TUTORIAL: Instalando o Windows 10 em um drive USB

Aplicativos possibilitam instalar o Windows em pendrive, HD/SSD externo e até cartão de memória

Você sabia que é possível fazer facilmente uma instalação do Windows 10 ou outra versão do sistema operacional da Microsoft em um drive externo? Essa instalação pode servir para diversas finalidades, especialmente em uma emergência, podendo ser utilizado até em outros computadores. Nesse artigo vou mostrar como instalar o Windows 10 em um pen drive, SSD ou HD externo e até mesmo em um cartão microSD utilizando os aplicativos RuFusWinToUSB. Caso por algum motivo seu sistema não inicie mais, poderá usar esse drive que criou para ajudar a resolver o problema.

DOWNLOAD do Rufus
DOWNLOAD do WinToUSB

Adicionamos um tutorial em vídeo ao artigo

 

O aplicativo que vamos usar como base é o Rufus, referência principalmente por ser de graça e por trazer funções avançadas. Ele traz três funções em destaque, gravar uma imagem em um drive USB, gerar um drive USB de boot DOS e também gerar um drive de boot com Windows, porém nesse último existe a possibilidade de simplesmente gerar uma mídia de instalação, ou também instalar o Windows em um drive USB, que é o que mostraremos nesse tutorial.

Além do Rufus, outro aplicativo bem legal para instalar o Windows em um drive USB é o WinToUSB, mas diferente do Rufus ele é um aplicativo do tipo freemium (a versão completa custa $29,95 dólares para uso em dois computadores), ou seja, tem funções de graça e outras que são ativadas apenas quando é adquirida uma licença. O principal motivo de destacar ele nesse artigo é que com o WinToUSB é possível clonar um Windows já instalado para um drive USB, com isso todas as configurações, personalizações, softwares instalados etc serão copiados para o drive USB, e isso é muito bom.

Mas o WinToUSB traz algumas limitações bem chatas na versão free. Ele não permite o processo com o Windows 10 Pro por exemplo. Também gera limitação com configuração de boot UEFI entre outras, mas ainda assim funciona muito bem usando o clone em modo de partições MBR, que até funciona em máquinas mais recentes, desde que o usuário faça uma mudança na BIOS do computador parta aceitar esse padrão, já em computadores mais antigos, vai funcionar sem nenhuma alteração.


Porque instalar o Windows em um drive externo?
Especialmente para situações de emergência! Se acontecer um problema crítico que o seu sistema operacional não dê mais boot(não carrega por completo), com o sistema operacional instalado em um drive externo, poderá entrar no Windows por ele e o processo para tentar recuperar o sistema, especialmente os arquivos os arquivos mais importantes, se torna muito mais fácil.

Esse processo foi facilitado pela Microsoft quando a empresa lançou a tecnologia "Windows To Go", com ela permitiu carregar o sistema operacional em um drive externo. Já com aplicativos como o Rufus e WinToUSB, o conceito funciona independentemente dessa solução da MS, como instalar o Windows 7 que ainda não suportava essa tecnologia.

Vale destacar que a Microsoft só permitia a criação de drives USB caso a instalação do Windows fosse das versões Windows 10 Enterprise e Windows 10 Education. Outro detalhe é que mais recentemente a empresa deixou de dar suporte a essa funcionalidade, logo o motivo de utilizar softwares de terceiros. Leia mais a respeito nesse post da empresa.

Continua após a publicidade

Pen drive, HD, SSD ou Cartão de memória

Não existe limitação de tipo de mídia para o processo, basta ela ter o espaço necessário, ou seja, o processo poderá pode ser feito com pen drives USB, HD e SSD externo e até em cartões microSD / SD, basta que a mídia escolhida tenha espaço para a instalação do Windows desejado. Eu testei com pen drive, hd, ssd e também microSD, sendo que esse último com armazenamento mínimo de 32GB, de 16GB não passou por falta de espaço.

No meu caso com o drive de 32GB foi necessário optar pela "opção 1", fazendo uma instalação limpa do windows nele. Acredito que será possível seguir com a "opção 3" em drives com essa capacidade também, mas desde que não tenha mais aplicações instaladas no seu computador que será a base da cópia. Como eu tinha algumas aplicações naturalmente ocupava mais espaço e gerou a limitação de falta de espaço no cartão de 32GB.


