Wi-Fi 7: o que é e quais as mudanças da próxima geração de conectividade sem fio
Créditos: GizChina.it

Wi-Fi 7: o que é e quais as mudanças da próxima geração de conectividade sem fio

O desenvolvimento do Wi-Fi 7 está em andamento, com uma versão final prevista para o início de 2024

Como fizemos com o Wi-Fi 6, está na hora de começarmos a explorar o que deve ser a próxima geração da conectividade sem fio: o Wi-Fi 7. Até o momento, ele é conhecido apenas pelo seu nome técnico, IEEE 802.11be, mas já podemos conversar sobre isso.


Pelo que sabemos até o momento, o próximo padrão Wi-Fi 7 não apresentará tantas mudanças radicais em relação às gerações anteriores. Ele focaria em melhorar gradativamente muitos dos recursos adicionados em padrões anteriores, principalmente no Wi-Fi 6. Algumas menções incluem operar nas bandas de frequência de 2,4 GHz, 5 GHz e 6 GHz e melhorar significativamente a confiabilidade e a estabilidade da conexão.

19/11/2021 às 15:02
Notícia

MediaTek vai mostrar Wi-Fi 7 que é 2.4x mais rápido que Wi-Fi...

Poderíamos esperar um lançamento no segundo trimestre de 2022

As maiores mudanças no Wi-Fi 7 incluem o aumento em 2 vezes da largura de banda utilizada e o aumento do número de streams espaciais. Dentre as outras melhorias que o Wi-Fi 7 deverá trazer estão: canais de 320 MHz, 4K-QAM, aprimoramentos da tecnologia OFDMA e multi-link (MLO), este último sendo basicamente um agregador de canais para descongestionar as conexões.

No padrão IEEE 802.11be, o OFDMA ou Orthogonal Frequency Division Multiple Access, implementado com o WI-Fi 6, será aprimorado. Ele permite que os roteadores controlem mais dispositivos conectados e façam um uso mais eficiente do espectro disponível. Com o Wi-Fi 7, ele contará com uma técnica de transmissão de dados que permite que vários pontos de acesso sem fio (APs) se comuniquem entre si e forneçam melhor desempenho em redes maiores. O Wi-Fi 7 também visa reduzir a latência para casos de uso como streaming ao vivo e jogos.

O Wi-Fi 7 também trará melhoras de rendimento e/ou velocidade para seus usuários. Em teoria, os novos canais de 320 MHz do Wi-Fi 7 na frequência de 6 GHz oferecem uma vantagem de velocidade significativa sobre o Wi-Fi 6 e seus sete canais de 160 MHz. No entanto, não serão todos os dispositivos que suportarão esses canais. Para deixar mais claro, canais são sub-bandas dentro das principais bandas de frequência de Wi-Fi. A banda de 5 GHz, por exemplo, é dividida em 45 canais menores - com larguras de canal individuais variando de 20 MHz a 80 MHz.

O Wi-Fi 7 também aumentará o número de streams espaciais para 16. Quando combinado com o suporte de canal mais amplo, estima-se que o novo padrão ofereça um data rate máximo teórico de 46 Gbps. Isso é um pouco mais de 5x de aumento em relação aos 9 Gbps do Wi-Fi 6. 

Continua após a publicidade

É válido ressaltar que o Wi-Fi 7 está longe de ser uma especificação formalizada até o momento. O Instituto de Engenheiros Elétricos e Eletrônicos (IEEE) nem mesmo deu a ele o apelido de Wi-Fi 7 ainda, como comentamos no início deste artigo. O desenvolvimento do protocolo deve ser concluído em 2023 ou 2024. E, mesmo assim, podemos ter que esperar mais um ou dois anos para a adoção convencional - isso pensando em entusiastas e early adopters, pois a maioria das casas ainda funciona com WI-Fi 5 e a adoção do WI-FI 6 e 6E, com exceção dos smartphones, não é das mais rápidas até o momento. 

O desenvolvimento do Wi-Fi 7 está em andamento, com uma meta de um rascunho inicial até março de 2021 e uma versão final prevista para o início de 2024

 

Apesar disso, é interessante especularmos sobre as melhorias que o Wi-Fi 7 pode trazer para as tecnologias que já conhecemos no que diz respeito à conectividade sem fio. Com o tempo e novos dados, vamos atualizar esse artigo, então fique ligado!

User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.