Thunderbolt 4: entenda o que muda e quais as melhorias no padrão
Créditos: Reprodução/LarryJordan

Thunderbolt 4: entenda o que muda e quais as melhorias no padrão

Apesar de não ficar mais rápido, ele será consideravelmente melhor

Leitura Rápida

  • O Thunderbolt 4 deve se consolidar em 2021
  • O novo padrão não traz maiores velocidades de transmissão de dados, mas oferece muitas melhorias
  • Uma delas é a possibilidade de conectar até 2 monitores 4K ou um 8K
  • Também oferece até 100W de energia para carregar notebooks
  • Aumenta a segurança com proteção DMA contra ataques Thunderspy
  • Consegue fazer melhor integração entre computadores

A Intel anunciou o padrão Thunderbolt 4 em janeiro de 2020. A empresa, logo no início, já deixou bastante evidente que o novo padrão não traria maiores velocidades, mas que aprimoraria muito o uso. Em julho do mesmo ano, a companhia explicou o que os seus usuários podem esperar da atualização - e é isso que vamos detalhar por aqui. A nova conexão busca ser um padrão de conexão para tudo, de drives de armazenamento de dados, até monitores.

Thunderbolt 4 - anúncio Intel

Vale lembrar que outro padrão que está sendo atualizado é o USB 4. Ele usou o Thunderbolt 3 como base para fazer os incrementos necessários. Você pode ter todas as informações sobre ele neste link. É interessante entender como os dois irão coexistir e quais as diferenças entre ambos.


Padrão Thunderbolt

 

Para começar, é necessário entender o que é o padrão Thunderbolt. Ele é uma parceria entre a Apple e a Intel, que tinham o objetivo de fazer um padrão mais rápido e eficiente, comparado ao USB. Apesar de ser a iniciativa de duas empresas privadas, ambas abriram mão dos royalties (valor pago pelo uso de um produto), tornando-o livre para o uso. 

Thunderbolt é uma parceria da Intel e Apple livre para uso

 

Continua após a publicidade

O primeiro Thunderbolt foi introduzido em 2011 e logo se tornou o padrão da Apple. Ele está presente na maioria dos notebooks da empresa da maçã lançados depois do ano citado. Em 2021, o padrão completa 10 anos no mercado e, comemorando a data, é esperado que a versão 4 esteja amplamente disponível para os clientes. 

Suas principais vantagens, em relação ao USB, eram diversas. Ele oferecia maior velocidade de banda; possibilidade de enviar e receber informações de forma bidirecional; permitia a execução de vídeos; fazia a interconexão com diversos dispositivos do mercado; entre outros fatores. 

Novidades

Um monitor 8K ou DOIS 4K

 

Como já mencionado, a velocidade de transmissão do Thunderbolt 4 não foi alterada. Apesar disso, o novo padrão traz alguns aprimoramentos importantes. Um dos primeiros é o suporte para até dois monitores externos de resolução 4K. Antes, era possível conectar apenas um. Ele ainda pode ser usado, de forma única, em um monitor 8K. 

Ele também pode ser usado com uma conexão PCI-Express de 32 Gbps. Isso é uma vantagem muito grande para usuários que pretendem conectar a GPUs dedicadas/externas ao gabinete. Apenas usando o Thunderbolt 4 essa transmissão será possível. Lembrando que o cabo é compatível com USB 4, podendo ser usado para outros fins.

Continua após a publicidade

Resumão: Novidades Thunderbolt 4

  • Suporta velocidade total de 40 Gb / s com cabos de até 2 m de comprimento;
  • Suporta dois monitores 4K e/ou um monitor 8K;
  • Suporta  PCIe de 32 Gbps para velocidade de armazenamento de até 3.000 MB/s;
  • Fornece pelo menos uma porta de 100W de energia para carregar notebooks;
  • Permite "acordar" computadores (OU SEJA, Tirar o PC do modo de hibernação por meio de um simples toque no teclado ou mouse quando conectado a um dock Thunderbolt.);
  • Oferece proteção a ataques do tipo DMA (acesso direto à memória) e Thunderspy.

Outro aprimoramento importante é a possibilidade de carregar um notebook de até 100W. Além disso,  ele também redefine os padrões de segurança. Agora, ele oferece proteção DMA (verifica integridade dos códigos que estão sendo reproduzidos no acesso direto à memória). Isso torna mais difícil da máquina ser atacada por arquivos corrompidos. 

