Samsung Electronics 50 anos: conheça a história da gigante sul-coreana

Samsung Electronics 50 anos: conheça a história da gigante sul-coreana

A empresa que surgiu para salvar a economia de um país hoje é uma das maiores da tecnologia mundial

A Samsung Electronics está comemorando hoje, 1 de novembro de 2019, seu aniversário de 50 anos no mercado. Ela é a empresa que mais vende smartphones no mundo até então, mas também está presente em diversos outros segmentos - e é destaque em vários deles. Como o Mundo Conectado não pode deixar essa data passar em branco, vamos lembrar um pouco da história da gigante sul-coreana.

Porém, é bom começar lembrando que a Samsung Electronics não foi, originalmente, a Samsung como um todo. A parte da empresa que se dedica à tecnologia surgiu consideravelmente depois da criação da marca. Então, vamos começar do início...


História

A história da Samsung começa em março de 1938 com um homem ambicioso e 30.000 wons (algo próximo dos US$30). O jovem empresário sul-coreano Byung Chull Lee, de 29 anos na época, abre um pequeno negócio na cidade de Taegu com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento econômico e social de seu país - nesse período, a Coreia do Sul já havia se libertado do domínio japonês e era um dos países agrícolas mais pobres do mundo. Não demorou muito para que a pequena empresa de produtos como peixe-seco e vegetais entrasse no comércio e na fabricação de manufaturados - o que ajudou a diminuir a escassez de recursos do país. 

Meu sonho é salvar a Coréia através do estabelecimento de uma empresa de sucesso.- Lee Byung-Chull

Sob as consequências da Guerra da Coréia, a empresa começa a explorar produtos que poderiam substituir a importação  -  já que o país sofria com essa dependência de importados - e começa a comercializar produtos de uso diário e de baixo custo - começando pelo açúcar e a produção de lã.

Sam-Sung significa "Três estrelas". O número três refere-se a algo grandioso, enquanto as estrelas representam a eternidade. Uma empresa grandiosa, forte e duradoura.

O bom preço e a qualidade dos produtos resultou em um grande sucesso da empresa, e a Samsung dominou o mercado coreano. Em 1957, inicia seu primeiro recrutamento para funcionários - e contratou recém-formados pela primeira vez na Coreia. Um ano depois, ela assume a empresa de seguros Ankuk Fire and Marine Insurance Co. e , através de investimentos de capital e fusões, começa a diversificar cada vez mais seus negócios. No final dos anos 50, a Samsung se torna a maior empresa sem subsidiários.

A Samsung carrega a filosofia de que uma empresa é seu povo.

Já nos anos 60, a Samsung se torna a maior empresa  da Coreia. Entre 1961 e 1965, as exportações da companhia aumentam oito vezes, se tornando a líder no país. A partir de 1969, começa a investir na indústria química e mercado eletrônico - este até então subdesenvolvido. 


Samsung Electronics

A prioridade era parar a produção de peças simples para montagem e desenvolver a sua própria tecnologia. Em 1975, com o lançamento da Econo-TV,a Samsung Electronics se torna uma das fabricantes de televisão líder do mercado coreano. A primeira TV coloria da Coréia foi desenvolvida por ela - aparelho que começou a ser exportado para o Panamá em 1997. Porém, o catálogo da empresa contava com os mais diversos dispositivos  -  refrigeradores, vídeocassetes , microondas, etc. Os eletrônicos Samsung se tornam o carro chefe das exportações da Coréia do Sul.

Nos anos 80, a Samsung entra para a indústria da alta tecnologia. A crise do óleo de 1973 foi o estopim para que a empresa produzisse seus próprios componentes nacionais e entrasse mais a fundo no mercado de semicondutores - segmento em que os Estados Unidos e Japão já se destacavam.

Em 1983, a empresa decide direcionar seus negócios de semicondutores para a produção de chips de memória - atitude que representou uma virada significativa, e marcou seu nome no mercado de alta tecnologia. Em novembro daquele ano, nasce o 64K DRAM.

Em 1986, a Samsung Electronics já fazia parte do ranking de países mais avançados em fabricação de semicondutores. Em 2011,  contava com 206 filiais ao redor do mundo, tanto para distribuição de produtos quanto montagem. 


A maior do mundo

Até hoje, a Samsung aspira ser a melhor. No segmento de smartphones, ela já conquistou o título de maior fabricante do mundo em 2012.  No início dos anos 2000, a empresa já estava espalhada pelo mundo e, mesmo com alguns concorrentes bem fortes como Motorola e Nokia, conseguiu emplacar telefones que algumas pessoas podem lembrar -  X480, D500,  E1100 e Blue Earth são alguns deles.

05/10/2019 às 14:10
Análise

ANÁLISE do GALAXY NOTE 10+: Design e tela impressionantes por...

