Verificação em duas etapas: O que é e por que você deve utilizar
Créditos: Reprodução/ serpro

Verificação em duas etapas: O que é e por que você deve utilizar

A verificação dificulta bastante que uma conta ou aplicativo seja hackeado

Leitura Rápida

  • Verificação em duas etapas é um jeito de manter as suas redes sociais com dupla segurança
  • Isso evita que pessoas má intencionadas tenham acesso à sua conta
  • O processo é simples e diminui drasticamente o nível de invasões nas contas

Diariamente pessoas má intencionadas se apropriam de contas dos usuários, com isso a necessidade uma medida de segurança, assim surgiu o sistema de verificação em duas etapas, ou dupla autenticação, que solicita um código de verificação e hoje é comum em vários aplicativos e softwares, especialmente de internet e enviados para o smartphone. O mais comum é em redes sociais, mas endereço de e-mails e até os dispositivos móveis são alvos de ataques e adotaram a dupla autenticação. Geralmente o processo de ativação é bastante simples e vem através de um código ou senha enviado para o smartphone ou e-mail. Isso reduz drasticamente que contas sejam hackeadas, clonadas e roubadas, situações comuns n o Whatsapp, Facebook, Youtube, Twitter, entre outras redes sociais, aplicativos e games populares.

Dentre as empresas que oferecem a solução está o Facebook, que compreende também a rede social Instagram e o app de mensagens WhatsApp. A Google também permite que seus usuário protejam sua conta, bloqueando acesso no próprio Android. A Apple é outra companhia que ajuda seus usuários a proteger suas informações. 

Muitos usuários não realizam as ações disponíveis. O motivo, muitas vezes, é a falta de informação sobre o processo. A verificação em duas etapas faz com que as contas fiquem ainda mais seguras. A sua ativação é muito importante e pode evitar diversos problemas futuros. Aqui vamos explicar o que é a verificação e qual a sua importância.

O que é verificação em duas etapas

Um dos modos encontrados para tornar as contas mais seguras foi a verificação em duas etapas. Esse sistema é um mecanismo extra de defesa. O seu objetivo é ter mais uma etapa de verificação, para bloquear invasões de pessoas má intencionadas às contas dos usuários. 

O nome é "verificação em duas etapas" por precisar de dois códigos de verificação diferentes. O primeiro é, geralmente, a senha do usuário, precisando de um segundo código de segurança para acessar a conta. Alguns aplicativos, como o WhatsApp por exemplo, não demandam senha, mas enviam um código por SMS. Além desse código, outra modo de validação é enviado antes de acessar a conta. 

O acesso da verificação em duas etapas funciona como uma senha temporária extra. Ela geralmente é enviada por SMS, E-mail, código via app, ou outro contato que o usuário tenha habilitado, que seja de sua preferência. Depende de cada app o modo de validação da senha pode ser diferente. 

Continua após a publicidade

A verificação é optativa e deve ser feito manualmente pelo usuário

A verificação em duas etapas é oferecida diretamente pelo aplicativo ou site, em alguns casos, até através de aplicativos autenticador específicos como o Google Authenticator ou o Authy por exemplo. Cada rede social, ou outra plataforma, disponibiliza esse formato de segurança extra. Ela é optativa e é necessário que o usuário faça o processo manualmente.

Uma vez ativa, sempre que a conta é acessada em um novo dispositivo, a verificação é ativada. O usuário precisa conceder o acesso para permitir que um dispositivo desconhecido tenta acessar a conta. Apenas depois da autorização é possível ver os conteúdos da conta.

Como utilizar dupla verificação

Como mencionado, cada app ou site disponibiliza essa opção. Geralmente, para habilitar a opção, é necessário acessar "Configurações" e ir até "Segurança". Dependendo do sistema, os passos para ativar a opção pode ser um pouco diferentes.

É preciso localizar a opção "Verificação em duas etapas" ou "em dois fatores", que estará disponível nas configurações de segurança. Basta seguir os passos indicados na tela e oferecer dados atualizados. Caso a plataforma usada não tenha essa opção, possivelmente ela não oferece a opção de segurança.

No caso de solicitação de senhas por SMS, certifique-se de estar cadastrando um número de celular o qual seja ativo. Caso perca o acesso a este contato faça a alteração imediatamente nos sistemas. O mesmo vale para e-mails e outros formatos, já que eles serão utilizados para receber o código de validação para possibilitar logar na conta.

Dica: mantenha os contatos atualizados

Isso é importante pois, caso queira trocar o dispositivo no futuro, a confirmação será enviada para os contatos cadastrados. Caso o usuário não tenha mais acesso, é possível que a conta não possa ser recuperada. 

Continua após a publicidade

Onde ativar a verificação em duas etapas

Hoje a maioria dos apps já disponibiliza a opção de verificação em duas etapas. Algumas já são mais conhecidas, como no WhatsApp, mas outros não são muito divulgados. Vale ativar essa opção sempre que possível, ou verificar nas configurações de novas contas se há a opção.

Alguns lugares onde ativar a verificação em duas etapas

Para ativar essa opção é bastante simples e rápido. Não impede o uso em outros dispositivos, apenas vai solicitar a confirmação para maior segurança. Uma única vez feito o processo, fica ativo para sempre, ou ao menos até que seja desabilitado.

Qual a importância de ativar a verificação

Caso ainda não tenha sido convencido, vamos a alguns dados. Segundo um levantamento feito pela startup PSafe, apenas em setembro de 2020, mais de 473 mil brasileiros foram vítimas de clonagem de WhatsApp. Esse número é equivalente a 15 mil contas clonadas por dia. Esse número poderia ser menor que a metade, caso os usuários utilizassem a verificação em duas etapas.

A verificação é uma barreira extra na invasão de contas. Sempre que alguém tentar invadir a conta, além do código de verificação comum, um segundo fator é enviado para uma conta do usuário instantaneamente e você poderá trocar a senha para evitar maiores complicações. Por esse motivo, é muito mais difícil que a conta seja clonada. 

Nunca, em hipótese alguma, os códigos de verificação devem ser enviados para qualquer pessoa

 

Vale destacar que nunca, em hipótese alguma, os códigos de verificação devem ser enviados para qualquer pessoa. Muitos golpes entram em contato via ligação com as vítimas. A pessoa diz que um código de validação será enviado para confirmação de alguma promoção, ou vantagem. O usuário passa, sem prestar atenção no que diz o código, e perde imediatamente o acesso à sua conta. 

Uma dica importante é desconfiar sempre que um contato suspeito pede qualquer informação pessoal. Para algumas dicas de como manter seu WhatsApp seguro acesse este artigo.

Via: SerPro
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Drone Autel EVO II Pro chega ao Brasil - Câmera 6K, 40 Minutos e 9Km [UNBOXING]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.