Mavic Air 2 vs Mavic Air - Pelos mesmos $799 novo drone é MUITO superior

Mavic Air 2 vs Mavic Air - Pelos mesmos $799 novo drone é MUITO superior

Novo modelo chega pouco mais de 2 anos após seu antecessor como um dos melhores drones ja lançados

A DJI lançou o drone Mavic Air 2 no dia 27 de abril 2020, modelo que tem especificações dignas de melhor drone do mercado para quem procura um produto de alta qualidade para fotos e vídeos, com valor abaixo de $1000 dólares. Em uma série de artigos, vamos mostrar quais as diferenças entre o novo Mavic Air 2 e alguns outros drones da DJI, começando pela comparação entre os dois modelos "Air" : primeiro, de 2018, e o recém lançado, no dia 27 de abril - ambos com o mesmo valor de US$ 799 na versão básica.


O Mavic Air quando lançado, em 2018, inovou por melhorar ainda mais o conceito compacto e dobrável do Mavic Pro, mas sem perder qualidade, já que trazia uma câmera 4K com uma ótimo resultado em vídeos e também em fotografia. Além disso, ele trouxe um sensor de 12MP, design compacto, sensores de presença na parte da frente, atrás e embaixo, autonomia de voo de 21 minutos, distância de controle de 4Km, e título de primeiro drone da linha "Mavic" com Active Track (tecnologia que faz o drone seguir algum objeto definido pelo usuário que depois virou comum em vários produtos concorrentes), e outras funcionalidades.

27/04/2020 às 22:30
Notícia

DJI Mavic Air 2 é lançado por $799 dólares - 4K 60FPS, 10Km, ...

Sensor de 48MP, vídeos em 4K 60FPS, 34 minutos de voo e distância de controle de 10Km são destaques

O preço por isso? US$ 799 - valor bastante competitivo para um drone da qualidade DJI. Mas, não se engane: dias antes do lançamento do novo modelo, curiosamente, ele custava US$ 919 na DJI Store americana, valor mais alto do que quando lançado - algo bastante incomum para a grande maioria de produtos, independente de que tipo ele for. Agora logicamente esse valor já caiu sendo que o modelo antigo virou "ultrapassado" frente ao novo.

Artigos separados comparando o novo Mavic Air 2 com outros modelos DJI virão em breve!

O Mavic Air 2 chega trazendo grandes avanços sobre a primeira geração, alguns desses melhores do que tecnologias de modelos mais robustos e caros como os da linha Mavic 2. Talvez a única tecnologia que não avançou muito foi a quantidade de sensores de presença, mesmo com melhora da tecnologia implementada, continua nas mesmas posições do Mavic Air de primeira geração, provavelmente para não canibalizar ainda mais as vendas do Mavic 2 que certamente acontecerá.

O primeiro drone para consumidores com sistema de segurança contra aviões e helicópteros

 

Nesse artigo, vou listar as principais mudanças entre a primeira geração do Mavic Air e o novo Mavic Air 2, que também é o primeiro drone de consumo do mundo a trazer sensores ADS-B, que detectam aviões e helicópteros - um grande avançou no quesito segurança que, em um futuro breve, deve ser algo obrigatório em drones com GPS. Isso se a legislação proposta pelo órgão americano FAA não definir diretrizes bem diferentes do que é segurança.

Continua após a publicidade

REMOTE ID para DRONES - Regulamentação pode mudar completamente


Fotos e principais specs

Começamos com algumas especificações e fotos dos dois modelos - primeiro do Mavic Air 2, e, em seguida, do Mavic Air de primeira geração.

Mavic Air 2 (2020) - Site de downloads
- Preço no lançamento: $799 dólares (standard) / $988 (Fly More)
- Sensor 48MP
- Vídeos em 4K 60FPS
- Voa por até 34 Minutos
- Distância de controle até 10Km
- Sensores frontais, traseiros e embaixo
- Active Track 3.0
- Hyperlapse 8K
- Peso de 570 gramas
- Tamanho fechado: 180 x 97 x 84mm
- Tamanho aberto: 183 x 253 x 77mm


Mavic Air (2018) - Site de downloads
- Preço no lançamento: $799 dólares
- Sensor 12MP
- Vídeos em 4K 30FPS
- Voa por até 21 Minutos
- Distância de controle até 4Km
- Sensores frontais, traseiros e embaixo
- Active Track 1.0
- NÃO TEM MODO Hyperlapse
- Peso de 430 gramas
- Tamanho fechado: 168 x 83 x 49mm
- Tamanho aberto: 168 x 184 x 64mm


O que mudou?

