Google I/O: o futuro da tecnologia segundo a Google | Resumo do Evento

Google I/O: o futuro da tecnologia segundo a Google | Resumo do Evento

Novidades para o Google Maps, novo Pixel 6E, o primeiro relógio inteligente da empresa e mais!

ARTIGO EM ATUALIZAÇÃO | A Google apresentou seus principais planos envolvendo o maior buscador da internet e outras tecnologias de ponta com inteligência artificial, incluindo aprendizado das máquinas. Além disso, também foram revelados alguns dispostivos, como o Pixel 6E e também o design do próximo celular da marca, o Pixel 7.

Neste vídeo, compartilho as principais informações apresentadas para você que não tem o tempo necessário para assistir as mais de duas horas de evento em inglês. O conteúdo aqui é de grande importância levando em consideração o tamanho da Google, uma gigante da tecnologia que é considerada por muitos a própria internet por conta de seus serviços de agregação.

É difícil hoje imaginar o dia a dia na internet sem a participação dela. Vale lembrar que o principal navegador de internet atualmente é dela (Google Chrome), também o principal sistema operacional de celulares (Android), e isso sem falar nas ferramentas de trabalho (Google Docs, Sheets, etc) e o próprio buscador.

No evento, vimos um pouco sobre o Android 13, o novo tablet da Google, o aguardado relógio inteligente da empresa e também seu novo fone de ouvido bluetooth Pixel Buds Pro. De qualquer forma, o que mais me chamou atenção mesmo foram as tecnologias envolvendo novas formas de fazer buscas online e as novas funcionalidades para o Google Maps, incluindo o Immersive View. A empresa garante que em breve será possível visualizar uma cidade inteira em 3D, como Londres, e obter informações em tempo real de trânsito, e tudo mais.

12/05/2022 às 11:40
Notícia

Google oficializa Android 13: beta 2 já disponível; veja o qu...

Privacidade, segurança, personalização e mais aplicações para tablets

Além de ser uma funcionalidade interessante para turismo (você pode visualizar a cidade e fazer um planejamento da sua visita) é também algo interessante para os moradores que passam por lá no dia a dia.

Sobre o objetivo geral do evento, a Google resume dizendo que sua principal participação na sociedade é organizar as informaçãos do mundo e fazer com que sejam universalmente úteis e de fácil acesso, independente de quem está querendo buscando esse acesso.

Confira abaixo as principais novidades que rolaram no Google I/O 2022.

Continua após a publicidade

Google Maps

O primeiro tópico abordado foi a utilização do Google Maps nestes últimos anos. O Google I/O aconteceu de formas discretas nas últimas edições por conta da pandemia e esta foi a primeira que recebeu uma grande plateia. Sendo assim, falaram sobre como o Maps participous nos últimos três anos indicando onde pessoas podiam se vacinar. Sabemos que esta funcionalidade, no entanto, foi muito mais efetiva nos EUA do que em outros lugares do mundo.

Também pelo Google Maps foram enviadas notificações de situações de perigo, como na Índia, que recebeu avisos de inundações. Além de ajudar pessoas a chegaram a diferentes destinos através desse serviço de mapas, a empresa também ressaltou que auxiliou a compreenderem outros idiomas com o Google Tradutor, que recebeu durante o evento 24 novas línguas.

A ideia é disponibilizar cidades do mundo todo em 3D com informações sobre clima, trânsito e muito mais em tempo real

 

Com os avanços, agora o Maps é capaz de mostrar regiões incrivelmente remotas, graças à aplicação da inteligência artificial. Também foi utilizando IA que foi possível mapear cerca de 1.6 bilhões de construções em mapa. Está cada vez mais precisa a identificação do que são prédios via satélite.

Na sequência, fomos apresentados ao que será o próximo passo em tecnologia de mapas, com o surpreendente Immersive View dentro do Google Maps. Este é um recurso que permite a pré-visualização de uma cidade inteira em 3D, inclusive do interior de alguns lugares.

Os detalhes são construídos utilizando machine learning (aprendizado das máquinas) e um banco de dados massivo. Com fotos e treinamento, a máquina consegue desenhar uma cidade inteira para que seja praticamente fazer visitas sem sair de casa. Mas claro, a ideia não é simplesmente fazer uma maquete 3D, é disponibilizar uma cidade inteira em tempo real, permitindo que as pessoas consultem condições de tempo, trânsito, como está o dia de maneira geral.

