Xiaomi 11T: preços, especificações e tudo que rolou no evento de hoje

Xiaomi 11T: preços, especificações e tudo que rolou no evento de hoje

Fabricante chinesa também apresentou novo tablet, projetor de vídeo e nova versão da Mi Band 6

A Xiaomi fez um evento hoje pela manhã para mostrar novos dispositivos, incluindo a nova linha Xiaomi 11T (sem o "Mi" mesmo), seu novo tablet Mi Pad 5, um projetor de vídeo e também a Mi Band 6 com NFC. Neste artigo você confere os principais detalhes sobre estes produtos, incluindo, preço, especificações e tudo que foi demonstrado durante o evento.

Antes de partir para a apresentação de cada produto, ela fez questão de ressaltar que se posiciona hoje como a segunda principal marca do mundo. Também destacou que é marca número um na Europa e em 22 países.

Segundo a Xiaomi, a empresa cresceu 126% somente no mercado de smartphones, o que sem dúvida mostra que suas estratégias estão dando certo.


Xiaomi 11T e 11T Pro

O evento foi aberto mostrando os produtos Xiaomi 11T e 11T Pro, celulares que antes chegariam com a presença do "Mi" no nome.

A empresa destacou em primeiro lugar questões relacionadas ao design, dando grande foco à funcionalidades de cinema. O Cinemagic, como foi apresentado, representa o conjunto de recursos para estes dois celulares.

Continua após a publicidade

Novos celulares da Xiaomi chegaram com foco total no uso das câmeras para gravações cinematográficas

 

Para as cores, a Xiaomi escolheu disponibilizá-lo em Cinza, Branco Azul. O celular é leve, tem 14g e um módulo de câmera menos protuberante, 46% menor que a geração anterior.

Outro detalhe sobre o conjunto de câmera é a sua organização, inspirada em câmeras de cinema, até mesmo com um pequeno ponto vermelho para indicar gravações.

Assim como outras empresas, a Xiaomi também aproveitou para demonstrar pequenos vídeos super produzidos com o celular lançado. Que, na teoria, seria capaz de entregar qualidade de cinema, o que sabemos que não é verdade.

De qualquer forma, com criatividade e muita técnica, é possível atingir resultados incríveis. Até por isso, os vídeos demonstrados durante a apresentação contam com a participação de grupo de profissionais pagos para tirar o máximo proveito de um celular.

Sobre as câmeras, o conjunto é o mais útil e indicado para smarpthones e fazendo uso do sensor ISOCELL HM2 1/1.52:

  • Principal Wide de 108MP
  • Ultra-wide de 8MP
  • Telemacro 5MP
  • Selfie de 16MP

Por padrão, celulares com sensores grandes e capazes de 108MP entregam fotos com uma quantidade menor de 

Continua após a publicidade

Também foram demonstradas três tecnologias:

  • Magic Zoom: o famoso efeito Vertigo, que cria uma aproximação do fundo ao objeto central em foco. O diferencial aqui é a utilização de inteligência artificial para aprimorar o take.
  • Macroscope: basicamente a posibilidade de fazer capturas em vídeo com alta definição.
  • Audio Zoom: um dos efeitos mais legais bolados pela Xiaomi nos últimos tempos. Ele funciona identificando  o objeto principal em foco e ampliando o seu som. Dessa forma, se você estiver filmando uma fogueira, por exemplo, e aumentar o zoom o celular vai aumentar proporcionalmente o som de fogo. Resta esperar para testar esta funcionalidade.

Para o Audio Zoom foi adicionado mais um microfone, o que permite a identificação mais precisa do som do objeto em foco.

Como diferencial em vídeo, o Xiaomi 11T Pro consegue fazer filmagens em 8K e também em HDR 10+. Isso garante que as capturas não tenham somente definição, mas também cores vivas, e um excelente contraste e alcance dinâmico.

