Abertura de câmera, megapixel, resolução... O que isso importa para minha foto?
Créditos: plugmais | Zoom

Abertura de câmera, megapixel, resolução... O que isso importa para minha foto?

Entenda o porquê de várias empresas destacarem essas informações e por que são importantes

Leitura Rápida

  • Pixel é o menor "pedaço" de uma imagem digital.
  • Quanto maior o número de pixels, maior o volume de informação armazenada e nível de qualidade de uma imagem.
  • Quanto mais megapixels, mas detalhes a imagens apresenta.
  • Um sensor que suporte uma grande quantidade de megapixels não é sinônimo de imagens melhores.

Com o passar do tempo, o nicho da tecnologia - destaque para o setor mobile - tem entrado em uma corrida para descobrir que aparelhos tem as melhores câmeras do mundo. Smartphones, drones, câmeras de ação, máquinas fotográficas no geral - todos esses dispositivos, quando lançados, dão bastante importância para essas especificações (quantidade de megapixels, abertura de câmera, velocidade de obturador, etc.), e muitos consumidores escolhem o que comprar com base nelas.

13/05/2020 às 19:15
Notícia

Conheça os vencedores e finalistas do prêmio BigPicture: Natu...

Todos serão apresentados na exposição fotográfica anual BigPicture, no final do nosso inverno

Porém, muita gente se pergunta, em algum momento da vida, por que essas coisas são importantes e quais são seus benefícios. O que são megapixels e por que mais parece sempre melhor; o que uma abertura de câmera maior ou menor representa e o que ela muda na imagem capturada; por que estamos, atualmente, em uma corrida pelas maiores resoluções (por enquanto, foco em 8K e 108MP).

Nesse artigo, vamos justamente nos aprofundar em alguns conceitos básicos da fotografia, enquanto relacionamos esses elementos ao avanço de algumas tecnologias no geral. Confira a seguir:


Megapixel (MP) e Resolução

O que é um pixel?

O pixel é o menor "pedaço" de uma imagem digital. Capa pontinho luminoso - ou quadrado, ou linha, depende da imagem - tem uma cor específica posicionada em um ponto da tela em determinado momento para criar as fotos, vídeos e interfaces que vemos funcionando na rotina (ufa). O termo, inclusive, deriva da expressão em inglês "picture element" (em português, elemento da imagem).

A cor de cada pixel, tratando-se de uma tela virtual, é resultado da mistura de três cores: vermelho, verde e azul (ou Red, Green, Blue - o famoso RGB). Cada uma dessas cores possui 256 tonalidades que, quando combinadas, podem oferecer mais de 16 milhões de opções para cada pixel (16.777.216 para ser exata). 

Continua após a publicidade

Uma imagem de tamanho 800 x 600 pixels na internet, por exemplo, é composta por 480 mil pixels totais - 800 pixels de largura multiplicados por 600 pixels de altura. Quanto maior o número de pixels, maior o volume de informação armazenada e nível de qualidade dessa imagem.

Quanto mais pixels, maior a qualidade de uma imagem

 

No entanto, é importante saber que unidade de medida se deve usar para falar de pixels. Eles, por exemplo, não estão ligados aos centímetros - vão variar de tamanho de acordo com a quantidade de pixels por polegada (ppi)


Resolução

Partindo da base em que vários pixels formam uma imagem, ao combinar um determinado número desses elementos na largura e altura de uma composição, temos o que chamamos de resolução. Quanto mais pixels uma imagem tiver, então, maior a resolução e mais visualmente próxima da realidade ela será. Resolução, então, é a quantidade de pixels que forma determinada imagem, sendo marcada na horizontal x vertical. 

Quanto maior a resolução, mas próxima da realidade uma foto é visualmente

 

Continua após a publicidade

Como calcular o tamanho certo da minha imagem para ter uma boa resolução?

