ANÁLISE DO REDMI NOTE 9 PRO: Um dos melhores de 2020 com preço de intermediário-premium!

ANÁLISE DO REDMI NOTE 9 PRO: Um dos melhores de 2020 com preço de intermediário-premium!

O Redmi Note 9 Pro pode ser uma ótima opção pra quem estiver disposto a importar

Não faz muito tempo que a Xiaomi transformou sua popular linha Redmi numa marca independente, que faz alguns de seus celulares mais interessantes. Um dos lançamentos mais recentes sob a marca é o Redmi Note 9 Pro, um celular com design arrojado, processador intermediário-premium e preço agressivo. Será que vale o investimento? Vamos comentar na análise!

Banggood - Xiaomi Redmi Note 9 Pro Global 6GB+128GB - US$269 / R$1.250 - Cupom: BGAFFN9P
Xiaomi Oficial - Xiaomi Redmi Note 9 Pro Global 6GB+128GB - R$3.587

Preços

Preço no lançamentoU$ 269,00 10/05/2020R$ 2.199,00 30/01/2020R$ 2.199,12 20/01/2020
Preço atualizadoU$ 269,00 10/05/2020R$ 2.199,00 30/01/2020R$ 2.199,12 20/01/2020

Ficha Técnica

FabricanteXiaomi Samsung Motorola
Site oficialLinkLink

Display

Tamanho6,67 polegadas6,5 polegadas6,5 polegadas
Resolução1080 x 2400, 395 ppi 1080 x 2400 1080 x 2340, 396 ppi
TecnologiaIPS LCD Super AMOLED IPS LCD
ProteçãoCorning Gorilla Glass 5 Corning Gorilla Glass 3 NÃO

Câmera

Traseira64MP + 8MP + 5MP + 2MP 48MP + 12MP + 5MP + 5MP 64MP principal + 8MP ultra-wide
Vídeos[email protected], [email protected], [email protected] [email protected], [email protected] [email protected]; [email protected]
Frontal16MP, f2.5, (wide) 32 MP, [email protected] 32MP + 8MP ultra-wide (ambas pop-up)
Detalhes64 MP, f/1.9, 26mm (wide) + 8 MP, f/2.2, 119° (ultrawide) + 5 MP, f/2.4, (macro) + 2 MP, f/2.4, (depth) 48MP principal (f/2.0) + 12MP ultrawide (f/2.2) + 5MP macro (f/2.4) + 5MP profundidade (f/2.2) f/ 1.9 wide, Laser AF, PDAF, selfie f/2.0

Especificações

Sistema OperacionalAndroid 10, MIUI 11 Android 10 (One UI 2.0) Android 10
ProcessadorQualcomm Snapdragon 720G (8 nm) Exynos 9611 Qualcomm Snapdragon 675
Número de núcleos8 8 8
Clock2.3 GHz 4x 2.3 GHz + 4 x 1.7 GHz 2x2.0 GHz 6x1.7GHz
GPUAdreno 618 Mali-G72 MP3 Adreno 612
Memória RAM6 GB4 ou 6 GB4 GB
Armazenamento internoUFS 2.1 64GB, 128GB GB64 ou 128 GB128 GB
Cartão microSDaté 256 GB SIM Até 1TB
Bateria5020 mAh4000 mAh4000 mAh
Dimensões165,8 x 76,7 x 8,8 mm158.5 x 73.6 x 7.9 mm161.8 x 76.6 x 8.9 mm
Peso209 g172 g210 g
Portas de conexãoTipo C, 3.5 jack USB Type-C e conector de fones de ouvido 3.5mm USB-C
REDELTE GSM / HSPA / LTE LTE
Tipo de cartão SIMDual SIM Nano-SIM Dual Nano SIM