O Mavic Air 2 melhorou em vários aspectos (em tudo, na verdade), como já era esperado. Autonomia, distância de controle, qualidade de transmissão entre drone e smartphone, sistema de voo, etc. Vou detalhar essas melhorias abaixo:

AirSense - Sensores ADS-B

O Mavic Air 2 é o primeiro drone da DJI a trazer a tecnologia AirSense, que consiste em um sensor ADS-B, utilizado em aeronaves como aviões e helicópteros. Sendo assim, o drone que trouxer suporte conseguirá informar ao piloto se alguma aeronave está próxima. A DJI utilizou uma estratégia, lançando 2 modelos: um com e outro sem o sensor - provavelmente devido ao preço que esse tipo de novidade acrescenta no valor final do drone.

Continua após a publicidade

Entenda como funciona a tecnologia DJI AirSense

Em 2019, a DJI tinha anunciado que todo drone acima de 250 gramas lançado a partir de 2020 traria essa tecnologias, mas seria uma mudança drástica e provavelmente, como já destacado, é algo que afeta diretamente o preço. Logo, medir como uma novidade assim se comporta através de diferentes modelos é uma estratégia que pode ser mais interessante.

Ainda não sabemos quando a versão com o sensor chegá ao mercado. Por enquanto, apenas a versão sem essa tecnologia está sendo comercializada.


Câmera

A câmera deste drone talvez seja o maior destaque, trazendo melhorias importantíssimas e até inesperadas ao meu ver, sendo o primeiro modelo desse segmento de custo com um sensor de 48MP. Aliás, o primeiro da linha Mavic.

Para nível de comparação, o primeiro Air tem sensor de 12MP, igual ao Mavic 2 Zoom. O Mavic 2 Pro, com sua câmera Hasselblad, traz um sensor de 20MP. É importante deixar bem claro uma coisa relacionada ao tamanho do sensor, algo que eu reforço sempre em meus artigos e análises: se especificação fosse garantia de melhor produto, teríamos no mercado uma infinidade de marcas entregando produtos ótimos por preços baixos, mas não é tão simples. Então, aparentemente, apesar do sensor do Mavic Air 2 ser bem maior que o do Mavic 2 Pro, na prática o resultado não necessariamente vai ser melhor em todos os casos. Isso depende de outras especificações e, mais do que tudo, do resultado prático. Falaremos mais disso em breve, em uma análise do drone e de sua câmera.

O primeiro Mavic a gravar vídeos em 4K 60 FPS (quadros por segundo)

Ele também é o primeiro drone da linha Mavic a gravar vídeos em 4K 60FPS, um avanço muito importante que vai agradar muito usuários profissionais, especialmente quem precisa de imagens em maior velocidade. A mesma câmera também trava vídeos em câmera lenta com 240 FPS na resolução FullHD.

E, por fim, o modo Hyperlapse agora grava vídeos em 8K. Mas, destaco aqui que o processo é feito através de fotos, que vão sendo capturadas em intervalos de tempo e geram um vídeo no final - comum em todos os dispositivos de fotografia atualmente.


Autonomia de voo

A autonomia de voo subiu de 21 minutos para 34 minutos, mais do que 60% - é um mundo de tempo! Todos que tem um drone sabem o quanto a autonomia de voo faz diferença. Quem tem um Mavic Air de primeira geração deve ter a autonomia como uma das maiores criticas, especialmente no cenário atual com vários modelos alcançando 30 minutos ou mais.

Destaco aqui que essa métrica é um pouco mentirosa, já que normalmente a autonomia real fica ao menos uns 10% abaixo do que as empresas "vendem" como máximo alcançado. Em testes que fizemos com o Mavic Mini em uma sala fechada, ele ficou voando por pouco menos de 27 minutos - novamente, em uma sala fechada, parado, sem forçar e sem nenhum vento, situações que atuam diretamente contra o tempo de autonomia de voo.


