Análise do Pocophone F1: Excelente performance num aparelho satisfatório e acessível

Análise do Pocophone F1: Excelente performance num aparelho satisfatório e acessível

Smartphone é uma ótima pedida para quem procura um aparelho confiável sem muitas firulas

O Pocophone F1 é um smartphone que chamou a atenção por ter sido anunciado com uma proposta que muitas pessoas sempre quiseram: ênfase na performance, mas economia nos outros recursos, para entregar um aparelho com um processador poderoso e que não fique tão caro. Nessa análise vamos comentar como ficou esse "experimento" da Xiaomi e se o smartphone vale a pena!

Link de compra na Gearbest

Preços

Preço no lançamentoR$ 1.999,00 14/06/2019R$ 1.999,00 16/08/2018R$ 2.299,00 22/06/2018U$ 269,00 10/05/2018R$ 915,00 30/01/2019
Preço atualizadoR$ 1.999,00 14/06/2019R$ 1.299,00 19/10/2019R$ 1.274,15 14/06/2019U$ 269,00 10/05/2018R$ 915,00 30/01/2019

Ficha Técnica

FabricanteXiaomi ASUS Motorola HMD Global Xiaomi
Site oficialLinkLinkLinkLinkLink

Display

Tamanho6,18 polegadas6,2 polegadas6,01 polegadas5,7 polegadas6,26 polegadas
Resolução1080 x 2246, 403 ppi 1080 x 2246, 402 ppi 1080 x 2160, 402 ppi 1080x1920, 403 ppi 1080 x 2280, 403 ppi
TecnologiaIPs LCD IPS LCD Super AMOLED IPS LCD LCD
ProteçãoCorning Gorilla Glass Corning Gorilla Glass Corning Gorilla Glass 3 Corning Gorilla Glass 3 Corning Gorilla Glass

Câmera

TraseiraDual 12MP+5MP Dual 12 MP + 8 MP 12MP + 5MP 16MP Dual 12MP+5MP
Vídeos4K 30 fps, 1080p 140 fps 2160p @ 30 FPS, 1080p @ 60 FPS [email protected], [email protected] [email protected], [email protected] 4K 30 fps ou 1080p 120 fps
Frontal20MP, f/2.0 8 MP 8MP 8MP 24MP
DetalhesTraseira 12 MP, f/1.9, 1/2.55", 1.4µm, dual pixel PDAF + 5 MP, f/2.0, 1.12µm, depth sensor Traseiras 12 MP, f/1.8, 24mm, 1/2.55", 1.4µm, PDAF, 4-axis OIS + 8 MP, f/2.0, 12mm, 1/4", 1.12µm, no AF Traseira 12 MP, f/1.7, 1.4µm, dual pixel PDAF + 5 MP, depth sensor F/2.0, phase detection autofoco, lente Carl Zeiss, flash duplo de LED Câmera traseira Dual Pixel e frontal Super Pixel 4 em 1

Especificações

Sistema OperacionalAndroid 8.1 (Oreo) Android 8 (Oreo) Android 8.1 Android 8.0 (One) Android 8.1 (Oreo)
ProcessadorQualcomm Snapdragon 845 Qualcomm Snapdragon 636 Qualcomm Snapdragon 636 Qualcomm Snapdragon 630 Qualcomm Snapdragon 660
Número de núcleos8 8 8 8 8
Clock4x2.8 GHz Kryo 385 Gold + 4x1.8 GHz Kryo 385 Silver 1.8 GHz 1.8 GHz Octa-core 2.2 GHz Cortex-A53 2.2 GHz
GPUAdreno 630 Adreno 509 Adreno 509 Adreno 508 Adreno 512
Memória RAM6 GB4, 6 GB4, 6 GB3, 4 GB4, 6 GB
Armazenamento interno64, 128 GB64, 128 GB64, 128 GB32, 64 GB64, 128 GB
Cartão microSDAté 256GB Até 2TB Até 400GB até 256GB SIM
Bateria4000 mAh3300 mAh3.000 mAh3000 mAh3350 mAh
Dimensões155,5 x 75,3 x 8,8 mm153 x 75,7 x 7,9 mm156,5 x 76,5 x 6,8 mm148.8 x 75.8 x 8.2 mm156,4 x 75,8 x 7,5 mm
Peso180 g155 g156 g172 g169 g
Portas de conexãoUSB Tipo-C, P2 USB Tipo-C USB Tipo-C USB Tipo-C USB Tipo-C
REDELTE LTE LTE LTE LTE
Tipo de cartão SIMDual Nano-SIM hibrido Dual Nano SIM Dual Nano SIM Dual Nano SIM Dual nano-SIM