Existe uma fórmula para isso - e é até simples. Por convenção, temos que uma boa resolução é a que apresenta 300 pixels por polegada (300 pixels a cada  2,54 cm de área).  Assim, o cálculo é o seguinte, sendo L o número de pixels na largura e A o número de pixels na altura da imagem definida :

(L / 300) x 2,54 = Xcm de largura
(A / 300) x 2,54 = Ycm de altura


Padrões de resolução mais comuns

As resoluções tem pequenas variações de acordo com a proporção de tela do aparelho
.

- VGA: 640 x 480 pixels;
- QVGA: 320 x 240 pixels;
- WVGA: 800 x 480 pixels;
- SVGA / Super VGA: 800 x 600 pixels;
- XGA: 1024 x 768 pixels;
- WXGA: de 1152 x 768 pixels a 1366 x 768 pixels;
- HD / 720p : 1280 x 720 pixels;
- qHD: 960 x 540 pixels;
- full HD (FHD ou 1080p): 1920 x 1080 pixels;
- QHD (WQHD): 2560 x 1440 pixels.
- 2K: 2048 x 1080 pixels;
- 4K (UHDTV ou QFHD): 3840 x 2160 pixels;
- 8K: de 7680 x 4320 pixels a 10080 x 4320 pixels (depende da proporção do aparelho).

Resoluções com 720 pixels ou mais sempre podem ser consideradas High Definition (HD)

 


Megapixel

Por fim, nessa parte, quando falamos de megapixel (MP), é normal lembrarmos das inúmeras opções de câmeras fotográficas profissionais ou de smartphones disponíveis no mercado. O iPhone 11 tem um sensor de 12MP, o Galaxy Note 10 conta com 16MP e o Huawei Mate 30 esbanja um sensor de 40MP na sua configuração tripla. Até o momento que esse artigo está sendo desenvolvido originalmente, o grande destaque vai para os sensores de 108MP, que já conseguem capturar um "volume" incrível de detalhes a cada imagem. Porém, o que, afinal, significa essa nomenclatura?   

Pois bem, um megapixel representa um conjunto exato de 1 milhão de pixels. Uma imagem de 5 megapixels, então, é composta por 5 milhões de pixels.

Como já mencionamos, quanto mais pixels uma imagem tem, maior será sua qualidade - e maior será o número de detalhes disponíveis no momento da captura. Com essa breve explicação, já começamos a perceber o porquê de várias empresas destacarem principalmente as configurações de câmera dos seus produtos. Um sensor capaz de capturar imagens de 12MP, por exemplo, entregará menos detalhes que uma câmera de 24MP, que entregará menos que os 48MP e assim vai...

12/02/2020 às 19:00
Artigo

Guerra de pixels: por que a câmera de 108MP do Galaxy S20 Ult...

A Samsung está introduzindo uma nova tecnologia nesse sensor: o Nona Binning 3x3

Cada câmera possui um sensor capaz de captar a luz sobre os objetos e transformar esta informação em pixels, gerando uma imagem digital. Assim, mesmo que a quantidade de pixels captada seja alta, a foto pode sair ruim caso o sensor disponível não seja potente e não consiga transformar tantos pixels com boa qualidade - às vezes, sai pior do que usando uma câmera com quantidade menor de megapixels e mesmo sensor.

Então, uma câmera com mais megapixels é melhor?

Quanto menor o divisor (1/3 ou 1/2,6), maior e melhor é o sensor da sua câmera.

Sim e talvez não. Um sensor que suporte uma grande quantidade de megapixels não é sinônimo de imagens definitivamente melhores. Claro, é um fator bastante importante, mas existem outras N características e recursos trabalhando juntos para entregar suas imagens finais - tamanho do sensor e, por consequência, tamanho dos pixels, processador, abertura do obturador, etc. Inclusive, falaremos de mais uma dessas variáveis adiante.

A resolução afeta o tamanho da imagem e não a qualidade. Ou seja, nos dá uma noção do quanto podemos aumentar essa foto sem perder nitidez.

Além disso, como já mencionei algumas vezes até aqui, mas não custa repetir, a quantidade de pixels/resolução ideal para sua foto depende de qual utilidade ela terá. Uma impressão de foto "normal", para um álbum, certamente precisa de bem menos megapixels que um banner.