Não foi divulgada uma data de implementação do recurso, apenas foi informado que algumas poucas cidades selecionadas estarão disponíveis neste modo imersivo no começo.

Ainda na seção Google Maps, foram compartilhadas informações sobre as rotas eco-friendely, conseguem te levar ao destino economizando gasolina, calculando rotas com menor emissão de carbono.

Continua após a publicidade

Apesar de parecerem simples, os dados apresentados mostram que já foram utilizadas 86 bilhões de vezes em EUA e Canadá. Em breve também estarão disponíveis na Europa e serão expandidas a rotas de aviões em algumas regiões.


YouTube

Quando falamos de formatos de mídia, o vídeo tem sido encarado a grande tendência há anos e o YouTube se destaca como uma das principais plataformas de vídeo da atualidade. No entanto,  durante o evento, pouquíssimo foi compartilhado sobre os planos para o futuro desta plataforma.

Um pequeno detalhe comentado foi a implementação de divisão de capítulos, que foi apresentada no ano passado e agora é feita de forma automática. E a ideia é tornar isso cada vez mais automático, segundo o que foi passado durante o evento.

Para explicar melhor como tem funcionado a identificação de capítulos do YouTube, o usuário coloca algum texto de divisão de conteúdo dentro de seu vídeo e o Google identifica automaticamente. Então em uma análise de celular, por exemplo, caso o vídeo mostre o texto "Câmera" para dividir um capítulo, a Google identifica o capítulo apenas pelo texto e marca o tempo.

E isso indexa na busca do Google em texto, para ajudar também as pessoas que estão procurando por algo específico dentro de um conteúdo.

Cada vez mais a Google lê e entende o que está sendo dito em vídeos, o que deve ajudar pessoas na busca pelo melhor o conteúdo para o que estão procurando. Então, em um vídeo, eu falo algo específico e a plataforma sabe não só sobre o que eu tô falando mas o segundo em que isso acontece. Com o tempo, isso deve valorizar conteúdos melhores.


Google Workspace

As ferramentas de trabalho Google são utilizadas no mundo todo e estão ganhando cada vez mais espaço. Durante o evento, foram compartilhados aprimoramentos para o conjunto de aplicações do Google Workspace, incluindo Gmail, Meet, Calendar, Docs, Sheets e outras.

Uma das novidades é a criação automática de um sumário dentro do Google Docs. Mais do que tópicos de capítulos, é criado um resumo de tudo que foi escrito. Isso deve auxiliar quando há documentos com muitas páginas, por exemplo. O Google Docs será capaz de ler e entender o assunto principal, criando uma síntese.

Também vai identificar pontos importantes do documento e destacar pra você utilizando machine learning.

Funcionalidades semelhantes chegam também ao Google Chat, em conversas por texto, e até mesmo para o Google Meet, nas chamadas em vídeo.

Além disso, foi comentado que a empresa está trabalhando em melhorias gerais para chamadas de vídeos. Estão, inclusive, trabalhando na possibilidade de criar um ponto de luz artificial em chamadas, como se uma janela fosse colocada em frente a pessoa. E isso realmente parece útil, já que a pandemia mostrou que a maioria das pessoas não cuida disso.


Sobre o mecanismo de busca, o Google Search, a Google falou sobre um grande aprimoramento na forma como entrega respostas. Em vez de responder só com texto, ela está trabalhando para entregar respostas baseadas no que as pessoas escutam ou veem. 

Disse que está buscando um futuro em que as pessoas tiram dúvidas de formas intuitivas não importa a forma de contato com o que gerou a dúvida.

Então se alguém escuta o barulho de um passarinho deve ser possível que ela consiga descobrir qual é o pássaro levando em consideração o contexto, o som do pássaro, por exemplo. Não faz sentido ir até o buscador e digitar qual é o nome do pássaro.

Por hora, a empresa diz que já está trabalhando para unir tudo isso e destaca um número interessante. Segundo ela, na Índia, 30% das pessoas utilizam o buscador através da fala, utilizam o microfone para fazer pesquisas no buscador.

12/05/2022 às 14:00
Notícia

Ferramenta futurista do Google permitirá identificar e filtra...

