Análise: Xiaomi Mi 8

Análise: Xiaomi Mi 8

Excelente câmera e performance compensam o design copiado do iPhone X

O Xiaomi Mi 8 é o atual topo de linha da Xiaomi, trazendo o que há de mais avançado atualmente em configurações para Android e um acabamento premium. O aparelho infelizmente não é vendido no Brasil, mas seu preço agressivo pode compensar a importação se a experiência do uso for boa. E é disso que vamos falar nesta análise!

Link para compra do Xiaomi Mi 8 na Gearbest

Preços

Preço no lançamentoU$ 480,00 01/06/2018R$ 2.499,00 17/07/2018R$ 1.999,00 16/08/2018R$ 2.299,00 22/06/2018R$ 2.699,00 22/06/2018
Preço atualizadoU$ 480,00 01/06/2018R$ 2.550,00 18/10/2018R$ 1.999,00 16/08/2018R$ 2.023,00 04/07/2018R$ 2.000,00 04/07/2018

Ficha Técnica

FabricanteXiaomi ASUS ASUS Motorola Samsung
Site oficialLinkLinkLinkLinkLink

Display

Tamanho6,21 polegadas6,2 polegadas6,2 polegadas6,01 polegadas6,0 polegadas
Resolução1080 x 2248, 402 ppi 2246 x 1080, 402 ppi 1080 x 2246, 402 ppi 1080 x 2160, 402 ppi 2220 x 1080
TecnologiaAMOLED IPS LCD IPS LCD Super AMOLED Super AMOLED
ProteçãoCorning Gorilla Glass Corning Gorilla Glass Corning Gorilla Glass Corning Gorilla Glass 3 Corning Gorilla Glass

Câmera

TraseiraDual 12MP+12MP Dual, 12 + 8 MP Dual 12 MP + 8 MP 12MP + 5MP 16MP
Vídeos4K 30 fps ou 1080p 120 fps 4K@30 FPS, 1080p@120 FPS 2160p @ 30 FPS, 1080p @ 60 FPS 2160p@30fps, 1080p@60fps 1920x1080@30fps
Frontal20MP 8 MP 8 MP 8MP 16MP + 8MP
DetalhesTraseira 12 MP (f/1.8, 1.4µm, 4-axis OIS, dual-pixel PDAF) + 12 MP (f/2.4), 2x optical zoom, dual pixel phase detection autofocus, LED flash Abertura de f/1.8m wide angle de 120º Traseiras 12 MP, f/1.8, 24mm, 1/2.55", 1.4µm, PDAF, 4-axis OIS + 8 MP, f/2.0, 12mm, 1/4", 1.12µm, no AF Traseira 12 MP, f/1.7, 1.4µm, dual pixel PDAF + 5 MP, depth sensor f/1.7 (traseira) e f/1.9 (frontais)

Especificações

Sistema OperacionalAndroid 8 (Oreo) Android 8 (Oreo) Android 8 (Oreo) Android 8.1 Android 7.1
ProcessadorQualcomm Snapdragon 845 Qualcomm Snapdragon 845 Qualcomm Snapdragon 636 Qualcomm Snapdragon 636 Exynos 7885
Número de núcleos8 8 8 8 8
Clock2.8 GHz 4x2.7 GHz Kryo 385 Gold + 4x1.7 GHz Kryo 385 Silver 1.8 GHz 1.8 GHz até 2.2 GHz
GPUAdreno 630 Adreno 630 Adreno 509 Adreno 509 Mali-G71
Memória RAM6 GB4, 6, 8 GB4, 6 GB4, 6 GB4 GB
Armazenamento interno64, 128 GB64, 128, 256 GB64, 128 GB64, 128 GB64 GB
Cartão microSDNÃO Até 512GB Até 2TB Até 400GB Até 400GB
Bateria3400 mAh3300 mAh3300 mAh3.000 mAh3.500 mAh
Dimensões154,9 x 74,8 x 7,6 mm153x75,7x7,9 mm153 x 75,7 x 7,9 mm156,5 x 76,5 x 6,8 mm59,9 x 75,7 x 8,3 mm
Peso175 g155 g155 g156 g191 g
Portas de conexãoUSB Tipo-C USB Tipo-C USB Tipo-C USB Tipo-C USB Tipo-C
REDELTE LTE LTE LTE LTE
Tipo de cartão SIMDual nano-SIM Dual-SIM (Nano-SIM) Dual Nano SIM Dual Nano SIM Dual Nano SIM

