Análise: Samsung Galaxy J7 Prime 2

Análise: Samsung Galaxy J7 Prime 2

Nessa imensidão de Galaxys J, TV digital é seu grande diferencial

O Samsung Galaxy J7 Prime 2 é um smartphone intermediário com tela ampla de 5,5 polegadas e seu principal diferencial na verdadeira infinidade de aparelhos Galaxy J é a presença da TV digital embarcada.

Com preço anunciado de R$ 1.300, ele já é encontrado por bem mais modestos R$ 870, tornado esse modelo um forte concorrente entre os consumidores que buscam um bom aparelho com custo não muito alto. 

Análise do Galaxy J7 Pro: um ótimo smartphone intermediário, mas com poucos destaques

Análise em vídeo

Design

O Galaxy J7 Prime 2 tem um design bastante discreto e básico, com uma traseira em metal com detalhes em plástico no topo e na base para possibilitar o fucnionamento do sinal de celular. Existe uma borda entre a traseira e o display, e alguns detalhes não trazem um visual muito caprichado, algo normal considerando o segmento de preço em que está inserido esse aparelho. O resultado é um Galaxy bastante genérico, e um dos poucos destaques é a autalização dos botões na parte frontal, que ganharam o padrão de ícones novos da interface da Samsung.

O visual do Galaxy J7 Prime 2 tem um design genérico, mas funcional

O display de 5,5 polegadas traz resolução FullHD, algo bastante positivo já que muitos Galaxy J7 mais baratos ainda estão usando a resolução HD, porém ao invés do AMOLED como vemos em muitos aparelhos (inclusive alguns mais baratos) da Samsung aqui está em uso o PLS LCD. O PLS é uma tecnologia semelhante ao IPS, garantindo bons ângulos de visão e baixa distorção na imagem, porém fica abaixo do AMOLED quando falamos em saturação de cores e contrastes.

Câmera

Quando olhamos para segmentos de entrada e intermediário não é supresa nenhuma encontrar câmeras bastante básicas, e o Galaxy J7 Prime 2 não é exceção. O grande destaque é o uso de uma objetiva com abertura de f/1.9, configuração que permite captar grande quantidade de luz. 

Assim como outros aparelhos da marca, a empresa investiu em câmeras similares na parte da frente e na traseira do aparelho, com ambas possuindo um sensor de 13MP e um flash de LED simples. Recursos mais avançados como estabilização óptica, por exemplo, ficam de fora. Nenhuma surpresa, já que só vamos encontrar esse tipo de característica em aparelhos bem mais caros.

O resultado das fotos são dentro do esperado. Em boa situação de luz os resultados são interessantes, e em situações mais adversas como locais muito escuros ou fotos noturnas os resultados apresentam uma notável granulação e perda de cores e detalhes nas imagens. Porém, considerando o segmento de preço que está inserido, o J7 Prime 2 até que não se sai mal, e a lente com maior abertura para luz entrega resultados aceitáveis mesmo nessas situações bem adversas.

A Samsung trouxe alguns recursos adicionais como um efeito de desfoque para a câmera frontal (que tem lá suas falhas tradicionais desse tipo de efeito processado posteriormente) e até mesmo alguns filtros e animações em tempo real para as fotos (não funciona para gravar vídeos, mas são interativos).

Performance

O processador usado é o Exynos 7870, um bom modelo que é equipado com oito núcleos Cortex-A53 com clock máximo em 1,6GHz, então não entregará alto desempenho, mas uma performance consistente para o cotidiano. Na parte de RAM ele é equipado com 3GB, que é uma quantidade bastante confortável mesmo se você abre muitos aplicativos e alterna entre eles. 

O resultado dessa combinação de componentes é um celular que consegue lidar bem com múltiplos aplicativos abertos e uma alternância entre ele, sem engasgos evidentes nas transições, porém a falta de performance do SoC faz com ele não se destaque em aplicações mais pesadas como games. Ele também eventualmente pode apresentar lentidão na abertura de um app que já não está aberto em segundo plano, mas nada suficiente para comprometer a experiência com o aparelho, que se saiu bem ao longo do período de testes.

Autonomia

Se um processador básico não entrega altíssimo desempenho, em contrapartida ele se sai muito bem na hora de economizar energia. O J7 Prime 2 tem um desempenho bastante consistente de bateria, entregando até 2 dias de autonomia se você for muito econômico em seu uso. Em um uso mais ponderado ele garante tranquilamente um dia todo de uso. E se você ficar "pendurado" direto na telinha, 8 horas também é um resultado interessante para um uso constante.

Extras

O J7 Prime 2 TV carrega no nome seu grande diferencial. Se em linhas gerais ele parece outro Galaxy na infinidade de modelos disponíveis, ele conta com a TV Digitial como seu grande trunfo. Nessa situação sua tela FullHD vem bem a calhar: a imagem tem excelente definição. Aqui o áudio é quem não ajuda muito.