Outro ponto é que sua foto de 48MP pode ter vários detalhes a mais que uma imagem de 12MP, mas certamente ela também ocupará mais espaço de armazenamento. Quem trabalha com fotografia para a internet, por exemplo, sabe que não é necessário ter tantos megapixels no produto final, e diminuir esse número (o que também podemos chamar de "otimizar") salva bastante lugar no cartão de memória, HD ou outro drive escolhido. Nesse cenário, com uma quantidade menor de pixels, as imagens serão mais leves e carregarão mais rápido.

Você pode entender isso um pouco melhor comparando as informações das imagens abaixo:

Quanto mais pixels em uma imagem, mais espaço ela ocupa no dispositivo

 


Abertura de câmera / diafragma

Fotografia é controle e captura de luz

 

Voltando um pouco aos conceitos básicos da fotografia, fotografar significa controlar a exposição de luz no sensor (ou filme) por um determinado tempo. As três variáveis que cuidam dessa exposição são:

18/05/2020 às 19:34
Notícia

BBC compartilha fotos de seus sets vazios durante a pandemia

Rede de televisão britânica compartilhou mais de 100 fotos

- Velocidade do obturador (quanto tempo o sensor fica exposto);
- Abertura do diafragma (quanta luz entra); e
- Ajuste do Índice de Sensibilidade a Luz (ISO)

Nesse artigo, vou focar na segunda variável, ou seja, na abertura do diafragma da câmera (que muitos conhecem apenas por abertura de câmera).

Minha câmera tem um diafragma???

Sim. O diafragma de uma aparelho fotográfico é o mecanismo que controla a intensidade de luz que atinge o sensor. Diminuindo o tamanho real da objetiva (abertura), é possível diminuir a luminosidade que entra pela lente.

O tamanho da abertura é cuidadosamente calibrada através de números "f" sempre múltiplos, e essas mudanças também definem a intensidade de desfoque do segundo plano de uma imagem.

A escala de aberturas quase universal utilizada para padronizar os níveis de exposição é:

Escala cheia: f/1; f/1.4; f/2; f/2.8; f/4; f/5.6; f/8; f/11; f/16; f/22; f/32; f/45 e f/64

 

Nem todas as câmeras abrangem os dois extremos dessa escala, e cada uma tem seus limites - tanto máquinas fotográficas quanto câmeras de smartphone. Vejamos o exemplo de uma Nikkon 50mm f/1.8D. Sua escala é:

- f/1.8; f/2; f/2.8; f/4; f/5.6; f/8; f/11; f/16 e f/22.

Tudo bem, e o que isso tem a ver com minhas fotos?

Bastante coisa. Números "f" maiores representam aberturas menores de câmera. Ou seja, quanto maior o número "f", menos luz atingirá o seu sensor - isso enquanto estamos falando de uma mesma velocidade do obturador. Sobre desfoque, um número "f" menor, com diafragma mais aberto, vai entregar fotos com o segundo plano mais desfocado (nesses casos, o cuidado com o foco é crucial). Diafragma fechado dá maior nitidez ao todo da fotografia.

Observação importante:  Tratando-se de lentes grande angulares como dos smartphones ou drones, que possuem capacidade de regular a abertura, elas serão importantes para o controle de luz, mas não terão quase nenhuma influência no desfoque de fundo. 


Levando isso em consideração, uma das principais regras (e coisa que os smartphones podem fazer automaticamente) é a seguinte: diafragma e obturador andam juntos e são inseparáveis. Quanto maior a abertura do diafragma, menor será a velocidade do obturador/tempo de exposição.

Para quem curte tirar fotos no modo manual, saber disso ajuda muito, pois, dependendo do clima, você deve deixar o diafragma mais aberto ou fechado. Em dias muito ensolarados, por exemplo,é melhor diminuir a quantidade de luz que entra na sua câmera para não ter fotos "estouradas" (quando a luz acaba se tornando uma mancha branca). Em compensação, não são dias propícios para capturar imagens com segundo plano desfocado.

