Suporte do Adobe Flash Player ACABOU - Veja o que acontece
Créditos: Divulgação/Adobe

Suporte do Adobe Flash Player ACABOU - Veja o que acontece

O Flash Player vai deixar de ser suportado em uma série de navegadores em 2021

Leitura Rápida

  • O Adobe Flash Player vai parar de ter suporte em 31 de dezembro de 2020
  • A própria Adobe recomenda que os seus usuários encontrem outra ferramenta para substituí-la
  • A partir de janeiro de 2021 muitos navegadores não vão suportar a ferramenta
  • Não será reproduzidos conteúdos desenvolvidos com Flash na maioria dos parceiros
  • A Adobe também não irá mais disponibilizar atualizações e nem patches de segurança
  • O recomendado é que, quem ainda tenha o sistema em seu computador, o desinstale até o final do ano

Agora é oficial, suporte ao Adobe Flash Player está definitivamente encerrado. Nesse artigo falamos sobre esse player que teve um papel importante na internet, mas que se tornou desnecessário com a chegada de novas linguagens.

Há cerca de três anos a Adobe anunciou que iria encerrar o suporte para Flash Player em 2020. A data correta foi o dia 31 de dezembro, último dia do ano de 2020. Após o encerramento, alguns leitores estão se questionando como isso irá nos impactar. Os patches de segurança está se encerrado. Com isso, a própria ferramenta tende a desaparecer.

Anuncio do fim do suporte da Adobe

Os usuários que ainda usam o Flash devem substituí-lo por opções mais recentes. Não serão ofertadas novas versões do sistema. Atualizações gerais, correções e adaptações também não serão fornecidas. Os navegadores já estão encerrando o seu suporte. Isso indica que, ao passar dos anos, a tendência é que o Flash Player suma. 

Adobe Flash Player

O Flash Player é uma plataforma multimídia, capaz de manipular vetores e gráficos. Ele é utilizado para criar textos animados, desenhos e até mesmo alguns pequenos vídeos e áudios que são disponibilizado online. Seu principal uso é em jogos simples e também em pequenas propagandas publicitárias.

Ele foi criado pela Macromedia e, comprado posteriormente pela Adobe. Ele fez parte, desde então, do pacote da empresa. Todo o suporte e desenvolvimento é responsabilidade dela. O Flash foi muito popular entre desenvolvedores web, na década de 2000, uma vez que permitia criações rápidas e simples, mas de alta qualidade. 

Continua após a publicidade

O Flash está sendo substituído por linguagens mais recentes, como o HTML5

Apesar de ser muito útil por um período, ele foi ficando sem muita utilidade desde que a linguagem de programação web HTML5 começou a se popularizar. Isso porque na própria base do sistema é possível fazer as mesmas funções que o Flash faz. Mesmo estando presente em empresas parceiras, como Google, Facebook e Microsoft, por exemplo, não fazia mais sentido investir na plataforma.

Os usuários começaram a ficar cada vez mais escassos, com uma queda cada vez maior. Segundo informações da Google, em 2014 80% dos usuários de desktop do Chrome visitavam um site com Flash todos os dias. Já em 2017, ano em que foi anunciado o fim do suporte ao Flash, a porcentagem caiu para 17% e, continua caindo desde então. Por esse motivo, em 2017 a Adobe anunciou que descontinuaria o Flash Player. A data final para que isso aconteça é o dia 31 de dezembro de 2020. 

Fim do suporte ao Flash Player

Como mencionamos anteriormente, o fato da Adobe encerrar o suporte para Flash Player não é uma novidade. O tempo que levou para desabilitar foi proposital, para que não apenas os usuários se adequassem, como os programadores e desenvolvedores.

Isso significa que, a Adobe entende que a função do Flash Player está ficando obsoleta. Assim, investir em constante suporte é um esforço em vão, que não ajuda no avanço do sistema. 

Apesar disso, a Adobe prometeu que iria continuar emitindo patches de segurança regulares para o Flash Player, até o final de 2020. Ou seja, a plataforma vai continuar existindo e será segura em atualizações que acontecerem até o último dia do ano. Depois disso, não é mais recomendado o seu uso.

Continua após a publicidade

A Adobe recomenda que os desenvolvedores que utilizam essa ferramenta a encontrar uma similar e mais recente

 

Outra situação é de que, conforme a data final se aproxima, mais navegadores e sistemas parceiros vão parar de dar suporte para o Flash. A sua aplicação ficará cada vez mais restrita. A Adobe recomenda que os desenvolvedores que utilizam essa ferramenta a encontrar uma similar e mais recente. 