Celular oferece a experiência premium que se espera da linha, por um preço difícil de aceitar

E não há como desconectar a marca sul-coreana da sua linha mais conhecida até hoje: a Galaxy. O primeiro celular dessa família foi o Galaxy i7500, que chegou ao mercado em 2009. Porém, os verdadeiros responsáveis pelo sucesso esmagador da empresa nesse setor foram o Galaxy S2 e S3, que chegaram ao mercado em 2011 e 2012, respectivamente.

Hoje, a principal linha da Samsung já está em sua décima geração (com um pé na décima primeira) e, com especificações poderosas e câmeras de alta qualidade, seus modelos mais recentes estão no ranking de melhores smartphones topo de linha existentes. Destaque para os Galaxy S10, que iniciaram a discussão sobre o novo padrão de WiFi (o WiFi 6), e os Galaxy Note 10, que estão no Top 3 de melhores câmeras de smartphones, de acordo com o DXOMark.

Sobre chips de memória, dispositivos que consolidaram a Samsung no segmento de alta tecnologia, a companhia se tornou a terceira maior desenvolvedora do mundo já em 1984. Em 2017, destronou a Intel do lugar de número um -  título que a empresa carregava  desde 1993. 

Em 1983, começou a fabricar computadores e hoje se destaca no mercado de notebooks. Suas Smart TVs são algumas das mais procuradas do mercado, oferecendo aplicações cada vez mais modernas, incluindo recursos de Inteligência Artificial e, mais recente, resoluções que chegam ao 8K (nem conteúdo suficiente pra essa resolução toda tem!)

E além dos eletrônicos mais tradicionais, o portfólio fica cada vez mais diversificado - geladeira, microondas, ar-condicionado, máquina de lavar, smartwatches, smart-bands para todos os gostos... A lista é bem grande.


No evento de comemoração dos 50 anos da Samsung Electronics, que aconteceu hoje na sede da empresa em Suwon, mais de 400 funcionários estiveram presentes para comemorar o marco, junto com a equipe executiva da empresa. O vice-presidente Jay Y. Lee não esteve presente em pessoa, mas mandou um vídeo agradecendo aos anos de dedicação e enfatizando o compromisso de se tornar uma empresa centenária.

"Olhando para os próximos 50 anos, vamos libertar nossa imaginação e sonhar com um futuro extraordinário." - Jay Y. Lee

Nas últimas semanas, os executivos e trabalhadores da empresa em todo o mundo têm se envolvido em trabalho voluntário para retribuir às suas comunidades. As atividades incluem campanhas de doação e projetos de educação para jovens estudantes.

Aplicando nossas novas tecnologias, vamos construir um futuro mais saudável e feliz. Ao compartilhar e crescer juntos, nos tornaremos os melhores do mundo. - Jay Y. Lee

 


Esse artigo é, inicialmente, um produto datado para marcar os 50 anos da Samsung Electronics. No entanto, pretendo atualizá-lo e ir mais a fundo na história da empresa em breve. Caso tenha sentido falta de alguma coisa ou tenha alguma informação que ache pertinente adicionar, não deixe de enviar uma mensagem através do "report de erro". Nossa intenção é deixar esse texto o mais completo e correto possível.

Abaixo, seguem as fontes utilizadas:

- Samsung Electronics Commemorates Its 50th Anniversary

- DXOMark

- Historia Samsung

- Samsung: Conheça a trajetória da sul-coreana para se tornar a maior fabricante de smartphones

- The History of Samsung (1938-Present)

- Samsung - Presente - 2005

Hisense apresenta KingKong 6, smartphone com bateria gigante de 10010mAh

Hisense apresenta KingKong 6, smartphone com bateria gigante de 10010mAh

Aparelho utiliza uma capinha para atingir a quantia, sozinho ele tem 5510mAh


Mercado de câmeras fotográficas sofre queda de vendas geral em Q2 2019/2020

Mercado de câmeras fotográficas sofre queda de vendas geral em Q2 2019/2020

Os esforços e dificuldades das empresas estão bastante direcionados para as máquinas mirrorless


Samsung Galaxy A51 ganha vídeo baseado em vazamentos trazendo 4 câmeras traseiras

Samsung Galaxy A51 ganha vídeo baseado em vazamentos trazendo 4 câmeras traseiras

Imagens demonstram câmeras em formato quadrangular


Rumores apontam que drones DJI Mavic 3 Pro e Inspire 3 devem chegar em 2020

Rumores apontam que drones DJI Mavic 3 Pro e Inspire 3 devem chegar em 2020

Ainda não há informações sobre uma possível versão Mavic 3 Zoom


SpaceX lança ao espaço 60 satélites Starlink para oferecer internet espacial

SpaceX lança ao espaço 60 satélites Starlink para oferecer internet espacial

Projeto de internet global da empresa vai precisar de 12 mil satélites em órbita