Widgets no iOS - Finalmente a Apple implementou um recurso importantíssimo para seu sistema

Widgets no iOS - Finalmente a Apple implementou um recurso importantíssimo para seu sistema

Ferramentas certamente mudarão o sistema operacional, mas estão atrasadas em relação aos rivais

Leitura Rápida

  • Apple vai implementar os widgets na tela inicial com o iOS 14 e iPadOS14.
  • Recurso é novidade para os usuários de iPhone, mas está chegando tarde.
  • As novidades sugerem que o sistema operacional da Apple pode melhorar notavelmente daqui pra frente.
  • Versão Beta do iOS 14 será disponibilizada em julho.

A Apple Worldwide Developers Conference (WWDC) 2020 está sendo realizada esta semana, entre 22 e 26 de junho, e um dos maiores destaques até então foi a apresentação do novo sistema operacional iOS 14. Dentro do sistema, uma das grandes "inovações" é a chegada de um recurso que várias pessoas podem não gostar, outras sempre desejaram, e é muito importante para as empresas que trabalham com o mercado mobile: os widgets para "tela inicial". Atenção que coloco a palava "inovação" entre aspas para tratar dessa implementação no smartphone da Apple, pois, como vários usuários de aparelhos celulares já notaram, isso é uma "novidade" que já está em outros sistemas - e destaque para o seu maior rival, o Android - há bastante tempo.


Widgets no iOS

Vamos começar pelo início, e explicar rapidamente como esse recurso já bastante disseminado entre usuários de Android funcionará nos aparelhos da maçã. A função básica dos widgets é mostrar informações úteis aos donos de smartphones já na tela inicial, sem precisar entrar em cada aplicativo para receber os dados desejados - e não teria porque ser diferente no iPhone. 

Esta é a maior atualização já feita na tela inicial dos iPhones

 

22/06/2020 às 18:45
Notícia

Apple revela o iOS 14 com novo design para a tela inicial, wi...

Nova versão do sistema está disponível a partir de hoje como Beta para desenvolvedores

Os "boxes" poderão ser movidos e fixados em qualquer página da tela de início, em diferentes tamanhos . A assistente digital do iPhone, Siri, por exemplo, será exibida como um pequeno widget a partir do update, mostrando resultados na parte superior da tela como se fossem notificações - nada de cobrir o display todo. Ligações também seguirão essa mudança. Ao final dessas telas, estará a Biblioteca de Apps, novo espaço que organizará automaticamente todos os apps em uma visualização única.

Continua após a publicidade

Os widgets do iOS também podem ser organizados em um "Conjunto Inteligente", que reúne diversos widgets em um único espaço e utiliza o aprendizado do aparelho para exibir informações relacionadas ao widget pertinente com base no horário, localização e atividade do usuário. De acordo com o comunicado à imprensa da própria Apple, esta mudança, junto com o pacote iOS 14, é a maior atualização já feita na tela inicial do iPhone até hoje. E é importante mencionar que essa "reforma" vale tanto para o sistema de smartphones quanto iPadOS 14.

Como adicionar os widgets na tela

Para posicioná-los, bastará tocar e segurar qualquer espaço vazio na tela inicial, entrando no modo de edição. Feito isso, é só clicar no ícone "+", no canto superior esquerdo, para revelar a página de widgets, escolher o tamanho desejado e arrastar para a tela. Você pode optar por formatos que ocupam o espaço de 04, 08 ou 16 ícones, para blocos grandes que trazem bastante informação. O Conjunto Inteligente, que agrupa vários widgets em camadas utilizando a mesma área na tela inicial está disponível apenas no formato retangular, ocupando 02 linhas de ícones e 04 colunas, substituindo o espaço de 08 apps no total - ao menos, na primeira versão beta liberada para os desenvolvedores, a qual estamos testando.

Você também poderá mover um widget da tela "Visualização Hoje" para a tela inicial.

Widgets poderão ser usados da mesma forma tanto nos iPhones 6s e superiores quanto no iPad.

 

Observação:  o Conjunto Inteligente também pode ser utilizado com widgets em formato quadrado, porém ele não é ativado nativamente, Ou seja, para empilhar widgets menores que o espaço de 08 apps, é preciso realizar o empilhamento manualmente - juntando de 02 por 02 . Novamente, essa opção não é encontrada, até então, nos modos "arrastando" ou "adicionar" nativos.


