Análise: ZenFone 5

Análise: ZenFone 5

Novo design tem ampla tela como destaque nesse competente smarpthone

O ZenFone 5 é um aparelho do segmento intermediário/premium da Asus, tendo como destaque um novo design com uma tela de 6,2" em um corpo bastante enxuto graças a bordas estreitas nas laterais. O aparelho é equipado com boas câmeras, sendo que na traseira vem uma secundária com grande abertura, capaz de colocar mais elementos no enquadramento.

Esse segmento é composto por aparelhos que buscam um balanço entre qualidade e recursos vs o preço final. O Zenfone 5 e seus rivais como o Galaxy A8 ou Moto Z3 Play trazem belos designs e acabamentos de qualidade, amplas telas e boas câmeras, porém sem chegar aos extremos (tanto no custo quanto na qualidade) dos aparelho topo de linha.

Análise em vídeo

Preços

Preço no lançamentoR$ 1.999,00 16/08/2018R$ 2.699,00 22/06/2018R$ 2.299,00 22/06/2018R$ 2.099,00 04/10/2017
Preço atualizadoR$ 1.545,64 14/06/2019R$ 2.000,00 04/07/2018R$ 1.274,15 14/06/2019R$ 1.700,00 04/07/2018

Ficha Técnica

FabricanteASUS Samsung Motorola Asus
Site oficialLinkLinkLinkLink

Display

Tamanho6,2 polegadas6,0 polegadas6,01 polegadas5,5 polegadas
Resolução1080 x 2246, 402 ppi 2220 x 1080 1080 x 2160, 402 ppi 1920 x 1080
TecnologiaIPS LCD Super AMOLED Super AMOLED LED
ProteçãoCorning Gorilla Glass Corning Gorilla Glass Corning Gorilla Glass 3 Corning Gorila Glass

Câmera

TraseiraDual 12 MP + 8 MP 16MP 12MP + 5MP 12MP + 8MP
Vídeos2160p @ 30 FPS, 1080p @ 60 FPS [email protected] [email protected], [email protected] [email protected]
Frontal8 MP 16MP + 8MP 8MP 8MP
DetalhesTraseiras 12 MP, f/1.8, 24mm, 1/2.55", 1.4µm, PDAF, 4-axis OIS + 8 MP, f/2.0, 12mm, 1/4", 1.12µm, no AF f/1.7 (traseira) e f/1.9 (frontais) Traseira 12 MP, f/1.7, 1.4µm, dual pixel PDAF + 5 MP, depth sensor f/ 1.8 dual LED

Especificações

Sistema OperacionalAndroid 8 (Oreo) Android 7.1 Android 8.1 Android 7
ProcessadorQualcomm Snapdragon 636 Exynos 7885 Qualcomm Snapdragon 636 Qualcomm Snapdragon 630 ou 660
Número de núcleos8 8 8 8
Clock1.8 GHz até 2.2 GHz 1.8 GHz até 2.2GHz
GPUAdreno 509 Mali-G71 Adreno 509 Adreno 508
Memória RAM4, 6 GB4 GB4, 6 GB4 GB
Armazenamento interno64, 128 GB64 GB64, 128 GB64 GB
Cartão microSDAté 2TB Até 400GB Até 400GB Até 128GB
Bateria3300 mAh3.500 mAh3.000 mAh3.300 mAh
Dimensões153 x 75,7 x 7,9 mm59,9 x 75,7 x 8,3 mm156,5 x 76,5 x 6,8 mm153,3 x 75,2 x 7 mm
Peso155 g191 g156 g165 g
Portas de conexãoUSB Tipo-C USB Tipo-C USB Tipo-C USB Tipo-C
REDELTE LTE LTE LTE
Tipo de cartão SIMDual Nano SIM Dual Nano SIM Dual Nano SIM Nano

Recursos

Leitor de DigitalSIM SIM SIM SIM
ResistênciaNÃO IP68 NÃO
RadioSIM SIM SIM SIM
Bluetooth5.0 5.0 5.0 5.0
Carregamento sem fioNÃO NÃO NÃO NÃO
NFCSIM SIM SIM SIM
GPSA-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO SIM A-GPS, GLONASS, BDS SIM
ExtrasZenUI, reconhecimento facil Samsung Pay, Always-on display Modular, compatível com Moto Snaps

Design

Ao ser lançado, o ZenFone 5 sofreu várias críticas por sua semelhança com o iPhone X, e as comparações são inevitáveis. O aparelho traz na essência evoluções  parecidas com o modelo da Apple: um amplo display em smartphone compacto graças a bordas estreitas em torno da tela. O formato arredondado no display e nas laterais do próprio aparelho, o posicionamento da câmera na traseira e o entalhe no topo da tela deixam claro que o Zenfone 5 não se esforça muito para ser diferente.

