Streaming ou TV por assinatura: o que vale mais a pena em 2022?
Créditos: Freestocks

Streaming ou TV por assinatura: o que vale mais a pena em 2022?

Compare custos e conteúdos oferecidos por cada tipo de serviço e escolha o que mais combina com seu perfil

O Brasil é o segundo país que mais consome filmes e séries via streaming no mundo, ficando atrás apenas da Nova Zelândia. A popularização desse tipo de serviço no país se traduz em números: cerca de 64,58% da população assina pelo menos um serviço de streaming, média acima do índice mundial de 55,68% — segundo um levantamento da empresa Finder. E, para reforçar a mudança gradual no consumo audiovisual dos brasileiros, dados da Anatel mostram que 1,4 milhões de pessoas cancelaram o serviço de TV por assinatura apenas em 2021.

A migração do combo de "TV por assinatura + internet + telefone fixo e móvel" é uma constante nos últimos anos, que foi acelerada pela pandemia de Covid. Mas a pergunta que fica é: em 2022, vale mais a pena assinar mais de um streaming ou optar pela tradicional TV por assinatura?

POPULARIZAÇÃO DO STREAMING NO BRASIL

Primeiramente, antes do modelo de streaming aparecer no Brasil, a TV por assinatura tinha muita força no mercado. Isso porque ela trazia centenas de canais e, em alguns planos, internet e também linha de telefone fixo. Uns anos depois, a Claro comprou a Net e a Vivo comprou a GVT, e assim os planos tradicionais começaram a adicionar telefonia móvel nos combos e migrar pra internet de fibra óptica (já que quase mais ninguém usa telefone fixo mesmo).

Esse combo se tornou bem atrativo para o cenário da época, já que o usuário não precisava recorrer a empresas diferentes para contratar internet, pagar as contas do celular, ter um plano de TV, etc. Todos os serviços eram condensados em uma só assinatura. Entretanto, o preço desses pacotes não eram nada baratos — na verdade, continuam não sendo baratos. Consequentemente, as empresas precisaram negociar para não perder assinantes, e é por isso que sempre que você tenta cancelar um plano desses, a companhia oferece descontos, adiciona mais canais no plano ou dá um boost na internet.

Mas, há alguns anos, surgiu a possibilidade de assinar um serviço de vídeos barato que te oferecia conteúdos on-demand. A introdução desses novos serviços de streaming trouxe duas imensas vantagens: a de poder assistir o que quisesse quando quisesse e de pagar um preço mais acessível.


Netflix foi a pioneira do formato no Brasil com vasta biblioteca de conteúdos e proposta de assinaturas baratas

Em 2011, especificamente, a rede Hulu começou a trazer conteúdos exclusivos nos Estados Unidos. Já no Brasil, o ano marcou a chegada da Netflix. Conforme esse modelo de consumo foi chamando atenção no mercado, mais produções exclusivas começaram a ser feitas e os estúdios, como Disney e Paramount, começaram a criar seus próprios aplicativos. Além disso, canais como HBO e Star+ (antiga FOX) também criaram suas plataformas para atrair assinantes e reunir seus conteúdos em um só lugar para encurralar a concorrência.

12/05/2022 às 11:15
Notícia

Enquanto Netflix perdeu assinantes, Disney+ ganhou mais 7 mil...

Empresa afirma que está ganhando cada vez mais assinantes

Continua após a publicidade

A "corrida pelo streaming" fez com que muitos conteúdos que antigamente estavam disponíveis na Netflix começassem a “voltar” para quem tinha seus direitos. Então produções de propriedade da Disney migraram para o Disney+, séries da HBO passaram para o HBO Max e assim por diante.

Hoje, no Brasil, podemos contar cerca de 7 serviços principais de streaming, que são: Netflix, HBO Max, Star+, Disney+, Amazon Prime Video, Globoplay e Apple TV+. Isso sem citar a possibilidade de assinar outros canais extras que as plataformas oferecem dentro do próprio ecossistema, como transmissão de esportes, por exemplo.

