O que é um display LTPO e como ele ajuda a economizar bateria?
Créditos: Agence Web Tremplin Numérique

O que é um display LTPO e como ele ajuda a economizar bateria?

O principal benefício é reduzir o consumo de energia variando a taxa de atualização.

LTPO significa óxido policristalino de baixa temperatura e se refere a um tipo específico de tecnologia de painel traseiro presente em telas OLED. Essa tecnologia permite que um monitor mude dinamicamente sua taxa de atualização sem a necessidade de qualquer componente de hardware adicional entre a unidade de processamento gráfico (GPU) de um dispositivo e o controlador de vídeo. E esse é o ponto para fazer dos dispositivos que a usam mais eficientes em termos de energia.

O principal benefício do LTPO é reduzir o consumo de energia variando a taxa de atualização. A tela do smartphone, por exemplo, consome mais energia do que qualquer outro componente.   

Taxa de atualização: número de vezes que uma tela é atualizada em um segundo

Uma taxa de atualização mais alta resulta em uma experiência mais ágil e suave para o usuário, mas acaba sacrificando a eficiência energética dos dispositivos. Por isso, aparelhos com LTPO podem, por exemplo, variar a taxa de atualização para 1 Hz (1 quadro por segundo) em determinadas ações pode economizar energia. A tela faz menos solicitações e faz menos alterações no que é exibido na tela. Ao ser capaz de alterar a taxa de atualização de uma tela em tempo real, um dispositivo pode deixar de usar altas taxas de atualização que consomem muita energia e diminuí-las quando não forem necessárias, o que pode ajudar a aumentar a vida útil da bateria.

Como o Technoglitz exemplifica, quando o seu telefone recebe uma notificação, é improvável que objetos em movimento apareçam na tela. Nessa situação, reduzir a taxa de atualização do dispositivo não afeta a experiência do usuário, e irá economizar energia. Essa tecnologia, então, pode ser usada em todo um sistema operacional.

A maioria das telas OLED possuem tecnologia LTPS (silício policristalino de baixa temperatura) e, com exceção da possibilidade de alternar a taxa de atualização, não existem mudanças significativas na qualidade de imagens.

O LTPO é uma evolução do LTPS, permitindo maiores alterações entre a taxa de atualização, controle de energia e temperatura, além de não precisar de componentes físicos extras no aparelho para executar essa função. 

31/05/2021 às 12:50
Notícia

Samsung já iniciou produção de painéis OLED LTPO dos iPhones ...

Novos relatórios indicam que a produção iniciou um mês mais cedo que o de costume

Continua após a publicidade

Apesar dessa ser uma tecnologia desenvolvida pela Apple, a Samsung trabalha em uma versão própria com os mesmos objetivos e que não exige pagamento de royalties. A versão da Samsung é conhecida como óxido híbrido e silício policristalino (HOP). A primeira utilização do LTPO que realmente mostrou benefícios foi com o Apple Watch Series 5, lançado em outubro de 2019, que traz tela sempre ativa e dimensiona a taxa de atualização de 60Hz para 1Hz. Em smartphones, alguns nomes que trazem telas LTPO são o Galaxy Note 20 Ultra e a linha Galaxy S21, além claro do iPhone 13.

No entanto, ainda não se sabe até que ponto os monitores LTPO se espalharão. Atualmente, eles são para dispositivos de última geração que usam taxas de atualização mais rápidas.

User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

Drone Autel EVO Lite+ - Unboxing e primeiro voo com o novo concorrente da DJI

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.