Recursos

Leitor de DigitalSIM SIM SIM SIM SIM
ResistênciaNÃO NÃO NÃO NÃO IP68
RadioNÃO SIM SIM SIM SIM
Bluetooth5.0 5.0 5.0 5.0 5.0
Carregamento sem fioNÃO NÃO NÃO NÃO NÃO
NFCSIM SIM SIM SIM SIM
GPSDual, A-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO, QZSS A-GPS, GLONASS, BDS SIM A-GPS, GLONASS, BDS SIM
ExtrasMIUI, reconhecimento facial IR, GPS de frequência dupla ZenUI, reconhecimento facial ZenUI, reconhecimento facil Modular, compatível com Moto Snaps Samsung Pay, Always-on display

Análise em vídeo

Design e Tela

Comparando o Mi 8 com outros smartphones high-end, o aparelho não está entre os mais bonitos. O corpo dele é em metal, com um acabamento caprichado de visível qualidade, mas seu design não traz nenhum diferencial e passa a impressão de ser só mais uma imitação do iPhone X, mas sem o mesmo nível de expertise do aparelho da Apple.

A cor que temos aqui, com a traseira branca, também não favorece muito o aparelho. O tom do branco é um tanto lavado e o efeito prateado das laterais acaba deixando o smartphone com três cores: branco atrás, prateado dos lados e preto na frente. Claro que estética é gosto pessoal, principalmente na parte das cores, mas ainda assim não acho a aparência do Mi 8 um grande diferencial para o aparelho. 

Continua depois da publicidade

O Mi 8 é bonito e tem acabamento caprichado, mas não impressiona como outros high-end

Usar o branco na traseira pelo menos serve para disfarçar as manchas de dedo, já que a parte de trás do Mi 8 é vidro.

O Mi 8 acompanha também o notch, que se popularizou este ano. Por ter apenas uma câmera frontal e escaneamento infra-vermelho para o rosto, acredito que o notch ficou um tanto grande. O aparelho dá a opção de disfarçar o entalhe, escurecendo a tela dos lados dele, mas mantendo algumas informações ali, uma solução interessante que até preferi usar assim.

A tela do Mi 8 é bonita e tem ótimo poder de brilho. A iluminação AMOLED continua sendo minha preferida em smartphones, oferecendo cores vivas e que, no caso deste smartphone, não ficam super saturadas. Ele tem ainda um excelente poder de brilho, garantindo boa usabilidade em quaisquer condições de luminosidade.

O formato estendido ajuda a entregar uma área de tela maior sem comprometer tanto a pegada, mas num smartphone com 6,21'' não dá pra dizer que é possível fazer tudo com uma mão só. Mas ele ainda oferece ótima usabilidade mesmo sem usar as duas mãos.

*O aparelho está usando uma película protetora nas nossas fotos.

Performance

Continua depois da publicidade

A parte da performance é um dos principais destaques do Mi 8, ainda mais levando-se em conta o preço dele. O aparelho traz um Snapdragon 845, o atual processador topo de linha da Qualcomm, por um valor em torno dos R$ 2.000, o que coloca ele bem na frente de outros dispositivos nessa faixa de preço.

E a experiência de uso é exatamente o que se espera de um hardware potente assim, ainda mais com 6GB de RAM, que dá e sobra para um smartphone. Rodando diversos aplicativos ao mesmo tempo não se nota engasgos no sistema ou no uso dos recursos e mesmo os apps pesados no 3D e em gráficos rodam com certa tranquilidade.

A performance do Mi 8 é excelente e um de seus principais destaques

Enquanto Fortnite não fica devidamente disponível no Android, PUBG segue sendo nosso patamar de teste nos dispositivos e ele roda bem no Mi 8, como seria de se esperar. Dá pra jogar quase sem engasgos, mesmo em configurações mais altas. 

Autonomia

É na parte da autonomia que tanta performance cobra o preço. Como é típico em aparelhos topo de linha, o Mi 8 não se destaca pela sua duração fonte da tomada, mas não chega a ser um problema também. 

O smartphone está na média de outros aparelhos do segmento, precisando ser recarregado todo dia, durando no máximo um dia e meio quando é pouco usado. Um uso realmente intenso pode fazer a bateria nem chegar ao fim do dia.

Só pra ser mais específico, descrevo como "uso médio" um dia inteiro com ele conectado no Wi-Fi ou 4G, usando aplicativos sociais, navegando na internet em alguns momentos e jogando ocasionalmente, com o brilho automático habilitado, mas sempre colocando um ganho extra na configuração padrão da luminosidade.