Recurso poderá analisar o ambiente do usuário para encontrar onde comprar eles

Vale lembrar também o Google Lens, que permite a busca através de imagens. Também essa ferramenta está ficando mais inteligente com a função "Near Me", ou "próximo de mim" em tradução livre do inglês para o português. Então você poderá procurar por itens através de imagens e achá-los para compra perto de onde você mora.

O mesmo pode acontecer para comida e restaurantes. As pessoas podem tirar fotos de pratos de comida e obter sugestões de restaurantes que têm aquela comida no cardápio e nas proximidades.

No futuro será possível combinar as formas de pesquisa, incluindo texto, áudio, imagem

 

Para que isso seja possível, a Google faz uma busca entre milhões de fotos de seu banco de dados (compartilhadas por usuários) e tenta achar aquela imagem que mais se aproxima com o que foi oferecido para a busca.

Essa funcionalidade não está disponível para todos os lugares, mas deve chegar aos poucos ao longo dos próximos anos.

E aqui entra outra funcionalidade realmente interessante e que será um grande avanço para a forma como as pessoas compram.

A ideia é de que em algum momento as pessoas consigam pesquisar utilizando uma imagem que tenha um contexto mais abrangente. Então, se você estiver em frente a uma prateleira cheia de chocolates, por exemplo, você poderá ver informações sobre cada item na prateleira. O Google identifica os itens e faz a busca para cada um deles, buscando entendê-los. Após o processamento, oferece informações compatíveis com os produtos.

Você poderá utilizar para achar o remédio que procura na farmácia ou o vinho certo para um jantar. Só que, claro, nem mesmo o Google nas buscas de texto funciona 100% atualmente, então esse recurso certamente vai demorar para ficar realmente útil. Mas é muito sobre o que podemos esperar do futuro dos serviços oferecidos direto no celular.


Real Tone

Desde o ano passado temos visto trabalhos da Google envolvendo cor de pele e representatividade. No Google I/O de 2022 não foi diferente, muito foi falado sobre o Real Tone e em como a Google trabalha para que pessoas de diferentes cores sejam representadas, para que o sistema seja inteligente, consiga passar com precisão a cores de diferentes pessoas em fotos.

Além disso, apresente resultados de buscas mais inteligentes. Atualmente, se você procura por "penteados" no buscador, ele muito provavelmente vai mostrar penteados para mulheres apenas. E brancas. Mas há uma infinidade de pessoas e tipos delas que procuram por dicas não só de penteados.

Então a ideia é aumentar esse leque e até e permitir que você indique o seu cor de pele para que imagens específicas que casem o tom de pele sejam apresentadas.

O Real Tone também é de código aberto a partir de agora, para que todos vejam como as escolhas são feitas na escolhas envolvendo tom de pele.


Assistente da Google

A assistente da Google agora traz duas novas opções para você não precisar falar toda hora "Hey Google":

Look and Talk (Olhe e fale): Você pode olhar para o dispositivo e perguntar o que precisa. É como fazer contato visual com alguém e conversar, apesar de que aparentemente você precisa ficar realmente parado na frente do dispositivo. Após a pergunta, o aparelho reconhece você e dá a resposta. Tudo isso, segundo a Google, processado de forma local, sem que haja o compartilhamento de dados com a empresa via nuvem.

Quick Phrases (Frases rápidas): Permite que a pessoa peça coisas sem precisa falar o "Hey, Google" e nem olhar. É pensado para coisas comuns como setar alarme, perguntar horas, ligar e desligar luzes, por exemplo. São frases que podem ser ativadas e desativadas nas configurações da assistente.

Foi ainda demonstrada uma outra funcionalidade que dá mais liberdade na interação com a inteligência artificial. Agora, se você começa um frase com a assistente e para para pensar no meio da frase a assistente entende que você está pensando e mantém a frase.

Isso é realmente útil porque às vezes você tem que falar rápido de uma vez para que a assistente não pare de te ouvir. Em alguns casos, quando você demora muito ela não entende e para de te ouvir.

Então estas são melhorias boas para aprimorar a conversa entre humanos e máquina, para deixar o papo mais natural com o passar do tempo.


Segurança da Google

Sobre segurança, a Google disse ter utilizado seu sistema de proteção, Project Shield, que protege de ataques DDoS, para proteger 180 sites ucranianos vítimas desses ataques no início da guerra com a Rússia. Muitas empresas ucranianas foram atacadas pelos russos digitalmente e a Google auxiliou com proteção digital.

