maior. 

Continua depois da publicidade

Um dos grandes problemas nesse modelo de câmera está na possibilidade de partículas de poeira ou até mesmo líquidos danificarem o mecanismo com o tempo. Segundo o canal JerryRigEverything, conhecido por fazer testar a resistência de smartphones, esse mecanismo traz diversas falhas no Oppo Find X e pode dar fortes dores de cabeça para o consumidor. 

Esse modelo de câmera retrátil não é uma exclusividade do Find X, também foi utilizado pelo Vivo NEX, lançado pouco antes no mesmo ano. Ele funciona de maneira semelhante, a grande diferença é que em vez de trazer um conjunto de sensores e esconder até mesmo a câmera traseira, o NEX deixa apenas a câmera como retrátil. Segundo a Vivo, o sistema deles pode ser acionado até 50 mil vezes sem apresentar qualquer tipo de problema. 

Como os conceitos são recentes, você pode encontrar os dois termos sendo utilizados para descrever estilos de smartphones diferentes

Em ambos aparelhos a câmera é acionada no aplicativo nativo do celular e não através de um botão, sendo o sistema utilizado pela Oppo semelhante aos novos sliders que falaremos a seguir, mas é automatizado e precisa ser acionado via botão ou software.


Slider

Os smartphones sliders são antigos, você provavelmente lembra ou já viu alguma imagem de um celular com o teclado escondido. O modo de funcionamento dos modelos atuais é o mesmo mas ele soluciona um problema diferente. Se antes a ideia era ganhar mais tela escondendo o teclado, algo que foi resolvido pela Apple no lançamento do primeiro iPhone com a tela touch, agora a ideia é esconder a câmera frontal e os sensores.

O slider dá a possibilidade de deslizar o smartphone e destacar a parte traseira com uma câmera de selfie e sensores. Esse modelo de smartphone voltou a se popularizar e uma das primeiras fabricantes a fazer esse resgate foi a Xiaomi com o Mi Mix 3, anunciado nesse ano. Confira abaixo o vídeo de anúncio do Mi Mix 3. 

Como ele libera completamente a tela do aparelho, não traz um notch e surge no mercado como algo atrativo ao consumidor, um diferencial. Sendo assim, mais empresas aderiram a essa alternativa, como é o caso da Huawei em sua submarca, a Honor. Recentemente a empresa lançou oficialmente o Honor Magic 2, smartphone que também vem com o slider e tem outros atributos de um topo de linha. 

31/10/2018 às 13:16
Notícia

Honor Magic 2 é anunciado com seis câmeras e slider

O smartphone também traz leitor de digital na tela e carregamento rápido de até 40W

Na mesma semana a Lenovo anunciou o Lenovo Z5 Pro, também com slider mas com um preço mais acessível. Enquanto o Xiaomi Mi Mix 3 chegou custando U$474 (com processador Snapdragon 848) pelo modelo mais básico e o Honor Magic 2 U$545 (com processador Kiron 980), o smartphone da Lenovo na versão mais básica custa U$287 (com processador Snapdragon 710). Isso mostra que esse tipo de fabricação não é tão complexo e pode valer como solução mesmo para dispositivos de entrada. 

Se a moda vai pegar, é difícil saber. O notch trouxe ganho para o tamanho da tela, às vezes maior e outras vezes nem tanto, diversas empresas adotaram o detalhe depois de a Apple trazer para o mercado, seguindo uma teórica tendência por se tratar da empresa da "maçã" utilizar. Talvez, enquanto as gigantes não se posicionarem ou escolherem utilizar o slider, ele não se espalhe de vez, ou talvez o mercado chinês consiga popularizar esse atributo com o número de vendas. Resta esperar para ver.


Câmera giratória

A Samsung fez algo diferente, o anúncio do Galaxy A80 trouxe uma nova forma de conseguir tela, a empresa combinou o sistema retrátil com uma câmera giratória. Hoje é muito comum os smartphones trazerem dois conjuntos de câmeras, na traseira e também na frente. Com esse design que a Samsung fez é possível investir apenas em um conjunto de câmeras, o que permite tirar selfies com excelente qualidade e sem precisar fazer um grande investimento em dois conjuntos diferentes.

A Samsung fez diferente! Conheça o Galaxy A80,
smartphone com câmera giratória

Além disso, essa organização das peças criou um design bastante interessante, o celular tem um acabamento muito bonito e pode ganhar espaço no mercado. Apesar disso, é claro que há algumas ressalvas, a começar pelo próprio sistema motorizado. Nós já vimos que peças pequenas que precisam se movimentar podem encontrar alguma obstrução, partículas de pó ou areia, e ser prejudicada.

Sem tempo de mercado, não dá para dizer se esse é um recurso que será adotado por mais empresas ou algo que vai morrer na família Galaxy A.  


E as capas protetoras?

Quem tem um smartphone, sobretudo de preço mais elevado, sabe a importância de utilizar uma capa protetora para impedir arranhões e quebras na tela. Com modelos de smartphone que deslocam parte da peça como o slider e os de câmera retrátil, como ficam as capas protetoras, as famosas capinhas?

As próprias fabricantes disponibilizam uma capa e o mercado pode passar a vender outros modelos personalizados

No caso do Honor Magic 2, a empresa fabricante anunciou que ele virá com uma capa que permite utilizar o slider e por tabela a câmera frontal. Além disso, ela virá na caixa do produto gratuitamente. Isso deve se repetir em outras marcas, cada um tem uma capinha própria deixando livre o espaço para câmera ou para deslizar. Abaixo você confere como fica a capa no Oppo Find X.

Por lógica já que todos têm um formato específico, cada modelo de smartphone tem uma capinha própria, com os modelos sliders e de câmera retrátil não será diferente. Se esses smartphones conseguirem conquistar um público maior, isso deve até mesmo movimentar um mercado ao seu redor.

Samsung se pronuncia sobre os problemas com o display principal do Galaxy Fold

Samsung se pronuncia sobre os problemas com o display principal do Galaxy Fold

Algumas unidades do smartphone dobrável começaram a apresentar problemas nas telas principais


Ações da Qualcomm alcançam os maiores valores em 20 anos após acordo com a Apple

Ações da Qualcomm alcançam os maiores valores em 20 anos após acordo com a Apple

As ações aumentaram 23% na terça-feira e 17% quarta-feira alcançando US$30 bilhões


Motorola anuncia quatro aparelhos Motorola One - dois ainda estão por vir

Motorola anuncia quatro aparelhos Motorola One - dois ainda estão por vir

O One Vision pode chegar nos próximos meses e ainda não se sabe muito sobre o One Action


iPad poderá ser usado como segundo monitor do MacOS de qualquer Mac em breve [Rumor]

iPad poderá ser usado como segundo monitor do MacOS de qualquer Mac em breve [Rumor]

Outros monitores também serão suportados e vão surgir na nova opção do recurso


Vários Galaxy Fold começam a falhar com apenas um dia de uso

Vários Galaxy Fold começam a falhar com apenas um dia de uso

Pessoas que tinham o aparelho em mãos foram para as redes sociais mostrar os problemas