Isso sem mencionar os canais das próprias marcas de SmartTVs. A LG e Samsung, por exemplo, já têm seus próprios ecossistemas e canais de TV pela internet, gerando mais uma opção a mais de entretenimento no Brasil. Outro ponto a ser comentado é que existem assinaturas focadas em esportes, como os aplicativos da NBA, de basquete, e NFL, de futebol americano.

ECONOMIA NA TROCA DE SERVIÇOS

Com diversas opções, fica até difícil escolher qual serviço de streaming assinar. Além da quantidade de conteúdos, cada plataforma e estúdio tem uma proposta e preço diferente. Mas quanto fica se você assinar um plano de internet e mais uns 4 streamings? Vale a pena deixar a TV por assinatura?

Primeiramente, para exemplificar a troca da assinatura de TV tradicional pelo streaming, trouxemos o exemplo do editor do Mundo Conectado, que em 2020 pagava R$ 328,00 no combo intermediário da TV com 30MB de internet e telefone fixo. Além disso, ele já era usuário da Netflix, do Prime Video (pela assinatura Amazon) e do Apple TV+ (pela assinatura do Apple One). Somando o combo da TV com três serviços de streaming a conta passava dos R$ 400.

No ano da pandemia, nosso editor cancelou o pacote e assinou uma internet de fibra de 300mb. Hoje, no total, ele gasta aproximadamente R$ 305 reais em internet de qualidade e 7 serviços de streaming (Netflix, HBO Max, combo de Star+ e Disney+, Prime Video, Apple TV+ e Paramount+).

PERFIS DE ASSINATURA E PREÇOS

Abaixo, indicamos alguns combos de assinatura com base nos possíveis perfis de consumo do usuário e acervo dos principais streamings do mercado. Sempre lembrando que os serviços podem fazer promoções e combos especiais além dos listados aqui!

COMBO ESPORTE - R$ 82,80
Para quem curte esporte a melhor opção seria assinar o Star+ (que dá acesso a programação da ESPN e da FOX Sports ao vivo) e o Globoplay com canais ao vivo (que traz o SporTV), ou ainda Globoplay com canais ao vivo + Premiere pra quem é fanático com futebol. 

Considerando uma assinatura mensal sem o Premiere, esse combo sai, atualmente, por R$ 82,80 (R$ 32,90 + R$ 49,90, respectivamente). Já menor preço desse combo seria a assinatura anual, dividida em 12x, que fica na casa dos R$ 70,40 (~R$ 27,50 + R$ 42,90, respectivamente).

Continua após a publicidade

Assinando um combo de TV para esportes hoje, você pagaria entre R$ 99 e R$ 165 dependendo dos canais. Normalmente, pra esse perfil, o usuário assina um plano básico + os canais de esporte separadamente, o que encarece bastante o preço final.

COMBO KIDS - R$ 47,90
Para quem tem criança ou gosta de conteúdos infantis, a dica é assinar o Disney+ e Paramount+. No Disney+, está disponível todo conteúdo da Pixar com várias animações divertidas, filmes da própria Disney e alguns documentários que a criançada pode gostar. Já no Paramount+, existem séries da Nickelodeon  Nick Jr, além de clássicos como iCarly, Bob esponja e outros.

Por mês, esse combo sai por R$ 47,80 (R$ 27,90 + R$ 19,90, respectivamente). Bem mais barato do que um plano básico de TV que custa, em média, R$ 90 e traz poucas opções de conteúdos infanto-juvenis. Assinando o combo da Disney+ com o Star+, o preço final fica R$ 65,80 (R$ 45,90 no combo + R$ 19,90 do Paramount+), e você ainda leva séries como Os Simpsons e Futurama.

COMBO HERÓIS R$ 55,80
Para quem busca ação, as indicações infalíveis são, com certeza, o HBO Max (que traz filmes da Warner e DC, além de séries e animações dos heróis) e o Disney+ (que detém todo universo cinematográfico da Marvel (MCU). 

Esses dois serviços saem por R$ 55,80, já que os dois custam o mesmo preço de R$ 27,90. E se você assinar o Disney+ no combo com o Star+, tudo fica R$ 73,80 (R$ 27,90 + R$ 45,90).