A Intel ainda destaca que está implementando suporte para conectores e docks com até quatro portas Thunderbolt 4. Tudo isso é feito através da mesma porta USB Tipo-C que já é usada atualmente e que será padrão com a adoção do USB 4.

Benefícios

A Intel informa que o Thunderbolt 4 usa todas as inovações já apresentadas com o Thunderbolt 3. A empresa destaca que foca nas necessidades de constante aprimoramento da indústria. Não apenas a velocidade é importante, mas também a adequação a novas tecnologias e novidades gerais da indústria. 

O objetivo, tanto do padrão USB quanto do Thunderbolt, é tornar um cabo verdadeiramente universal. O USB Tipo-C chega para tornar essa entrada única. Isso permite mais facilidade no dia a dia do usuário, porque não é necessário manter uma caixa com diversos tipos de conexões. Apenas uma pode ser usada para vários propósitos. O esperado é que, com os anos, as opções mais antigas comecem a desaparecer.

Lembrando também que a velocidade de 40 Gb/s foi mantida. Isso é suficiente para fornecer conexão para telas e também energia, através de um único cabo. A Intel destaca que esta é a especificação Thunderbolt mais abrangente que já foi lançada. O motivo é a sua compatibilidade com os demais padrões da indústria, sendo eles: USB 4, DisplayPort, PCI Express (PCIe), Thunderbolt 3 e anteriores e conexões USB antigas.

Em suma, sua maior vantagem é a universalização dos padrões. Com apenas um cabo será possível fazer trocas de diversas informações. Elas podem ser desde energia, conectando para carregar seus dispositivos móveis, até transmissões de vídeos e áudio em telas de altíssima qualidade.

Thunderbolt 4 e USB 4

O padrão USB 4 e Thunderbolt 4 irão coexistir e não substituirão um ao outro

Uma das grandes preocupações dos novos padrões - Thunderbolt 4 e USB 4 -, é tornar os cabos universais. Portanto, eles serão compatíveis. A diferença é que o novo padrão da Intel consegue oferecer mais opções que o USB, além de ser uma opção mais completa. 

17/01/2021 às 16:20
Artigo

USB 4 - Tudo sobre a nova conexão que finalmente pode padroni...

O USB 4 vai aumentar a banda e tornar a conexão idêntica ao Thunderbolt

O Thunderbolt 4 faz aprimoramentos na geração anterior. O USB 4, por sua vez, usa as tecnologias implementadas no Thunderbolt 3 como base. Isso indica que a tecnologia USB já está um pouco atrasada em relação ao atual padrão. Apesar disso, elas coexistem e não substituem uma a outra.

Outro cuidado que foi tomado é em relação a entrada usada. Tanto o USB 4 quanto o Thunderbolt 4 usam o USB Tipo-C. Esse modelo já é usado no Thunderbolt 3 e está presente em uma série de equipamentos. Alguns dos mais comuns são as entradas de carregamento de smartphones lançados nos últimos anos. 

Quando o Thunderbolt 4 chega?

Segundo a Intel, controladores Thunderbolt 4 série 8000 deveriam chegar até o final de 2020. A empresa promete que os hosts JHL8540 e JHL8340 serão disponibilizados para as fabricantes envolvidas no processo de produção de novos computadores, notebooks, acessórios, periféricos e todos os demais. 

A empresa fala que "PCs e acessórios equipados com portas Thunderbolt 4 também devem estar disponíveis até o final do ano [2020], incluindo lançamentos em notebooks com especificações Projeto Athena da Intel." 

Alguns dispositivos já estão oferecendo suporte para a nova conexão. A ASUS, por exemplo, já disponibiliza a entrada em seu notebook ultraleve ExpertBook B9 B9400. Apesar disso, ainda há poucas empresas lançando novidades com o novo padrão.

Em 2020 e ainda em 2021, muitos setores da indústria foram afetados pela pandemia de Covid-19, enfrentando problemas para a fabricação. Isso foi muito forte no setor de tecnologia, que apresenta atrasos em vários setores. Este ano é muito provável que cada vez mais aparelhos forneçam o suporte para o Thunderbolt 4.

Via: 9to5mac, GSMArena Fonte: Intel
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Unboxing do XIAOMI 11T: câmera de 108MP, ótima tela, carregamento rápido e preço justo

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.