Recursos

Leitor de DigitalSIM, na lateral Sim (embaixo da tela) SIM
ResistênciaNÃO Não NÃO
RadioFM Sim SIM
Bluetooth5.0 Sim (5.0) 5.0
Carregamento sem fioNÃO Não NÃO
NFCSIM Sim SIM
GPSA-GPS, GLONASS, GALILEO, BDS Sim (A-GPS, GLONASS, GALILEO, BDS) A-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO
ExtrasCarregamento rápido de 30W NFC Carregamento rápido de 45W

Smartphone Xiaomi Redmi Note 9 Pro Branco 128GB, Tela de 6.67, 6GB de RAM, Câmera Traseira Quádrupla, Android 10 e Processador Qualcomm Octa-Core

Smartphone Xiaomi Redmi Note 9 Pro Branco 128GB, Tela de 6.67, 6GB de RAM, Câmera Traseira Quádrupla, Android 10 e Processador Qualcomm Octa-Core

Smartphone Samsung Galaxy A51 Branco 128GB, Tela Infinita de 6.5, Câmera Traseira Quádrupla, Leitor Digital na Tela, Android e Processador Octa-Core

Smartphone Samsung Galaxy A51 Branco 128GB, Tela Infinita de 6.5, Câmera Traseira Quádrupla, Leitor Digital na Tela, Android e Processador Octa-Core

Smartphone Motorola One Hyper, 128GB, 64MP, Tela 6.5´, Rosa Boreal + Capa Protetora - XT2027

Smartphone Motorola One Hyper, 128GB, 64MP, Tela 6.5´, Rosa Boreal + Capa Protetora - XT2027

Continua após a publicidade

Análise em vídeo

Design e Tela

O design do Redmi Note 9 Pro é um de seus pontos fortes. O celular, na medida do possível, tenta oferecer um visual diferenciado, um design próprio num segmento que costuma ser bastante repetitivo. Então já enxergo isso como um ponto positivo. Sua enorme tela de 6,67'' certamente resulta num aparelho grande, mas as bordas até que são bem estreitas para o segmento, o que ajuda o celular a não ficar tão desproporcional e prejudicar tanto a pegada. 

Aqui temos o primeiro sacrifício em busca de um preço competitivo. A tela, com esse tamanho todo, não é das mais bonitas, mantendo-se na tecnologia IPS LCD. As cores são bem definidas e a experiência é completamente satisfatória, mas não há aquele contraste e definição de imagem que encontramos numa iluminação de LED, por exemplo.3

Tela grande e com bordas finas, mas sem LEDs

No topo e bem no centro encontramos a câmera frontal, entalhada num buraco da tela. Esse tipo de design tem se mostrado bastante popular, mas é exatamente minha solução preferida, principalmente para o segmento intermediário. Isso porque este formato, neste segmento, costuma impedir a presença de um conjunto duplo de câmeras ou a implementação de um flash frontal, recursos que são muito úteis para selfies. O Redmi Note 9 Pro, então, oferece uma única câmera frontal, mas é um design que permite uma maior área de tela, certamente uma prioridade para muitas pessoas.

O celular posiciona também o leitor de digitais na lateral e essa é a primeira vez que testo um aparelho com este formato. Considerei a solução muito bem colocada, sendo uma boa alternativa para "agradar a gregos e troianos". O sensor fica numa posição mais natural para o dedo quando seguramos o celular, quando comparado ao posicionamento embaixo da tela e, ao mesmo tempo, ainda permite destravar o smartphone usando a digital sem precisar levantá-lo da mesa.

Leitor de digitais na lateral é uma solução interessante

Continua após a publicidade

Indo pra traseira do Redmi Note 9 Pro, temos o conjunto de quatro câmeras, organizado num quadrado que fica bem no meio da parte superior do celular. A batalha contra câmeras protuberantes nos celulares já foi perdida há muito tempo. Conforme as pessoas se preocupam em tirar fotos cada vez melhores, parece que aceitam com tranquilidade que o conjunto das câmeras forme uma "lombada" na traseira de seus celulares. Como Note 9 Pro não é diferente, e seu "quadrado de câmeras" é bem saliente. Mas aqui temos uma solução interessante na capinha que acompanha o dispositivo.