Assim como muitos modelos Galaxy, o J7 Prime 2 TV tem o som por conta de uma caixinha de som na lateral esquerda, o que tem a vantagem de evitar que o som fique a abafado se você segurar o aparelho na horizontal, porém tem uma qualidade e intensidade apenas aceitável, dentro do desempenho pífio que praticamente todos os aparelhos desse segmento e até modelos mais caros possuem.

06/01/2018 às 12:00
Vídeo

Análise do Galaxy J7 Pro: um ótimo smartphone intermediário, ...

O aparelho é bom, mas os concorrentes também são!

Em minha experiência o aparelho se saiu muito bem. Precisa de alguns segundos para sintonizar cada canal, mas rapidamente fica em boa qualidade e a recepção do sinal é bem aceitável usando o acessório que vem na caixa. Esse é um detalhe importante: o celular depende de algo ligado na porta P2, seja um fone convencional ou esse acessório, pois ele que atua como antena.

O que ficou de fora foi o NFC, e por conseguência também "dançou" o Samsung Pay, tecnologia da empresa sul-coreana para realizar pagamentos. É preciso ter ou o MST, ou o NFC, para conseguir usar o recurso, e o J7 Prime 2 TV não tem nenhum dos dois. Se quiser um aparelho mais em conta e com a capacidade de fazer pagamentos, o jeito é partir para um Galaxy J7 Pro.

Conclusão

Notas: Samsung Galaxy J7 Prime 2 TV
Design
7,5
Tela
8,0
Câmera
7,5
Performance
8,0
Autonomia
9,0
Preço
9,0

O Galaxy J7 Prime 2 TV é outro Galaxy J em um mercado saturado com tantos modelos de rivais e até mesmo da própria Samsung, mas mesmo assim o Prime 2 tem seus atrativos. Com um custo bastante agressivo, chegando a custar na casa dos R$ 870, atualmente, entrega boa performance, uma câmera que não se sai mal e uma tela de boa resolução. Seu design não é dos mais atraentes, mas não compromete.

Esses atributos já tornam ele um bom smartphone intermediário, porém a inclusão de TV Digital pode ser um diferencial importante, tornando o conjunto mais atraente. Esse é um excelente opção para quem busca um smartphone com excelente relação entre custo e benefício, e uma escolha praticamente certeira se você está buscando um aparelho com TV. 

O Galaxy J7 Prime 2 é uma ótima opção para quem busca um modelo com custo x benefício e TV Digital

O Prime 2 TV acerta em um nicho interessante. Existem outros aparelhos no mercado com TV, porém muitos estão situados em segmentos muito de entrada, e por conseguência são aparelhos de qualidade ruim, enquanto rivais como o Moto G6 Plus são bem melhores, mas também custam bem mais. O Galaxy J7 Prime 2 consegui achar um bom balanço entre um aparelho que tem qualidade e também agrega o sintonizador, sendo a melhor pedida para quem quer ver TV no celular, mas não quer gastar nem demais, nem pegar um aparelho "muito fraco" e por conta disso com uma performance e qualidade muito baixa.

23/06/2018 às 19:00
Análise

Análise: Motorola Moto G6 Plus

Ótimo smartphone com excelente autonomia e câmera dupla








Nota

9,0

Prós

  • Boa tela
  • Bastante memória RAM e interna
  • TV Digital
  • Preço competitivo
  • Boa autonomia

Contras

  • Sem NFC e Samsung Pay
  • Design bastante genérico
  • Diferente de outros Galaxy, não usa tela AMOLED
Versão com 5G do Galaxy S10 pode vir com seis câmeras

Versão com 5G do Galaxy S10 pode vir com seis câmeras

O aparelho pode vir com quatro câmeras traseirasa e mais duas frontais


Asus Zenfone 5Z irá receber a atualização para o Android 9 Pie em janeiro de 2019

Asus Zenfone 5Z irá receber a atualização para o Android 9 Pie em janeiro de 2019

O smartphone vai receber atualização do Android cinco meses depois de seu lançamento


Xiaomi assume fabricação e distribuição de smartphones da marca chinesa Meitu

Xiaomi assume fabricação e distribuição de smartphones da marca chinesa Meitu

O contrato entre as empresas também garante algumas tecnologias exclusivas para a Xiaomi


OnePlus anuncia plano de internet móvel que não precisa de chip SIM

OnePlus anuncia plano de internet móvel que não precisa de chip SIM

O serviço estará disponível mundialmente em aparelhos da empresa


Samsung Galaxy Note 10 deve chegar com tela de 6,6 polegadas e bordas finas [Rumor]

Samsung Galaxy Note 10 deve chegar com tela de 6,6 polegadas e bordas finas [Rumor]

O S10 ainda nem chegou, mas os rumores sobre o próximo Note já começaram a aparecer