As bordas finas em torno da tela possibilitam um display grande em um aparelho compacto

Se a originalidade pode ser contestada, na prática a Asus fez um excelente trabalho nesse smartphone. As laterais em metal tem um leve corte que cria uma textura para melhorar a pegada, enquanto a traseira em vidro forma um belo efeito. A borda inferior e um pouco mais larga que as das laterais e a superior, porém o efeito final não é ruim. O entalhe no topo está "e não está" ali, dependendo da configuração que você preferir pode ser colocado uma tarja preta que dá um acabamento que parece o tradicional.

Falando nesse entalhe, por usar uma tela IPS, o Zenfone 5 não consegue esconder 100% o entalhe, que é visível se você prestar bastante atenção ou ficar inclinando de leve o aparelho até visualizar. Sinceramente, o efeito é tão próximo que não dá pra notar o recorte na tela, exceto se você se esforçar muito.

O recorte da tela pode ficar evidente ou ser configurado para praticamente desaparecer

Telas IPS normalmente significam uma coisa: apesar de entregar bons ângulos de visão e se bem calibradas excelente equilíbrio de cores, elas não alcançam a capacidade das telas AMOLED de entregar saturação de cor e contrastes. O Zenfone 5 tem uma das melhores telas IPS que já testei, conseguindo um nível de saturação das cores bem acima de outros modelos que testei recentemente como o Xiaomi Mi Mix 2s. Os contrastes também estão em um nível excelente, suficiente para esconder o entalhe no topo da tela, por exemplo.

O Zenfone 5 possui duas caixas de som. Abaixo fica aquela com o posicionamento mais comum em smartphones, logo ai lado da conexão de cabo e em um lugar que é muito fácil de obstruir se você segura o aparelho na horizontal. A segunda fica no topo, ali no entalhe, e por estar direcionada para frente é mais difícil obstruí-la sem querer. O problema é que elas são assimétricas, com a caixinha de baixo sendo bem mais potente. O resultado é que se você bloquear a de baixo, vai continuar ouvindo o áudio, mas a perda de qualidade é notável. Falando no áudio, o ZenFone 5 tem uma das caixas de som mais potentes que já ouvi, chegando a um nível muito agressivo no volume mais alto. Não recomendo ir tão longe, porque o som chega a distorcer quando você exagera.

Câmera

O Zenfone 5 conta com uma dupla de câmeras na traseira, uma de 12MP com enquadramento tradicional e maior abertura para luz e uma secundária de 8MP com um ângulo maior. Enquanto outras empresas preferiram uma câmera com zoom óptico, a Asus manteve a fórmula do ZenFone 4 e trouxe uma câmera adicional 120º de campo de visão, possibilitando "caber mais coisas" na foto, algo que ajuda muito principalmente em ambientes mais restritos onde "dar passos para trás" não é uma opção.

Diferente da maioria das fabricantes, a Asus optou por uma câmera adicional grande-angular ao invés de zoom

Os resultados das fotos são bastante interessantes, com destaque para o equilíbrio das cores e a captação de detalhes da cena (algo que dá pra ver bem no corte de 100% da imagem, ali abaixo). O software é ágil no foco e mesmo quando precisa usar o HDR, algo que consegue definir automaticamente se é preciso ou não, a foto é feita de forma ágil. 

Mesmo em situações mais desafiantes de luz o resultado é bastante positivo, não granulando em excesso e nem perdendo as cores. Esse desempenho em situações ruins de iluminação é o principal destaque desse aparelho frente a rivais como o Moto Z3 Play ou o Galaxy A8+. Um ponto negativo é que a câmera com ângulo maior tem uma saturação de cor bastante exagerada, gerando tons bastante artificiais, como pode ver no comparativo abaixo.