Por que widgets são importantes?

Continua após a publicidade

Considera-se hoje que a palavra "widget" nasceu da mistura entre “window” e “gadget” - e é isso que eles são em essência: recursos extras / componentes visuais que outros sites, apps e empresas criam para que você utilize serviços e conteúdos na sua interface - nesse caso, os aparelhos Apple. Eles criam de fato um caminho mais fácil / acessível / prático para aplicativos, oferecendo uma interface gráfica inteligente que já mostra parte do conteúdo do software na tela principal, e são ferramentas bastante citadas no estudo de marketing digital quando falamos de divulgação.

Nesse sentido, não será de surpreender se empresas que já possuem aplicativos nos dispositivos Apple começarem a investir  ainda mais em seus próprios widgets para os aparelhos - além, claro, de novos parceiros e apps. No entanto, é de se esperar que esse recurso chegue inicialmente através de aplicativos já nativos dos iPhones e iPads - e, certamente, a Apple deve planejar uma série de melhorias em seu sistema para que a experiência com widgets esteja "a altura" dos seus smartphones, já que o iPhone possui um nome extremamente forte no mercado mundial.

Uma informação interessante para desenvolvedores aqui é que, para utilizar a ferramenta, será preciso refazer seus widgets do iPhone para que que eles funcionem na tela inicial, já que o formato apresentado na tela "Visualização Hoje" é diferente do que a Apple está implementando

22/06/2020 às 18:59
Notícia

Apple lança iPadOS 14 com novos widgets e apps reprojetados

Nova versão do sistema operacional ainda vem com reconhecimento para escrita à mão e mais

Mas a parte boa disso é que esse mesmo código poderá ser reutilizado na próxima versão do macOS.  A Apple diz que mudou isso pois os novos widgets são atualizados de acordo com a sua programação e, portanto, consomem menos bateria.

Motivos para usar widgets no seu dispositivo:

- Colocam informações "na sua cara", te atualizando mesmo quando você não está necessariamente procurando a informação - destaque para listas, clima, calendário, etc.
- Facilitam o uso de certos recursos em determinados apps.
- Podem economizar bateria.
- São um recurso interessante para divulgação de serviços.
- Personalização do iOS: cada usuário poderá customizar o iPhone de acordo com seu estilo e perfil de uso.


Organização Dinamizada

Além dos widgets, a Apple está implementando uma série de novidades para customizar e "dinamizar" a experiência e organização do usuário na tela dos iPhones. Dos maiores destaques, podemos citar também a Biblioteca de Aplicativos (já mencionada rapidamente) e o "novo" Picture-in-Picture - dos quais tratarei um pouco mais a fundo agora.

Biblioteca de Apps

Até então, uma diferença entre os iPhones e telefones Android era que os aparelhos da Apple não necessariamente possuiam uma "tela inicial" - os aplicativos baixados iam sendo fixados nas páginas, que iam se multiplicando. Mais recente, foi implementado o sistema de pastas, mas esse também acabou se tornando demorado, dependendo do número de aplicativos que o usuário mantém. A solução mais rápida, então, era realizar uma Busca - e esse recurso foi trabalhado no iOS 14.

Agora, é possível esconder telas de aplicativos. A Biblioteca se torna um "balde onde ficam todos os seus apps", e você pode decidir quantas "páginas" quer que apareçam e quais quer esconder. Assim, o usuário pode ver apenas seus apps essenciais o tempo todo, enquanto outros secundários serão encontrados pela Busca -  alternativa que também já era encontrada de forma semelhante no Android.

"Isso significa que sua tela inicial pode ter duas ou até três maneiras de encontrar seu aplicativo: em um ícone que você colocou, na Biblioteca de Apps ou até em um widget." - The Verge

 

Picture-in-Picture

Outro ponto que traz uma "nova cara" para o iPhone é a compatibilidade para Picture-in-Picture, recurso que permite manter uma mídia de app ou chamada de vídeo ativa e na tela (imagem e/ou som), enquanto o usuário navega por telas secundárias - WhatsApp, Galeria, e-mail, etc.