Rufus

O aplicativo é bem simples e tem apenas uma tela. Recomendo abrir ele com o drive USB que vai utilizar já conectado ao sistema. O lado positivo é que ele não mostra outros drives conectados por conexões diferentes de USB, evitando problemas.

DOWNLOAD do Rufus

Passo a passo Rufos

Na primeira tela basta selecionar o drive USB se ele já não vier selecionado. Caso tenha apenas um drive conectado como foi em nosso caso, o próprio aplicativo já fará a seleção automaticamente.

Depois selecione a imagem do Windows que vai utilizar no processo. Caso ainda não baixou nenhuma imagem, veja nosso artigo em vídeo mostrando o processo, é bastante fácil.

Continua após a publicidade

Veja como baixar imagens originais do Windows

Selecionada a imagem, depois escolha "Windows To Go" em opção da imagem, esse método faz a instalação do Windows no drive USB. A outra opção, "Instalação padrão do Windows" iria gerar um drive USB para instalar o Windows em outros computadores.

Abaixo temos duas telas, relacionado ao tipo de boot que será gerado. O Rufus oferece duas opções, GPT e MBR. Resumidamente, GPT serve para gerar drives com capacidade superior a 2TB e o suporte será apenas para computadores mais recentes com a tecnologia UEFI, já MBR será suportado tanto em computadores mais antigos como os mais recentes com suporte a UEFI, porém o sistema reconhece uma partição com no máximo 2TB, se o drive for maior do que isso, será necessário gerar uma segunda partição.

Por questões de compatibilidade, é muito melhor usar a opção MBR pelo Rufus, caso contrario pode não funciona o boot.

Opção MBR garante compatibilidade que todos os sistemas, antigos e novos

 

Para finalizar, basta escolher o nome que vai dar ao drive, no caso escolhi "Windows". Destaquei também o sistema de arquivos NTFS, mas essa opção vem por padrão. Feito isso, só clicar no botão INICIAR que começar o processo, após finalizado uma tela informa que o processo foi finalizado e já pode usar o drive para dar boot.


WinToUSB

O aplicativo WinToUSB como o nome já diz tem como principal finalidade instalar um sistema operacional em qualquer tipo de drive externo de forma simplificada através de poucos cliques. Além de instalação do Windows ele possui funções como de clone, que é muito interessante.

DOWNLOAD do WinToUSB

O aplicativo tem 3 opções:
1 - Imagem para USB: Instala o sistema operacional de uma imagem (ISO, IMG etc) em um drive externo
2 - CDROM para USB: Usa o CDROM de instalação do Windows para instalar o sistema operacional em um drive externo
3 - Disco físico para USB: Clona um sistema operacional já instalado em um computador em um drive externo

Vamos nos ater as opções 1 e 3, mas o processo é bem semelhante em todas elas.

A opção 1 consiste em uma instalação nova, você vai precisar de uma imagem do Windows 7 ou superior (clique aqui para ver como baixar), e o programa fará o processo de instalação dessa imagem no drive externo desejado. Após colocar esse drive no sistema e dar boot pela primeira vez, a própria instalação do Windows vai seguir com as configurações finais, no caso do Windows 10 mais recentes, pedindo para finalizar as configurações do sistema como o vínculo de uma conta da Microsoft se desejado, configuração do teclado e conexão com internet. Será necessário instalar todos os drivers do sistema, já que nesse processo se trata de uma instalação limpa.

TUTORIAL: Baixando Imagens do Windows e Office

Esse artigo é baseado no processo da opção: Disco rígido para USB

 

Já na opção 3: Disco físico para USB, que acho a mais interessante, é possível "clonar" o sistema operacional instalado em um computador para um drive externo, enviando junto com ele configurações, personalizações, drivers e aplicações instaladas também, ou seja, uma cópia fiel do que está instalado no computador nesse drive externo. Nesse caso fica muito mais fácil e não gera limitações com o seu computador se usar ele. Recomendo ter tudo atualizado, inclusive drivers, garantindo um funcionamento melhor.