Para acompanhar todas estas funcionalidades foi escolhido o processador Qualcomm Snapdragon 888, o melhor processador presente em smartphones Androids na atualidade. Vale lembrar que a Apple apresentou recentemente os novos iPhones com o A15 Bionic, que entregam, na teoria, 50% mais desempenho que a linha topo da Qualcomm.

Cerca de 50% é uma margem muito grande em desempenho. A Apple não especifica em relação a qual processador da Qualcomm há essa diferença, mas é algo que vale a pena ficar de olho quando colocarmos as mãos nos novos iPhones.

Mas este é o processador escolhido para apenas um dos modelos:

  • Xiaomi 11T Pro: Qualcomm Snapdragon 888
  • Xiaomi 11T: Dimensity 1200-Ultra

O MediaTek Dimensity 1200 já é conhecido do mercado, fez sua estreia com a OnePlus com destaque para aplicações em inteligência artificial. Ele tenta se aproximar em desempenho dos topos de linha da Qualcomm, mas falha.

Em nossos testes com o celular OnePlus Nord 2 5G, que também traz o chip, seu desempenho ficou abaixo até mesmo do Snapdragon 870 no POCO F3, como você pode ver nos testes abaixo.

Além de ter menos desempenho bruto, o Dimensity 1200 também é feito em 6nm, enquanto o Snapdragon 888 tem litografia de 5nm. Isso também implica em um chip menos eficiente energeticamente, mas foi a forma da Xiaomi de lançar um produto com especificações premium por um preço mais baixo.

Um ponto que não ficou claro é a utilização do ultra no nome do processador do Xiaomi 11T e se este é apenas um nome de marketing ou se realmente indica uma versão diferente, já que o clock base é o mesmo.

E as especificações do celular realmente chamam atenção, elas ficam mais interessantes com a tela do aparelho, que é AMOLED 120Hz com taxa de resposta ao toque de 480Hz. Isso significa que o celular procura interações com a tela 480 vezes por segundo.

Infelizmente a Apple é uma empresa que acaba ditando boa parte do comportamento do mercado. Celulares com alta taxa de atualização já estão na concorrência há anos, mas é somente agora com a adoção da Apple que devemos ver mais jogos suportando a taxa de atualização mais alta e outras aplicações.

Mas, de qualquer forma, a Xiaomi tem mandado bem neste sentido, como mencionado, há anos. E o Xiaomi 11T e 11T Pro são mais dois celulares exemplo disso. E a tela ainda taxa de atualização adaptativa, o que significa uma mudança de frequência de acordo com a interação do usuário. Imagens estáticas devem ser apresentadas em taxas mais baixas para economizar bateria.

Há outros detalhes como, Sunlight 3.0 e Reading Mode 3.0, pensados para amenizar o impacto na visão durante a leitura. Tecnologia True Color, para entregar até 16 milhões de cores e ainda a proteção Gorilla Glass Victus, que garante que o aparelho sobreviverá à quedas de até 2 metros de altura.

Ambos trazem som estéreo, mas é o 11T Pro que se destaca por conta da tecnologia Dolby Atmos, para médios e graves mais encorpados e agudos mais precisos. A versão pro também tem Dolby Vision, que entrega mais qualidade de imagem à tela do aparelho.

E as principais tecnologias ficaram mesmo para a versão Pro, que traz ainda sistema de som projetado pela harman/kardon.


Xiaomi HyperCharge 120W

Outro destaque apresentado no evento é o carregamento de 120W, que chega com o nome HyperCharge. Além da alta velocidade de carregamento, os celulares foram equipados com bateria de 5000mAh, bateria de sobre para dois dias de uso ou mais.

Segundo a Xiaomi, isso é suficiente para carregar seu celular completamente em apenas 17 minutos. E claro que a empresa fez questão de reforçar que o carregador de 120W vem na caixa, seguindo uma escolha contrária a da Apple.

Estes resultados de alta velocidade são possíveis por conta de um sistema de dois módulos de bateria. Sabendo das críticas envolvendo segurança e também os ciclos de carga, a Xiaomi se antecipou e explicou que enviou o aparelho para testes ao grupo certificador de segurança TUV Rheinland e também garantiu até 800 ciclos de carga sem que a eficiência da bateria caia para cerca de 80%.