COMBO ANIMAÇÃO — R$ 100,70
Já pra quem prefere filmes e séries animadas, nossa indicação é assinar o Star+, HBO Max e Netflix. Nesse combo sugerimos três serviços porque o Star+ tem as produções da Fox, enquanto os outros trazem animações exclusivas bem bacanas, como desenhos do Cartoon Network no HBO Max e produções na vibe de Arcane na Netflix!

O combo desses três serviços acaba saindo um pouco mais caro, na casa dos R$ 100 mensais. São R$ 32,90 no Star+, R$ 27,90 no HBO Max e R$ 39,90 no plano padrão da Netflix.

COMBO DRAMA — R$ 97,60
Outro perfil para assinantes também pode ser focado em séries dramáticas ou novelas, dependendo muito dos conteúdos preferidos do assinante. Isso porque serviços como Netflix, HBO MaxApple TV+ e Globoplay têm várias séries originais e produções populares.

Assinar os 4 custaria R$ 97,60 por mês (R$ 39,90 + R$ 27,90 + R$ 9,90 + R$ 19,90, respectivamente).

COMBO ANIME/DORAMA - R$ 64,90
Quem é mais ligado em animes japoneses ou filmes e séries asiáticas, não tem outra escolha: o Crunchyroll é o clássico dos animes, ainda mais depois da fusão de catálogo com a Funimation, e a Netflix têm investido bastante em produções próprias desse gênero, como Kakegurui e All Of Us Are Dead.

Assinar ambos os serviços sai por R$ 64,90 (R$ 25,00 + R$ 39,90, respectivamente), considerando o plano mais básico do Crunchroll e o padrão da Netflix.

COMBO DOCUMENTÁRIOS E REALITIES - R$ 38,90
E tem também, é claro, temos a opção pra quem é mais ligado em assistir documentários ou acompanhar Reality Show. Aqui a gente indica o Discovery+, que tem conteúdos bem diferentes do resto dos serviços justamente por conta dos documentário, e a Globoplay, que também está mais pra esse perfil noveleiro e com produções realistas.

Esses dois sairiam hoje por R$ 38,90 ao mês no próprio combo da assinatura de parceria entre os dois serviços.

É claro que esses são alguns perfis que a gente especulou aqui, porque você pode ir montando seus combos de assinatura confirme as preferências. Que tal você contar pra gente nos comentários qual o seu perfil de consumo?

ECONOMIZANDO NAS ASSINATURAS

Não é segredo que alguns serviços oferecem combos para o consumidor, como o Disney+ com Star+ ou a Globoplay com o Telecine, por exemplo. Há ainda os streamings que acompanham um pacote mais amplo: temos o Prime Video, que faz parte do Amazon Prime, e o Apple TV+, que vem com o Apple One. Alguns streamings vêm inclusos em planos pós-pagos ou de internet fixa, então é bom sempre ficar de olho nas ofertas da sua cidade.

Mas aqui vamos trazer outra dica que quase ninguém conhece e que é um dos melhores jeitos de conseguir um bom desconto: através do Mercado Pago! O Mercado Livre ranqueia os usuários em um sistema de pontos e níveis. Quanto mais você utiliza a plataforma, seja para compra ou para venda, mais pontos você ganha e mais alto é o seu nível. 

Os níveis vão de 1 a 6. e é justamente nesse nível mais alto que os serviços Disney+ e Star+ saem de graça. Além disso, o usuário também tem descontos permanentes em outras assinaturas! Nele, o Paramount+ e HBO Max têm 50% de desconto. Confira os benefícios do Nível 6 aqui.

Só é possível "upar" até o Nível 5, sendo necessário pagar para chegar ao Nível 6. Mas olha só essa comparação: quem é Nível 3 pode complementar o nível pagando R$ 34,99, valor abaixo do custo da mensalidade do combo Disney+ e Star+. Atualmente, a assinatura do Nível 6 do Mercado Pago está em promoção por R$ 9,90/mês. A oferta vale até dia 31/05.

Então se você é um usuário que faz muitas compras online pelo aplicativo do Mercado Livre, sugerimos ficar sempre de olho na sua pontuação pra aproveitar esses descontos. Vamos combinar que ganhar dois serviços de streaming vale muito a pena!

User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Atualmente é redatora e roteirista de tecnologia para o Mundo Conectado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.