Distância de controle

A distância de controle foi outra característica que teve uma mudança radical, quase na mesma proporção que a autonomia de voo. O Mavic Air de primeira geração voava até 4km de distância, enquanto o novo Mavic Air 2 dobra isso e chega até 10Km - o primeiro Mavic a voar tão longe.

Um aumento tão alto, a princípio, só é possível trocando a forma como o drone se comunica com o controle. No Mavic Air lançado em 2018, assim como acontece com o recente Mavic Mini, o sistema de conexão limita a distância de controle, além de deixar a conexão mais sensível a interferências. Isso quer dizer que, voando em locais urbanos, a tendência é acontecer muita queda de conexão - em minha opinião, o maior problema do Mavic Air.

Como o novo modelo alcança 10Km de distância de controle, provavelmente a DJI mudou o sistema de conexão para a mesma tecnologia do Mavic Pro e dos modelos Mavic 2, mas com otimizações. Com isso, além de possibilitar que o drone voe mais longe, melhorou significativamente a estabilidade de conexão e também, a qualidade de imagens enviadas da câmera para o smartphone conectado, saltando de 720p para 1080p.


Controle

O controle também teve uma mudança radical em cima de todos os outros controles de menor porte da DJI. São duas grandes mudanças: uma onde o smartphone fica conectado e outra no tamanho. Começamos pela posição do smartphone, que agora fica na parte de cima, diferente de todos os demais modelos das linhas Mavic e também do Spark. Com essa mudança, alguns dos botões também tiveram que ser reposicionados, ficando na parte de traz o botão para tirar fotos ou começar um vídeo, além do controle para a câmera descer e subir. Reparem também que na parte frontal superior direita, tem um botão que alterna em modo foto e vídeo.


Tamanho e peso

O Mavic Air 2 é um Mavic 2 com tamanho menor quando se trata de aparência, porém ele é maior do que o Mavic Air de primeira geração - tanto fechado como aberto. E isso que dizer, claro, maior que o Mavic Mini também. Em tamanho, ele ficou no meio do Mavic Mini e Mavic 2.

O drone de tamanho e peso perfeito para a grande maioria dos usuários

O peso também aumentou, saltando de 430 gramas para 570 gramas. Particularmente, vejo isso de uma forma bem positiva, porque continua bem abaixo das 907 gramas do Mavic 2 Pro, mas tem mais autonomia. E esse peso maior que o do Mavic Air de primeira geração, aliado a motores mais potentes, vai garantir voos mais eficientes mesmo em situações de vento forte - sempre um grande problema para drones leves.


O que não mudou

Acho que a única coisa que não mudou foi a quantidade de sensores. O modelo de 2018 e o novo tem os sensores nas mesmas posições - frente, embaixo e atrás.

Claro que falar que não mudou pode ser forte demais, mas digo relacionado as posições, já que a tecnologia dos sensores pode ter recebido melhorias, como é de se esperar. Lembro ainda que a DJI anunciou no inicio desse ano que seus novos sensores Livox custam apenas 5% dos produtos concorrentes. Sendo assim, talvez não tenha adicionado mais por uma questão de estratégia dentro de sua linha de modelos, evitando competição com o Mavic 2 e seus sensores em todas as direções, mas é um drone que já passa a perder em vários cenários para o novo Air 2.

Mais uma coisa que não mudou, e que foi muito bom diante das várias melhorias, é o preço do drone: os mesmos US$ 799 de quando o Mavic Air foi lançado. Alguns sites falam que esse preço é US$ 120 abaixo do Mavic Air de primeira geração, mas essa diferença é em cima do preço atual que esse drone custa, mais caro do que quando anunciado por $799 - eventualmente os preços mudam por causa de promoções, e as vezes, como aconteceu, até sobem. Fato é que, considerando o preço de lançamento da primeira versão, ambos tem o mesmo preço.


Vale a pena a troca?

Nem tem como questionar. O avanço está entre os maiores já feitos dentro de uma linha de produto. O novo Mavic Air 2 não é apenas um avanço gigante sobre a primeira geração, mas também sobre os modelos da linha Mavic 2 - até então, a melhor para quem buscava um drone com o que existe de melhor em tecnologias.