Aplicativos que já suportam Picture-in-Picture no iPhone:

25/06/2020 às 08:30
Notícia

iOS 14 vai notificar uso de câmera e microfone em apps com lu...

Medida reforça o compromisso da empresa com segurança e privacidade dos usuários

- Amazon Prime Video;
- Apple TV+;
- Netflix;
- Safari.

Observação: esse recurso não está disponível no aplicativo nativo do Youtube (pois a própria plataforma oferece isso como funcionalidade Premium paga), porém existe uma forma de utilizá-lo: abrindo o Youtube no Safari (navegador nativo da Apple).


Muito bom!...mas só agora?

Como o The Verge menciona, um lado positivo da Apple ter segurado "mudanças drásticas" na tela inicial de seus smartphones é a ideia de "zona segura" que ela oferece, sendo simples e confiável. "Não importa a bizarrice que um aplicativo joga em você, sempre é possível pressionar o botão de início (ou deslizar para cima) para ir até um espaço seguro". O iPhone e o iPad têm uma tela dedicada para widgets há anos, mas apenas em 2019 a empresa passou a permitir que os usuários do iPad fixassem uma coluna de widgets na tela inicial.

11/09/2019 às 19:29
Artigo

Opinião: o iPhone 11 é o fim da Apple como inovadora nos smar...

Novidades já estavam presentes no Android, e empresa ficou devendo apresentar algo novo

No entanto, não podemos deixar de lado o fato de que isso são implementações bastante "atrasadas" - não querendo dizer ultrapassadas, mas que, literalmente, chegaram tarde . Por exemplo: os widgets podem ser colocados em três tamanhos no iPhone, assim como no Windows Phone, e podem ser colocados de maneira a combinar os outros ícones e pastas em uma grade limpa - assim como no Windows Phone. Eles ganham pontos pelo design moderno e elegante, para manter o "visual Apple", mas não é algo novo. O sistema Android implementou os widgets em 2008, para se ter uma noção melhor de tempo.

Além disso, o sistema Android já possui o recurso "Picture-in-Picture" e traz uma gaveta de apps como a Biblioteca desde que foi lançado. Basicamente, não temos grandes inovações se olharmos o grande contexto de mercado, mas os usuários de aparelhos Apple certamente terão diferenças com as quais se acostumarem.


A versão para desenvolvedores do iOS 14 já está disponível para membros do Apple Developer Program e uma versão Beta aberta ao público será lançada no mês que vem, julho. Se tudo correr como planejado, os novos recursos chegarão em definitivo  e de forma gratuita ainda este ano para usuários de iPhones 6s e posteriores, através de uma atualização de software.


Fique ligado!

Muito em breve adicionaremos um vídeo nesse artigo tratando mais a fundo sobre todas essas funcionalidades do iOS14!

 

Fonte: Apple NewsRoom (1), (2), The Verge, Gadgethacks, A Bíblia do Marketing Digital:[...], Vortigo, Lifehacker
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Certificação indica que Galaxy S21 Ultra terá bateria de 5000mAh

Certificação indica que Galaxy S21 Ultra terá bateria de 5000mAh

Samsung também estaria planejando lançar o Galaxy S21 Ultra com uma S Pen


Veja como customizar o widget de pesquisa do Google no Android

Veja como customizar o widget de pesquisa do Google no Android

O próprio Google dá algumas opções para modificar o widget de pesquisas padrão


Wigdet de buscas da Google chega ao iOS 14

Wigdet de buscas da Google chega ao iOS 14

Usuários terão acesso a pesquisas por voz e digitação diretamente na tela inicial


O iOS 14 vai deixar seu iPhone mais rápido? Veja comparativo com versões anteriores!

O iOS 14 vai deixar seu iPhone mais rápido? Veja comparativo com versões anteriores!

Um teste bem completo de performance compara diferentes gerações do iOS, desde o 10!


Samsung estaria desenvolvendo ISOCELL Vizion, seu próprio sensor 3D ToF

Samsung estaria desenvolvendo ISOCELL Vizion, seu próprio sensor 3D ToF

Tecnologia tem como principais aplicações uso em Realidade Aumentada e no Modo Retrato