É interessante notar que o Mi 8 avisa que está com pouca bateria quando tem 19% faltando, enquanto muitos Androids, por padrão, esperam dar 15% para avisar. Isso pode ser considerado um sinal que a própria Xiaomi reconhece que é melhor avisar antes porque a bateria descarrega rápido.

Câmera

O conjunto de câmeras traseiras do Mi 8 é excelente. Um dos melhores que testei neste ano. As fotos saem nítidas, com boa qualidade de pós processamento. O viés aqui é que elas granulam meio fácil quando aplicamos um zoom, mas olhando a foto imediatamente elas saem bonitas e bem balanceadas:

E você pode optar entre as câmeras para uma foto mais abrangente da grande angular ou mais aproximada da outra câmera:

Como sempre, é difícil um smartphone que se destaque quando pioramos as condições de luz, mas pessoalmente acredito que o Mi 8 ainda conseguiu entregar um resultado honesto nas fotos que tirei em condições ruins de luminosidade:

O Mi 8 faz fotos ótimas com as câmeras traseiras e fotos boas com a câmera frontal

Uma das principais qualidades que tem sido bastante destacada pelos fabricantes de smartphones usando o Snapdragon 845 são as capacidades de inteligência artificial (IA) e deep learning para tirar melhores fotos. O aparelho consegue reconhecer muito do que está sendo fotografado, se é uma pessoa, um animal ou uma paisagem, por exemplo, e tenta ajustar suas configurações automáticas para tirar a melhor foto possível. Se o resultado realmente sai melhorado pode ser discutido, mas fiquei realmente surpreso com a facilidade e a velocidade que o Mi 8 reconheceu que estava fotografando um gato quando apontei a câmera para minha baixinha:

Não poderíamos deixar de mencionar também a câmera frontal do Mi 8, que vem com generosos 20MP. Ela tira, realmente, ótimas fotos, mas honestamente eu esperava um pouco mais, dado o tamanho do número de seu sensor. As fotos com a câmera frontal também usam inteligência artificial para reconhecer o que estão fotografando e trazem alguns recursos, como o popular "retrato".

O "retrato" evidencia o objeto sendo fotografado e desfoca o fundo. O efeito costuma se sair melhor com duas câmeras, mas o Mi 8 ainda tenta fazer usando software com sua única câmera frontal. O resultado é mais ou menos, como dá pra ver no comparativo:

Usando o modo retrato com o conjunto de câmeras da traseira do próprio Mi 8 vemos um resultado bem melhor:

Pessoalmente, acredito que a Xiaomi poderia ter economizado alguns megapixels na câmera frontal e colocado um flash em seu notch, porque o flash frontal sim costuma conseguir diferenças bem visíveis em selfies. 

Na parte de vídeos, o Mi 8 filma em até 4K e, usando o FullHD ele oferece recursos como o timelapse e câmera lenta. O que eu quero mencionar aqui é sua boa estabilização de imagem. Eu fiz o vídeo abaixo sem balançar o smartphone de propósito, mas também sem tomar cuidado para mantê-lo firme, e o resultado foi satisfatório. Muito do balanço do celular pra cima e pra baixo sumiu, mas a imagem ficou um pouco tremida, então serve, mas ainda não é o ideal:

Recursos e Extras

O Mi 8, como a maioria dos smartphones da Xiaomi, usa a MIUI, versão customizada do Android. Não sou um grande fã da MIUI porque seu principal objetivo é deixar o Android com cara de iOS, eliminando a gaveta de aplicativos e restringindo algumas opções que costumamos encontrar de customização na interface. Mas isso é gosto pessoal, há quem prefira a MIUI e até considere a interface customizada um grande diferencial em aparelhos Xiaomi. Por isso e também levando em conta que é só baixar outro launcher para mudar a situação, que não conto a MIUI como um ponto negativo

Como extras aqui a gente pode contar todo o ecossistema da Xiaomi, que conta com um fórum com usuários bem participativos e uma loja de temas atualizada constantemente, com alguns temas pagos, mas muitos gratuitos. Isso é bem interessante para dar uma cara nova ao seu aparelho, inclusive mudando os ícones, sempre que der vontade.

O sensor de digitais é excelente, mas cadê os fones?

Na parte de recursos também vou aproveitar para elogiar o sensor de digitais, que é rápido e preciso. Nenhuma vez durante meu uso tive dificuldade para destravar o aparelho. Basta um leve toque e, associado à sua excelente performance, o Mi 8 destrava em menos de um segundo.

Aqui fica, no entanto, uma crítica a um recurso que quase todo aparelho tem e o Mi 8 não: fones de ouvido. O Xiaomi Mi 8 não acompanha fones de ouvido e isso é realmente uma decepção.