Recursos

Leitor de DigitalSIM SIM SIM SIM SIM
ResistênciaNÃO NÃO NÃO NÃO NÃO
RadioSIM SIM SIM SIM NÃO
Bluetooth5.0 5.0 5.0 5.0 5.0
Carregamento sem fioNÃO NÃO NÃO NÃO NÃO
NFCNÃO SIM SIM NÃO NÃO
GPSA-GPS, GLONASS, BDS A-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO A-GPS, GLONASS, BDS NÃO Dual, A-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO, QZSS
ExtrasZenUI, reconhecimento facil Modular, compatível com Moto Snaps MIUI

Análise em vídeo

Design e Tela

O Pocophone F1 tem um design simples e discreto, como seria de se esperar, pela própria proposta do smartphone. O corpo é construído em plástico, mas com uma pintura e qualidade que me enganaram e cheguei a pensar que o aparelho era de metal. Ainda assim, ele tem um bom peso e passa uma impressão de durabilidade.

Na parte de trás encontramos o conjunto de câmeras duplas e o sensor de digitais numa combinação, no meio do dispositivo. Não dá pra dizer que seja bonito, mas também não chega a ser feio. 

Na parte de cima do aparelho encontramos seu conector analógico P2 para fones de ouvido, que não foi sacrificado mesmo com a presença do USB-C, algo que conta como um ponto positivo. 

O Pocophone F1 tem um design básico e simples, mas com bom acabamento

O design "básico" do Pocophone F1 não chega a ser uma desvantagem, mas uma tela um pouco melhor seria mais interessante. Temos aqui um display LCD básico, com bom poder de brilho e um equilíbrio de cores decente, mas nada que seja muito digno de elogios. Não há "vida" nas cores e a qualidade da imagem, no geral, não vai além do satisfatório. 

As bordas da tela não são das mais finas, se compararmos com padrões modernos de smartphones, e devemos levar em conta também a presença de um notch, que não é dos menores. Seria interessante se a Xiaomi tivesse aproveitado esse grande notch para colocar um flash frontal no aparelho, mas não temos o recurso.

Performance

É claro que este é o principal destaque do Pocophone F1. Equipado com um Snapdragon 845 e 6GB de memória RAM, o smartphone não encontra problema algum em seu funcionamento, seja no uso de apps em geral do nosso cotidiano ou na hora de rodar jogos, mesmo que sejam pesados. A navegação entre apps se dá tranquilamente, mesmo com vários abertos ao mesmo tempo. Aproveitando o tamanho da tela e a ótima performance do processador é possível também usar dois apps ao mesmo tempo, com a tela dividida, sem nenhum engasgo na performance.

Como seria de se esperar, o Snapdragon 845 não decepciona

Como sempre, testamos no aparelho dois dos jogos mais populares da atualidade: PUBG e Fortnite. Além de serem extremamente requisitados, esses jogos são um tanto pesados, então servem como um ótimo teste de performance. E como já seria de se esperar com o Snapdragon 845, o Pocophone F1 não tem dificuldade alguma em rodar esses jogos. Os games funcionam com suas configurações gráficas no alto, sem engasgos ou problemas, o que garante uma excelente experiência de jogabilidade.