Câmera tradicional versus secundária com ângulo de 120º

A estabilização óptica para fotos se sai bem, com resultados positivos mesmo em situações de luz ruins e onde a exposição foi um pouco mais longa, porém nos vídeos o aparelho não foi bem. Enquanto modelos anteriores foram bem convincentes nesse aspecto, o ZenFone 5 entregou resultados apenas regulares, dentro da média desse segmento de preço que costuma ficar sem os sistemas avançados de estabilização avançados dos modelos topo de linha. 

Performance

O ZenFone 5 vem equipado com a dobradinha de 4GB de RAM e processador Qualcomm Snapdragon 636, dois componentes que entregam excelente desempenho como já conferimos em rivais com o Moto Z3 Play. É um aparelho capaz de alternar rapidamente entre várias aplicações sem sinais de lentidão, e que irá satisfazer as necessidades da maioria dos consumidores.

O ZenFone 5 entrega a experiência sólida de desempenho que um Snapdragon 636 e bastante RAM proporcionam

Como um chip intermediário, ele não irá conseguir entregar qualidade mais alta em aplicações específicas, como games, por exemplo. Ainda assim irá entregar gráficos e performance suficiente para jogar, só tendo que reduzir um pouco a qualidade da imagem em alguns casos. 

O ZenFone 5 possui uma versão com componentes mais potentes, o ZenFone 5Z, que troca o chip intermediário da Qualcomm pelo modelo mais potente disponível, o Snapdragon 845. É um upgrade desnecessário para muitos dos consumidores, pois já serão atendidos pelo desempenho do 636, mas está à disposição de quem está buscando algo mais potente e está disposto a pagar a mais por isso.

Autonomia

A duração de bateria é um dos pontos críticos de minhas impressões com esse aparelho. Os intermediários/premium costumam ser bons aparelhos nesse aspecto graças aos seus componentes mais ponderados, diferente dos modelos topo de linha. Com o ZenFon 5 não foi assim, com uma autonomia próxima de modelos high-end, o que não é bom.

O principal destaque negativo é o consumo elevado da tela, resultando em apenas 6h30min de autonomia estimada com tela ligada. O Moto Z3 Play, por exemplo, entrega 8 horas. A eficiência, porém se mostra nas estimativas de tela desligada e uso combinado. De acordo com a estimativa do Accubattery, o ZenFone 5 entrega 25 horas de autonomia, o que mostra que ele é um aparelho que vai aguentar um dia de uso.

No uso a experiência é essa aferida pelo app. Ele consegue chegar ao fim do dia, mas não entrega uma margem muito grande de carga restante. Se você usa ele de forma muito intensiva, pode precisar dar uma carga no final da tarde para garantir que não vai ficar sem seu smartphone. Não chega a ser um resultado ruim, mas também não é um resultado bom. Curiosamente, quatro anos depois, volto a testar um aparelho que se chama ZenFone 5, e novamente não gostei de sua bateria. Apesar que no ZenFone 5 de 2014 isso era um problema crítico do aparelho, enquanto o ZenFone 5 de 2018 tem uma autonomia apenas regular, e só fica mal porque os concorrentes em seu segmento se saem melhores.

Adicionais

A Asus já consolidou sua política de customizar o Android através de sua interface, a ZenUI. A empresa vem trabalhando nela faz anos, e a evolução é notável. Dá para perceber uma ênfase em interfaces intuitivas, com uso de muita cor e também de ilustrações para explicar as funcionalidades. Apesar de algumas coisas estarem em lugares diferentes, em geral a interface segue uma lógica bem parecida com a do Android tradicional, então não é difícil se localizar.

O que a ZenUI tem de interessante são as configurações adicionais comparado ao Android Puro. A tela pode ter a cor e saturação calibrada através do Splendid, o PowerMaster traz recursos de gerenciamento e monitoramento de energia, o Temas facilita customizar o visual do sistema, enquanto outras telas trazem controle de uso de dados, de memória interna, entre outros. Em geral as interfaces são claras e ilustradas de forma intuitiva, então vão ser muito bem-vindas especialmente entre os usuários leigos. Só é preciso ficar de olho em algumas incompatibilidades. O software de bateria identificou o meu app da smartband como um que consome muita bateria, e então passou a fechá-lo fazendo a pulseira desconectar do celular. Bastou adicionar o aplicativo nas exceções do gerenciamento para que tudo voltasse ao normal.