Abaixo, você confere duas fotografias, ambas com velocidade do obturador em 1/500s. Tratando-se do diafragma. a primeira imagem estava em f/1.5 e a segunda em f/2.4:


Conclusão

18/05/2020 às 16:49
Notícia

Sony revela sensor Intelligent Vision capaz de processar IA n...

Pensada para o mercado corporativo, tecnologia deve chegar aos consumidores no futuro

Mesmo que você seja um fotógrafo profissional, entusiasta ou apenas um usuário comum de câmeras e smartphones, é bastante importante saber o básico na hora de capturar uma cena engraçada ou emocionante. Afinal, como aprendemos no curso de jornalismo, o "click perfeito" não acontece duas vezes, e devemos estar preparados para arrumar configurações e clicar na hora certa. Acredite, leva algum tempo até se acostumar com essas regrinhas e entender tudo isso, mas, com a prática, fica até fácil.

Outro ponto importante é que, sabendo o que megapixel e resolução significam, além do que outras características influenciam na sua câmera, a compra se torna mais "rápida" e prática. Afinal, você já sabe o que precisa e sabe o básico para encontrar o produto ideal.

Usei alguns smartphones como exemplo no texto, mas as informações se aplicam para qualquer celular ou máquina fotográfica. Você pode ficar ligado aqui no Mundo Conectado para mais artigos como esse em breve.


Caso encontre alguma informação equivocada ou saiba algo que deva entrar nesse artigo, não deixe de comentar nessa publicação ou nos enviar uma mensagem através do "report de erro"!

 


Fontes utilizadas

- ADA: O que é Megapixel e qual a sua influência na qualidade de uma imagem? https://ada.vc/2018/05/14/o-que-e-megapixel/
- BBC: Por que celular com câmera de mais megapixels não significa fotos melhores. https://www.bbc.com/portuguese/geral-49965713
- FotografiaMais: O que é Pixel? Saiba Tudo Sobre o Pixel na Fotografia. https://fotografiamais.com.br/o-que-e-pixel/
- InfoEscola: Megapixels. https://www.infoescola.com/fotografia/megapixels/
- InfoWester: Resoluções HD, full HD, 4K, 8K e mais. https://www.infowester.com/resolucoes.php
- LIMA, Ivan. A Fotografia é a sua Linguagem. Rio de Janeiro: Espaço e Tempo, 1988.
- Superinteressante: O que é um pixel? https://super.abril.com.br/mundo-estranho/o-que-e-um-pixel/ 
- Zoom: O que é megapixel? https://www.zoom.com.br/camera-digital/deumzoom/o-que-e-megapixel
+ Meu caderno de fotografia da faculdade.

User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Coretronic demonstra tecnologias inovadoras para drones que internet 5G vai permitir

Coretronic demonstra tecnologias inovadoras para drones que internet 5G vai permitir

Transmissões em 4K em tempo real e realidade virtual estão entre os principais benefícios


Conheça os incríveis ANIMAIS ROBÔ (curiosamente realistas) da Festo Bionic

Conheça os incríveis ANIMAIS ROBÔ (curiosamente realistas) da Festo Bionic

Equipe de pesquisa global mostra que é possível misturar natureza e tecnologia de maneiras inovadoras


Manual revela que Canon EOS R5 superaquece rapidamente filmando em 4K e 8K

Manual revela que Canon EOS R5 superaquece rapidamente filmando em 4K e 8K

Menos de 40 minutos filmando em 4K e depois um longo período de espera pra filmar de novo


Nova patente da Xiaomi mostra telefone 5G com câmera 108MP Ai Super zoom e tela dupla

Nova patente da Xiaomi mostra telefone 5G com câmera 108MP Ai Super zoom e tela dupla

Na contramão do que temos visto, a chinesa pode apostar em uma única e poderosa câmera


Canon apresenta EOS R6 - câmera mirrorless com 20MP e suporte a 4K 60FPS

Canon apresenta EOS R6 - câmera mirrorless com 20MP e suporte a 4K 60FPS

A opção mais barata da nova linha apresentada pela Canon oferece muitos recursos