Autonomia

Quando o processador tem performance "sobrando", isso ajuda também na autonomia. Contando também com uma bateria de 4.000mAh de capacidade, o Pocophone F1 não vai deixar o usuário na mão. O dispositivo costuma durar mais de um dia longe da tomada sem dificuldade e, mesmo com um uso mais intenso, não houve caso algum em que o aparelho não tenha chegado ao fim do dia ainda com bateria.

O Pocophone F1 provavelmente não vai lhe deixar na mão

Usando o aplicativo AccuBattery podemos ter uma noção em números dessa autonomia. A média de tempo para o aparelho sair dos 100% e chegar na casa dos 10% é de aproximadamente 48 horas. Em alguns casos apareceu alguns números mais surpreendentes, como mais de 50 horas, mas isso é um ponto fora da curva. Podemos assegurar uma média precisa de mais de 40 horas, ou seja, dois dias com tranquilidade.

Câmera

O Pocophone F1 tem câmeras melhores do que eu esperava. Mesmo com seu foco em performance acima de tudo, o aparelho não sacrificou a qualidade das suas fotos, vindo com um conjunto competente de sensores capaz de tirar imagens bonitas e bem satisfatórias. Temos um bom balanço de cores e luminosidade e um ótimo pós-processamento, que trabalha muito bem com a profundidade das imagens. Além disso, os detalhes são capturados de maneira precisa e confiável.

Isso se deve, em grande parte, ao uso de um processador topo de linha também, já que ele conta com um pós-processamento de maior qualidade. As fotos são tiradas de maneira ágil e eficaz e o resultado é muito interessante. O aparelho é capaz de fazer imagens com até 4K de resolução, mas aqui tratamos as fotos para não ficarem muito pesadas. Quem quiser ver uma imagem em seu tamanho original, é só clicar neste link.

O aparelho mantém sua performance satisfatória de câmera no escuro também. Com condições "mais ou menos" de luz, as fotos ainda saem muito bem e quase sem granulação, dando até a possibilidade de tentar fazer umas imagens diferenciadas, brincando com a situação da luminosidade.

Em condições piores de iluminação, onde já é exigido o uso do HDR, fica fácil borrar a foto, mas as imagens capturadas ainda se saem muito bem, com pouca granulação e perda de detalhes.

O efeito bokeh, também conhecido como retrato, é muito bem reproduzido pelo conjunto duplo de câmeras e, fugindo um pouco à regra, não fica ruim quando executado pela câmera única frontal. Aqui podemos ver novamente a vantagem da presença de um processador topo de linha no aparelho, que tem tecnologias melhores para trabalhar com as imagens e consegue entregar um efeito satisfatório mesmo sem precisar de duas câmeras.

Na parte de vídeo, o Pocophone F1 também não se sai mal. Ele é capaz de filmar em 4K a 30fps e sua estabilização da filmagem é satisfatória. Não chega a ser impressionante, mas faz um bom trabalho. As capacidades do aparelho de lidar com diferentes condições de luz e ajustar seu foco rapidamente são muito boas, e vão garantir uma filmagem de qualidade para a maior parte de seus usuários sem problemas:

Recursos e Extras

O perfil que a Xiaomi buscou com o Pocophone F1 foi o de um smartphone rápido, confiável e com preço acessível. Sendo assim, a fabricante não se preocupou muito em trazer recursos diferenciados para o aparelho. 

Ele vem com Android 9 Pie, customizado pela Xiaomi numa interface que a fabricante também chama de MIUI, mas que é um tanto diferente do que vemos em outros dispositivos da empresa. Há bem menos modificações no sistema original, começando pela gaveta de apps, que é mantida. Mas a interface já traz os serviços MI, como o fórum, a loja de apps e de temas, etc.

Tanto o sensor de digitais como o reconhecimento facial funcionam muito bem

Não há muitos outros recursos para comentarmos aqui, além da qualidade da biometria. O sensor de digitais, localizado na parte de trás do aparelho, é sensível e confiável, funcionando de maneira rápida e precisa na maior parte do tempo.