A realidade dos bloatware, aqueles aplicativos pré-instalados (e as vezes indesejados) no aparelho, melhorou bastante. São pouquíssimos aplicativos já na memória do aparelho por padrão, com apenas uma suíte bem básica da Asus que inclui coisas como um calendário, previsão do tempo e o recurso de armazenamento na nuvem da empresa. Além deles, também tem apps da Google bem essenciais para a uso do Android como o Mapas e o Gmail e alguns aplicativos de rede sociais. 

Conclusão

05/08/2018 às 14:05
Análise

Análise: Motorola Moto Z3 Play

Aparelho evolui muito o design e aproveita melhor a área frontal

O ZenFone 5 tem importantes evoluções no design, sendo que seu grande destaque são suas bordas bastante finas em torno da tela e o uso da maior parte da área frontal por sua tela de 6,2 polegadas, o que resulta em um aparelho com um corpo bastante compacto apesar do display amplo. 

Notas: ASUS Zenfone 5
Design
9,5
Tela
9,5
Câmera
9,0
Performance
9,0
Autonomia
7,0
Preço
8,0

Um de seus destaques são as câmeras, que se sobressaem aos modelos do restante do segmento intermediário/premium especialmente em situações de baixa luz. Outro diferencial foi a abordagem da Asus para a câmera adicional na traseira, já que enquanto outras fabricantes vem implementando uma lente com zoom, ela aposta na lente grande-angular, algo que pode ser mais interessante dependendo dos gostos do usuário.

A performance é consistente, resultado do uso do competente Snapdragon 636 e boa quantidade RAM e memória interna. A customização do Android não interferiu no desempenho, e o ZenFone 5 entrega o bom desempenho que vemos também em outros aparelhos com configuração similiar, caso do Moto Z3 Play. Só gostaria de um desempenho mais convincente da bateria, que apesar de não ser ruim, fica abaixo do que vimos em aparelhos com preço e perfis semelhantes.

Com preço na casa dos R$ 1.999, o que coloca ele em disputa direta com o Moto Z3 Play, o ZenFone 5 tem como a principal qualidade trazer uma experiência próxima dos aparelhos topo de linha por um preço bem mais competitivo. Sua bela tela e corpo compacto (para um aparelho de 6,2") tornam ele um modelo atraente para quem quer um bom smarpthone mas não pretende desembolsar o custo elevado de modelos high-end.

Nota

9,0

Prós

  • Belo design com bordas finas
  • Display amplo
  • Excelente performance e boa quantidade de memória
  • Boas câmeras e lente grande angular adicional
  • Inclui capinha na caixa

Contras

  • Duração de bateria abaixo de rivais
  • Falta melhor estabilização em vídeos
  • Sem resistência contra água e poeira
OnePlus 8 Pro virá com câmera frontal em buraco na tela, indica rumor

OnePlus 8 Pro virá com câmera frontal em buraco na tela, indica rumor

Informação vem do perfil OnLeaks no Twitter, que tem acertado nos últimos lançamentos


Samsung registra patente de tela com notch reverso

Samsung registra patente de tela com notch reverso

Design é mais uma tentativa de conseguir uma tela maior


Evento da OnePlus pode revelar o McLaren Edition 7T Pro e cores diferentes para o 7T Pro

Evento da OnePlus pode revelar o McLaren Edition 7T Pro e cores diferentes para o 7T Pro

Novos teasers divulgados pelo CEO da empresa indica versões mais potentes do smartphone


ANÁLISE EM VÍDEO: ONE PLUS 7 PRO traz experiência high-end por preço MUITO competitivo

ANÁLISE EM VÍDEO: ONE PLUS 7 PRO traz experiência high-end por preço MUITO competitivo

Celular oferece recursos avançados e performance excelente sem destruir seu orçamento


OnePlus Pay é revelado como alternativa para serviços de Samsung e da Google

OnePlus Pay é revelado como alternativa para serviços de Samsung e da Google

Porta-voz da companhia revelou que funcionalidade chega aos celulares da empresa em 2020