O Mi 8 pode ser destravado por reconhecimento facial, via infra-vermelho. O recurso funciona bem e é rápido e preciso, mas tem um sério problema: só funciona quando o aparelho está configurado para certas regiões e o Brasil não é uma delas. Colocando a região como "Índia", por exemplo, nas configurações, a opção pro destravamento facial aparece, mas colocando como Brasil ela some. Numa atualização recente já foram acrescentados novos países, então pode ser que o Brasil também seja colocado no futuro, mas no momento não tem como garantir.

Conclusão

A sua satisfação com o Mi 8 vai depender do que você espera deste celular. Quando comparado com outros dispositivos high-end, temos algumas opções melhores, com um design mais sofisticado, mais recursos e outros diferenciais. Mas comparando o Mi 8 com outros aparelhos na mesma faixa de valor dele, que é a comparação que fazemos em nossa análise, este aparelho é uma recomendação disparada.

Ele traz performance de topo de linha fazendo excelentes fotografias com suas câmeras traseiras e tem uma câmera frontal que se destaca menos, mas que de modo algum deixa a desejar. Seu acabamento não é dos que mais me agradou, mas é de incontestável qualidade e capricho, que certamente vai atrair outros compradores.

Notas: Xiaomi Mi 8
Design
8,0
Tela
9,5
Câmera
9,5
Performance
10,0
Autonomia
7,0
Preço
9,5

A única questão que pesa aqui é ter que importar o aparelho. Apesar da importação não ter mais segredo hoje em dia, ainda não dá pra dizer que é uma aquisição tão simples quanto comprar numa loja por aqui. Há uma espera bem maior e smartphones importados enfrentam mais dificuldade quando precisam de manutenção, com muitos lugares demorando mais para receber seus componentes ou até nem tendo. Isso sem mencionar a questão do imposto, que varia dependendo do seu estado, mas pode encarecer bastante o aparelho.

O Mi 8 é um excelente aparelho que vale a pena importar, mas o Zenfone 5Z é um páreo duro

Eu diria que o Mi 8 mesmo com um imposto em cima ainda é um smartphone que vale muito a pena, mas é pelo valor que atualmente encontramos ele na Gearbest que eu não consigo deixar de recomendar este aparelho. Aliás, como todo dispositivo importado da China, aqui cabe a dica que é sempre bom ficar de olho e comprar numa promoção, já que descontos para esses aparelhos acontecem constantemente.

Link para compra do Xiaomi Mi 8 na Gearbest

Sua verdadeira competição por aqui, no momento, é o Zenfone 5Z, e aí temos um páreo muito duro. Em matéria de números brutos, o Mi 8 leva vantagem, inclusive no preço, mas o Zenfone 5Z não fica muito atrás e tem a vantagem de não precisar ser importado e contar com assistência e reposição de peças em caso de quedas por exemplo. No fim, vai depender do gosto pessoal de cada um escolher, mas independente de qual você decidir, terá um excelente aparelho.


Nota

9,3

Prós

  • Excelente performance
  • Ótimas fotos
  • Acabamento premium de qualidade
  • Preço extremamente competitivo
  • Inclui capinha na caixa

Contras

  • Sem flash frontal
  • Sem carregamento por indução
  • Sem fones
  • Sem vendas oficiais no Brasil
Huawei Mate P30 Pro pode ser equipado com sensor de imagem Sony IMX607 com 38MP [Rumor]

Huawei Mate P30 Pro pode ser equipado com sensor de imagem Sony IMX607 com 38MP [Rumor]

O smartphone deve vir com um jogo de câmeras traseiras tripla e flash duplo


Xiaomi lança lâmpada de cabeceira inteligente Mijia Bedside Lamp 2

Xiaomi lança lâmpada de cabeceira inteligente Mijia Bedside Lamp 2

Aparelho de Internet das Coisas é compatível com Apple HomeKit e assistentes de voz


Galaxy S10 Plus aparece com câmera quádrupla em anúncio de capa protetora

Galaxy S10 Plus aparece com câmera quádrupla em anúncio de capa protetora

Imagens praticamente confirmam que o smartphone virá com câmera dupla frontal


Xiaomi FIMI X8 SE

Xiaomi FIMI X8 SE

Confira a ficha técnica


Drone Xiaomi FIMI X8 SE tem design semelhante ao Mavic Air, mas preço bem mais baixo

Drone Xiaomi FIMI X8 SE tem design semelhante ao Mavic Air, mas preço bem mais baixo

Algumas tecnologias do drone da Xiaomi são melhores, como autonomia de voo de 33 minutos