Também foram investidos US$10 bilhões de dólares para modernizar vulnerabilidades de sistema no último ano.

Outro esforço foi o de diminuir phishing, tática de golpe simples que manda uma isca para roubar dados de pessoas.

O Google Docs é outra ferramenta que recebe uma atualização de segurança curiosa. A ferramenta está ganhando uma análise de links suspeitos dentro do corpo do texto. Será feita uma varredura dos links no documento e um alerta será gerado caso algum endereço seja suspeito.

Foi mencionado ainda que estão sendo feitos trabalhos para se livrar de senhas, praticamente o fim das senhas. Isso, é claro, centralizando na conta Google.

Ainda nessa parte de segurança, foi demonstrado que você poderá, em breve, criar Cartões Virtuais no Chrome e no seu celular Android.

A última parte do evento sobre segurança trouxe informações sobre o Ad Center, com a empresa reforçando que não vende informações pessoais de usuários e que não baseia anúncios em informações sensíveis; como religião, cor de pele e por aí vai.

Sobre o Ad Center, a ideia é permitir que cada pessoa possa escolher preferências e tipos de anúncios que serão exibidos para o seu perfil através de sua conta. Por mais simples que isso possa parecer, pode ser uma nova era na internet, porque anúncios são base das redes sociais como Facebook, Instagram e YouTube. Eles têm relação direta com privacidade e o uso de dados massivo para anúncios , é um problema muito discutido autualmente e que pode ter na moderação personalizada uma saída para tanta contradição.

Também foi informado um novo recurso para que as pessoas possam remover algumas de suas informações pessoais do Google, como telefone, endereço de casa, endereço de e-mail. E isso chega no aplicativo do Google já nos próximos meses.


Android 13

O Android é o principal sistema operacional dos celulares, então tamanha a importância de saber o que ele vem aí. Mas, para ser sincero, não foram reveladas tantas informações ou novidades sobre o sistema.

Foi reforçado que a Google está trabalhando para conseguir conectar melhor todos os dispositivos, fala que tem relação com a chegada de alguns aparelhos nos quais estão trabalhando. Muito mais do que um buscador, a gigante da tecnologia enxergou que pode ter destaque vendendo dispositivos diversos para pessoas e esta tem sido uma grande aposta sua nos próximos anos.

Novamente foi falado sobre o Material You, que trabalha elementos de design e cores para se adaptar melhor ao estilo de cada dono de Android. Também falaram sobre a possibilidade de utilizar uma língua diferente para cada aplicativo dentro do sistema operacional.

Falaram um pouco sobre segurança no Android, mas podemso resumir como uma promessa de que há grandes esforços para garantir a segurança de cada usuário.


Google Wallet

A ideia dessas empresas grandes de tecnologia é funcionar como um agregador. Disponibilizar tudo num lugar só e prender as pessoas com seus serviços. 

12/05/2022 às 08:00
Notícia

Novo Google Wallet quer substituir sua carteira e até o Googl...

O Google I/O, que terminará no dia 12/5, ainda pode trazer outras novidades interessantes

Nesse caso, algo que se encaixa muito bem é recém-chegado Google Wallet que vem para substituir sua carteira física e quem sabe até seu molho de chaves. 

A ideia é que você centralize tudo na carteira digital da Google, permitindo o cadastro de cartões de crédito, chaves digitais (tolkens de carros e portas de casa, por exemplo).

E eles estão entrando em contato com governos do mundo todo para levar a carteira de identidade oficial de cada país para o Google Wallet, que chega já nas próximas semanas.


Destaques de sistema

Já entrando na parte final do evento, foi dado muito destaque para os sistemas da empresa, não só o Android mas também para o Wear OS, sistema pensado para vestíveis. Não à toa, é claro, a empresa anunciaria seu novo relógio inteligente e outros dispositivos.

Até por isso, apresentaram como o novo Android agora está melhor em tela dupla e como pode ser pareado facilmente com gadgets utilizando o Fast Pair. Definitivamente uma prova de que a Google está vindo com tudo para se transformar em uma nova Apple ou Samsung.

Mas a novidade em sistema mesmo foi a liberação do Android 13 em beta para que as pessoas possam testar.


Pixel 6E e Pixel 7

Pixel 6E é o novo celular da Google e é muito parecido com seus irmãos da linha Pixel 6. O smartphone será lançado oficialmente dia 21 de julho e traz a tecnologia de rede 5G e tem o mesmo processador Google Tensor.