Implicações na prática

O suporte vai ser encerrado totalmente no final de 2020. Apesar disso, fica a critério de cada usuário se vai querer desinstalar o sistema, ou não. A Adobe recomenda fortemente a desinstalação, para manter o computador seguro e atualizado.

Os desenvolvedores que ainda usam o Flash devem atualizar a plataforma para uma mais recente

A própria empresa já identificou e está notificando os usuários de Flash desde outubro de 2020. A Adobe deixa bastante explícito que "o conteúdo baseado em Flash será bloqueado para execução no Adobe Flash Player após a Data EOL."

Então, na prática, apenas os desenvolvedores que ainda usam o Flash Player serão atingidos. Os usuários comuns, que tem acesso aos navegadores padrão, não verão muita diferença. Ainda será possível realizar as mesmas ações, a diferença será apenas a plataforma usada.

Flash Player em parceiros

A Adobe conta com parceiros importantes, que forneciam suporte para o Flash Player. Com o anúncio da descontinuidade, muitos deles já anunciaram as mudanças que farão em suas plataformas. 

Microsoft Edge:

A Microsoft já confirmou que vai encerrar o suporte na mesma data que a Adobe, dia 31 de dezembro. A partir de janeiro de 2021 o Microsoft Edge não irá reproduzir nenhum conteúdo criado com a plataforma. Por padrão, o Flash já está desabilitado no navegador. Apesar disso, é possível usá-lo, caso o usuário queira. 

Além disso, a gigante de softwares também confirmou que está tomando medidas para remover o Flash Player do próprio Windows, sistema operacional mais usado em PCs. 

Apple Safari

A versão 14 do Safari, também é a última disponibilizada, já não consta mais com o suporte ao Flash Player. Portanto, mesmo antes do suporte ser encerrado pela Adobe, a ferramenta já não consegue mais ser visualizada por usuários do navegador da Apple.

Facebook developers

O Facebook declarou apoio a mudança e, informou que os desenvolvedores podem contar com o HTML5 para migrar os seus jogos. Assim, não haverá danos para as criações já existentes, apenas uma mudança de forma de desenvolvimento. 

Não foi mencionado que o suporte deixará de existir a partir do último dia do ano. Apesar disso, há uma forte recomendação de que os desenvolvedores concluam a migração o mais rápido possível.

Google Chrome 

O Google Chrome já emite avisos de que o Flash deixará de ser suportado há anos, desde que o anúncio da Adobe foi enviado. Ele não está instalado como padrão e, os usuários que queriam ter acesso, precisavam solicitar e declarar que estavam cientes que o suporte deixaria de existir. 

Assim como outros parceiros, a partir de 2021 o Flash não poderá mais ser executado no navegador da Google. A gigante de tecnologia também destaca os benefícios de plataformas abertas mais recentes, em relação a opção oferecida pela Adobe. 

Mozilla 

O Mozilla já vem mitigando as opções de uso do Flash Player desde o anúncio da Adobe, em 2017. A empresa já removeu a opção como padrão há muito e não permite a instalação em versões mais recentes. Mesmo nas opções mais antigas no navegador, o suporte encerra em 31 de dezembro de 2020.

Flash Player de terceiros

Uma possibilidade seria baixar o Flash Player de terceiros. A Adobe destaca em sua publicação que esses downloads são fontes de malwares e podem causar danos irreversíveis para os usuários. A empresa também não recomenda essa ação.

Além disso, mesmo que seja um terceiro confiável, não terá suporte para os principais parceiros da Adobe. Seria um risco, além de um grande esforço, em vão. Como mencionado no comunicado da Adobe, a instalação de softwares terceiros é totalmente responsabilidade do próprio usuário. 

Será possível usar o Flash Player?

É possível usar, mas ele não será exibido para o usuário. Se for em aplicações não comerciais, que não tenham o objetivo de atingir um público, o usuário ainda vai poder usar o recurso, mas dificilmente esse será um uso prático. 

Apesar do indicado para os usuários ser desinstalar a plataforma, fica a critério de cada um se deseja manter o Flash em seu computador. Lembrando que, sem o suporte da Adobe, vulnerabilidades podem ser exploradas por pessoas má intencionadas.

Fonte: Adobe, Microsoft
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Huawei Band 6: unboxing e breve comparativo com a Honor Band 6

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.