Preços:

Xiaomi 11T 

8GB + 128GB: 499 euros
8GB + 256GB: 549 euros

Xiaomi 11T Pro

12GB + 256GB: 749 euros

8GB +128GB: 649 euros (599 euros em preço promocional)
8GB+256GB: 699 euros
12GB+256GB: 749 euros


Xiaomi 11 Lite 5G Ne

A Xiaomi apresentou uma nova edição para uma linha existente, o Xiaomi 11 Lite NE (New Edition). E o grande foco deste aparelho é ampliar a gama de uma linha de sucesso trazendo uma nova opção, incluindo a nova cor chamada de "Snowflake White".

O celular está disponível em:

  • Azul
  • Rosa
  • Preto
  • Branco

E o foco total deste celular é seu design, ele é fino (6.81mm de espessura) e leve (158g). Outro ponto é seu acabamento na traseira, que é feito de forma a não deixar marcas de digitais.

Ainda assim, ele traz especificações interessantes, incluindo até mesmo uma tela 90Hz com Dolby Vision. Quanto ao processamento, ele traz o Qualcomm Snapdragon 778G, 

Preços

6GB + 128GB: 369 euros
8GB + 128GB: 399 euros


Xiaomi Pad 5

Tablets voltaram a ganhar espaço ultimamente, e a Xiaomi aproveitou para lançar o Xiaomi Pad 5.

O dispositivo tem foco em produtividade e um design atraente:

  • Bordas chatas de alumínio;
  • Módulo de câmera pouco protuberante;
  • Acabamento que evita marcas de dedo.
  • Disponível nas cores Pearl White Cosmic Gray

A tela é de 11 polegadas e traz as seguintes especificações:

  • WQHD+ (1600 x 2560)
  • Mais de 1 bilhão de cores
  • Taxa de atualização 120Hz

 

Outro ponto bastante comentado pela Xiaomi para este produto é a Xiaomi Pen, que permite:

  • Fazer anotações
  • Fazer capturas de tela em formato livre
  • Organizar abas com facilidade

Fora isso, a empresa também destacou o som Quad Stéreo, com quatro alto-falantes para som mais imersivo.

Outras especificações importantes do Pad 5:

  • Processador Qualcomm Snapdragon 860
  • Bateria de 8720 mAh

Preços

6GB + 128GB: 349 euros (299 euros em preço promocional)
6GB + 246GB: 399 euros


Mi Smart Projector 2

Conhecida mundialmente não só pelos seus smartphones, outro produto apresentado durante o evento foi o Mi Smart Projector 2, um projeto portátil.

  • Pesa apenas 1.3kg
  • Até 120" em FHD
  • AndroidTV
  • Google Assistant
  • Netflix
  • Preço de 599 euros


Xiaomi Mesh System AX3000

Uma das principais soluções atualmente para conexão e gerenciamento de redes WiFi é a tecnologia Mesh. Ela criar pontos de conexão de maneira inteligente e é recomendada principalmente para ambientes maiores e com diversos dispositivos.

Utilizando este conceito, a Xiaomi anunciou hoje o AX3000, um kit que vem com dois pontos de acesso por padrão e traz compatibilidade com o WiFi 6.


Mi Smart Band 6 NFC

A Mi Band 6 não é um produto novo, a grande novidade aqui é o NFC, para pagamentos por aproximação. Além disso, a compatibilidade com Alexa, assistente de voz da Amazon.

 

User img

Neri Neto

O universo geek faz parte do dia a dia, da vida, deste jornalista. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neri Neto é responsável por conteúdos diversos no Mundo Conectado. Ele adora tecnologia, cinema, games e descobriu ainda na infância que a linguagem dos vídeos seria perfeita para falar de tudo que ama.

Vem aí as Smart TVs 4K baratinhas da Amazon! O que esperar? Fire TV OS + Prime Video + Alexa

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.