Para quem busca um produto com alta qualidade em fotos e vídeo, ele é certamente a melhor opção do mercado. Mesmo que, em alguns cenários, o Mavic 2 Pro e sua câmera Hasselblad entreguem um resultado melhor, na grande maioria dos casos o novo Mavic Air 2 com seu sensor de 48MP e suporte a vídeos em 4K 60 FPS possibilitam melhorias consideráveis para o público mais exigente - ao menos é o que se espera.

Logicamente, como falei, as especificações são impressionantes, mas quem manda mesmo é o resultado prático e isso só fazendo uma análise para comprovar. Esperamos que aconteça o quanto antes, se a pandemia ajudar no processo de envio do drone pra nossa redação.

Preços

Preço no lançamentoU$ 799,00 27/04/2020U$ 799,00 23/01/2018
Preço atualizadoR$ 9.000,00 18/07/2020R$ 6.000,00 27/04/2020

Ficha Técnica

PlataformaDrone Drone
Link oficialLinkLink

Características

Autonomia de voo34 Minutos21 Minutos
Capacidade da bateria3500 mAh2375 mAh
Distância de controle10000 metros4000 metros
Resolução de transmissão1080p 720p
Velocidade máxima68 Km/h68 Km/h
Resolução de vídeo4K 60FPS, 1080p 240FPS, 720p 480FPS, ISO 100-6400 (manual), HDR, 120Mbps 4K 30FPS, 1080p 120FPS, 100Mbps, ISO 100-3200
Formato dos vídeosMP4/MOV (H.264/MPEG-4 AVC, H.265/HEVC) MP4/MOV (H.264/MPEG-4 AVC)
Sensor da câmera48MP, 1/2", f/2.8, HDR, ISO 100-3200 (manual), 8000x6000px 12MP, 1/2.3” CMOS, f/2.8, ISO 100-1600 (auto) 100-3200 (manual)
Formato das fotosJPEG/DNG (RAW) JPEG/DNG (RAW)
EstabilizaçãoGimbal de 3 eixos (pitch, roll, yaw) Gimbal de 3 eixos (pitch, roll, yaw)
Sensores de detecçãoFrontal, traseiro, inferior Frontal, traseiro, inferior
Sensor ADS-BVersão COM e SEM NÃO
Armazenamento de dados8GB interno, Micro SD até 256GB 8GB Interno, Micro SD até 128GB
Controle por gestosNÃO CONTROLE E COMANDOS
Live StreamNÃO SIM
GPSSIM SIM
Tamanho guardado180 x 97 x 84 mm168x83x49 mm
Tamanho aberto183 x 253 x 77 mm184 x 168 x 64 mm
Peso montado570 gramas430 gramas
ExtrasActiveTrack 3.0, APAS 3.0, OcuSync 2.0, 8K Hyperlapse, DJI Fly Active Track, Quickshots, SmartCapture

Abaixo, a review que fiz do Mavic Air aqui no Mundo Conectado:

User img

Fabio Feyh

Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Mundo Conectado escreve artigos e análises de gadgets relacionados a fotos e vídeo, como drones e action cams.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

Diferente das análises que normalmente fazemos, essa escolhemos um local especial


Foto sugere um possível drone da DJI para FPV Racing [Rumor]

Foto sugere um possível drone da DJI para FPV Racing [Rumor]

Empresa já possuía kit com controle e óculos para a categoria


Update do DJI Mavic Air 2 traz novos recursos cinematográficas e desvio de obstáculos

Update do DJI Mavic Air 2 traz novos recursos cinematográficas e desvio de obstáculos

A atualização está sendo distribuída aos poucos para os usuários


DJI Fly versão 1.1.6 corrige travamentos e melhora estabilidade no iOS

DJI Fly versão 1.1.6 corrige travamentos e melhora estabilidade no iOS

A atualização traz maior estabilidade para o app e outras melhorias


Phantom 4 Pro voa até 10 km de distância nos EUA após atualização de firmware

Phantom 4 Pro voa até 10 km de distância nos EUA após atualização de firmware

Firmware v01.00.52.00 aumenta a distância de voo e melhora imagem da câmera