O preço também foi divulgado, ele será vendido nos EUA por US$449, sendo até 5 vezes mais rápido que seu antecessor Pixel 5.

Como o evento não era apenas sobre o celular e ele teve que dividir o tempo com muitas outras novidades, a Google falou pouco sobre ele e destacou principalmente sua câmera. A Google falou sobre fotos com o modo Real Tone e o modo noturno Night Sight.

Uma funcionalidade já disponível no Pixel 6 é o Magic Eraser, ele permite excluir coisas da foto apenas selecionando o objeto indesejado. Mas agora há um aprimoramento, você pode selecionar um objeto que tenha alguma cor roubando a cena e garantir que ela seja alterada para dar o foco no objeto principal desejado.

Há ainda melhorias no machine learning para garantir a tradução direto no celular e até 5 anos de atualizações de segurança. 

11/05/2022 às 18:45
Notícia

Pixel Buds Pro: veja os novos fones earbuds do Google

Fones serão vendidos por 199 dólares e serão os primeiros com ANC

Um teaser do Pixel 7 foi apresentado, mostrando seu design e seu conjunto triplo de câmeras de grande destaque na traseira do celular.

E é um celular que vai trazer a próxima geração do Google Tensor, processador da empresa que tem grande foco em inteligência artificial. No mais, não foram reveladas especificações durante o evento.

Como se já não fosse suficiente, foi apresentado também o Pixel Buds Pro, fone de ouvido sem fio, o que é moda atualmente esses fones.

O fone tem cancelamento de ruído e receberá atualização para áudio espacial em breve.

Sobre a duração da bateria, o fone tem até 11 horas de duração normalmente e 7 horas com cancelamento de ruído ligado.

Um detalhe simples é que se você perder o fone vai poder achá-lo através do “find my device” (ache meu dispositivo) direto pelo sistema da Google.

Pixel Buds Pro estará disponível a partir de 21 de julho em 4 cores por US$199.


Google Pixel Watch

Outra novidade é o Pixel Watch, relógio inteligente da empresa que vem com seu sistema próprio Wear OS. Foram destacadas funcionalidades como pedir direções com o Google Maps, utilizar pagamentos em sincronia com o Google Wallet, utilizar para controlar a casa inteligente e ter sincronização com a Fitbit, para fazer o monitoramento de saúde, com batimento cardíaco, controle de metas de atividades físicas etc.


Pixel Tablet

Não foi à toa que demonstraram no palco as usabilidades do Android 13 com telas maiores, porque pouco tempo depois foi apresentado o Pixel Tablet. E apesar surgir como uma novidade, foi pouco falado durante o evento.

11/05/2022 às 19:15
Notícia

Pixel Tablet: Google revela visual de seu novo tablet

Empresa voltará ao mercado de tablets em 2023

Assim como os celulares ele traz um Google tensor, mas durante o evento não foram comentadas as especificações em detalhes.


Óculos de tradução simultânea

Para o final do primeiro dia de apresentação ficou reservado o anúncio de um óculos de tradução em tempo real. O dispositivo é capaz de traduzir o que está sendo dito pelas pessoas em uma conversa. Isso deve romper barreiras, pode ser mais intuitivo do que abrir o celular para traduzir o que alguém está falando. Pense nas possibilidades envolvendo turismo ou até mesmo aprendizado de uma nova língua para alguém que não é nativa.

A fala traduzida aparece na tela do óculos enquanto a conversa acontece. Apesar de parecer promissor, apenas foi apresentado um pequeno trailer, sem grandes detalhes sobre outras possíveis funcionalidades, como se dá a operação do gadget e nem data de lançamento. Surgiu apenas para dar ideia de que algo nesse sentido está sendo trabalhado.

Vale lembrar que a Meta, empresa dona do Facebook, acredita que os óculos serão os aparelhos do futuro, assim como os celulares têm grande impacto no dia a dia atualmente. Comento melhor sobre os planos da Meta envolvendo óculos futuristas no vídeo abaixo.

User img

Neri Neto

O universo geek faz parte do dia a dia, da vida, deste jornalista. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neri Neto é responsável por conteúdos diversos no Mundo Conectado. Ele adora tecnologia, cinema, games e descobriu ainda na infância que a linguagem dos vídeos seria perfeita para falar de tudo que ama.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.