O aparelho conta também com o recurso de reconhecimento facial. No lançamento do smartphone o recurso não estava disponível para a nossa região, sendo necessário configurar o aparelho em outra região, como a Índia, para poder usar o destravamento facial. Um update mais recente liberou o recurso na região Brasil também, o que é muito bem-vindo, já que a tecnologia funciona muito bem, reconhecendo o rosto do usuário imediatamente para destravar o aparelho.

Conclusão

O Pocophone F1 é um excelente smartphone. Sua tela não é das mais bonitas e seu design não chama a atenção, mas o aparelho entrega aquilo que o usuário prático procura: uma câmera confiável, muita autonomia e ótimo desempenho. Tudo isso por um valor bastante competitivo*, que coloca o Pocophone F1 num segmento onde simplesmente não encontramos outro aparelho com tanta performance.

Notas: Xiaomi Pocophone F1
Design
8,0
Tela
8,0
Performance
10,0
Câmera
9,0
Recursos
8,0
Preço
9,0

*O "valor competitivo" se refere ao preço de menos de R$ 2.000 em que facilmente conseguimos encontrar o aparelho até o momento desta postagem. O preço de revenda oficial do smartphone por aqui vai ficar acima dos R$ 3.000, como noticiado recentemente, o que muda a perspectiva dele e os dispositivos que competem com o Pocophone F1. Essa review e suas comparações se referem ao valor inferior a R$ 2.000.

Link de compra na Gearbest

Esse é o tipo de resultado que vemos quando uma fabricante sabe exatamente para qual público está fazendo um smartphone. O aparelho perde para o Motorola Z3 em termos de display e para o Mi 8 Lite quando falamos de design, mas quem enxerga o dispositivo como uma ferramenta que deve ser prática e confiável, não é necessário pensar duas vezes antes de optar pelo Pocophone. Este não é o tipo de smartphone que você tira do bolso para se gabar para os amigos, mas é o tipo que não vai lhe deixar na mão, nem com as fotos.

O Pocophone F1 é um aparelho rápido e confiável, por um preço muito competitivo

A nossa unidade veio por importação, da Gearbest, onde é possível encontrar o aparelho por valores bem interessantes, ainda mais quando aparecem as promoções. Mas, com as vendas de dispositivos Xiaomi voltando ao Brasil, vira uma opção bastante viável adquirir o aparelho por aqui também, o que o torna ainda mais atrativo.

Nota

9,0

Prós

  • Performance de topo de linha
  • Ótimas fotos
  • Autonomia confiável
  • Preço extremamente competitivo

Contras

  • Display não chama a atenção
  • Não acompanha fones de ouvido
  • Não possui NFC
User img

João Gabriel Nogueira

Netflix começa a testar novo recurso que baixa conteúdo recomendado automaticamente

Netflix começa a testar novo recurso que baixa conteúdo recomendado automaticamente

"Downloads Para Você" pode ajudar usuários a não ficarem sem ter o que assistir


Huawei lança no Brasil serviço Huawei Assistant e plataforma Ability Gallery

Huawei lança no Brasil serviço Huawei Assistant e plataforma Ability Gallery

Novo recurso para desenvolvedores conta com 1 milhão de participantes globais


A evolução dos Snapdragon 800: conheça a plataforma topo de linha da Qualcomm! [ATUALIZADO]

A evolução dos Snapdragon 800: conheça a plataforma topo de linha da Qualcomm! [ATUALIZADO]

A linha conta com os melhores do mundo e os processadores estão nos principais aparelhos Android


Oi promete Wi-Fi grátis e

Oi promete Wi-Fi grátis e "experiência 5G" em seu estande na CCXP 2019

Operadora patrocina o evento e vai mostrar conectividade em parceria com Omelete


American Airlines lança escaneamento de passaporte por aplicativo

American Airlines lança escaneamento de passaporte por aplicativo

Nova função usa a tecnologia de chip em passaportes eletrônicos para tornar o embarque internacional mais rápido