O processo para todas as versões é bem parecido, vamos seguir com as prints da primeira versão, que usa uma imagem como base para a instalação. Uma coisa interessante aqui, é que mesmo sem registrar o Windows poderá rodar ele, com funções limitadas, ajudando no processo de resolução de um eventual problema já que as principais funções estão presentes.

Passo a passo WinToUSB

Abaixo a tela da opção 3 chamada "Disco Físico para USB", que vai simplesmente clonar o Windows que você tem instalado para o drive USB desejado. 

Na próxima tela, você deve escolher para onde vai copiar o sistema, no caso como eu tenho apenas mais um drive, ele mostra apenas essa opção disponível, o Sandisk Extreme SSD que tem análise aqui no MC. Se tivesse mais outro pen drive conectado no computador, também iria aparecer nessa lista.

Nessa tela o software em versão free só deixa escolher a primeira opção, então não tem o que fazer. Mas para esclarecimento vou explicar o que significa resumidamente as opções.

MBR é um padrão de arquivos mais antigo que limita drives com capacidade de até 2TB no máximo. Já o padrão GPT suporta formatar drivers com mais de 2TB.

O porém é que apenas o modo MBR tem uma opção de BIOS e UEFI juntos no WinToUSB, que possibilita o drive de boot funcionar em máquinas antigas e novas, mas só está disponível na versão paga. Por fim o "Manter o esquema de partições existentes" gera maior compatibilidade com o computador que está sendo a base do clone, mas também só está disponível no modo pago.

Nessa próxima tela, não é necessário nenhuma ação, basta deixar em "Legacy" e continuar. Vai ter uma mensagem de confirmação informando que todos os dados do drive USB serão apagados, basta aceitar e o processo de clone será iniciado.

Feito, clonagem finalizada e pode fechar o aplicativo e dar boot pelo drive gerado.


Pronto, agora você tem um drive externo com o Windows instalado nele. Basta conectar no seu computador e selecionar a tecla de escolha por onde o sistema vai ser carregado e escolher iniciar por esse drive que gerou.

Algumas dicas:
- As teclas para escolha de BOOT variam de acordo com o sistema, mas normalmente são: F11 ou F12 em notebooks, F8, F11 ou F12 em computadores desktop. Mas ainda pode ser outra tecla, boa parte dos sistemas mostra qual é logo que você liga o computador.

- Também é possível utilizar esse drive que gerou em outros computadores. Normalmente o Windows 10 consegue carregar sem problemas, porém pode apresentar alguma limitação ou mesmo nem rodar, já que ele foi "instalado" considerando os componentes de outra máquina. Eu fiz o drive em um computador com processador AMD soquete AM4, e também testei em em um Intel soquete LGA 1151. Funcionou normalmente em ambos.

Abaixo nosso vídeo mostrando como baixar imagens originais do Windows e outros aplicativos da Microsoft:

User img

Fabio Feyh

Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Mundo Conectado escreve artigos e análises de gadgets relacionados a fotos e vídeo, como drones e action cams.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Microsoft Edge baseado no Chromium começa a ser oferecido via Windows Update

Microsoft Edge baseado no Chromium começa a ser oferecido via Windows Update

Navegador foi lançado pela Microsoft em janeiro deste ano


Nova versão de testes do Windows 10 traz correções de bugs

Nova versão de testes do Windows 10 traz correções de bugs

Compilação 19640.1 está disponível para download através do Windows Update


Mijia Display Hanging Lamp é a nova luminária de mesa da Xiaomi

Mijia Display Hanging Lamp é a nova luminária de mesa da Xiaomi

Produto é feito para ser utilizado com monitores no espaço de trabalho ou em casa


Atualização do Windows permite desinstalar e instalar a Cortana; veja como

Atualização do Windows permite desinstalar e instalar a Cortana; veja como

Update separa assistente pessoal do sistema de busca do Windows


Windows 10 está avisando caso nova build esteja bloqueada para seu sistema

Windows 10 está avisando caso nova build esteja bloqueada para seu sistema

Para evitar instabilidade de sistemas, alguns usuários estão recebendo mensagem que a atualização de maio de 2020 está bloqueada temporariamente