Além de ser um adicional sempre muito bem-vindo, a capa protetora do Redmi Note 9 Pro aproveita também para disfarçar um pouco o abaulamento causado pelas câmeras do aparelho. Essa é uma solução bem interessante primeiro porque permite o celular ficar mais nivelado sobre a mesa e, segundo, porque resulta numa capa de silicone grossa que parece bem confiável.

Vale mencionar, por fim, que o aparelho conta com conexão USB-C e mantém a conexão analógica de 3,5mm (P2) para fones de ouvido, o que é sempre positivo.

Câmeras

O teste de fotografia do Redmi Note 9 Pro, infelizmente, foi atrapalhado pela quarentena. Mas podemos notar sem dificuldade que o aparelho tem um conjunto muito competente de câmeras e alguns recursos bem interessantes de fotografia. Pra começar, ele tem três ângulos diferentes pra escolher, o que já é um diferencial muito legal em relação a outros celulares que geralmente oferecem duas opções, ou apenas uma. 

As imagens abaixo foram tiradas da mesma posição, usando as três diferentes opções de abertura do ângulo que a câmera oferece:

O celular também oferece diversas opções de fotografia e vídeo. Dá pra usar o modo profissional para mexer em mais configurações, tirar fotos em macro e temos também o modo retrato, é claro. E é interessante que o Note 9 Pro não se sai mal no modo retrato frontal, porque tem um processador bem competente. As fotos no escuro decepcionaram um pouco, mas isso é esperado de qualquer celular.

Câmeras oferecem diversos recursos e uma variedade de modos

O mais bacana aqui são diversas opções de vídeo também. Além da filmagem tradicional - que pode ser feita em 1080p a 60fps ou até 4K, a 30fps - temos outras opções de gravação para vídeos curtos e câmera lenta, por exemplo. Além disso, o Redmi Note 9 Pro oferece uma coleção de filtros que podem ser usados tanto nos vídeos como nas fotografias.

Devido ao conjunto avançado de câmeras, esperava um desempenho um pouco melhor na filmagem. O balanço de cores não é dos melhores, e o vídeo acabou ficando meio apagado. A estabilização também não vai muito bem, mas o vídeo pelo menos se ajusta rapidamente aos diferentes focos e balanços de luz.

E o celular também filma em 4K:

Como mencionei antes, o design de "buraco na tela" para a câmera frontal limita as possibilidades de fotografias com este sensor. Colocar uma câmera dupla impactaria no preço final do aparelho, mas um flash frontal não deve mudar tanto o custo de produção e já deixaria as fotos tiradas assim mais interessantes. Mas é um sacrifício bem-vindo por muitos usuários que preferem ter o máximo de área de tela.

 

Performance e Autonomia

A performance do Redmi Note 9 Pro é um de seus principais destaques no segmento. Equipado com um Snapdragon 720G, o celular entrega uma experiência de uso muito confortável. A navegação é fluida e a maioria dos aplicativos abre e funciona sem engasgos. Mesmo testando jogos mais pesados, com ênfase nos gráficos em 3D, o Note 9 Pro não pareceu ter problemas pra se segurar. E o aparelho roda o criterioso Fortnite também, que não se deixa instalar em qualquer celular.

Como mencionamos algumas vezes em análises anteriores de celulares, o processador também tem um papel importante na qualidade final das suas fotos, através do pós-processamento, e isso é uma coisa que muita gente não se lembra. É isso que permite, por exemplo, o Note 9 Pro se sair bem com o modo retrato mesmo usando apenas uma câmera frontal no modo selfie.

Ótimo desempenho e um bom tempo longe da tomada

A questão da autonomia segue complicada de se avaliar nessa situação de isolamento e quarentena. Mas o Redmi Note 9 Pro tem tudo pra impressionar nesse quesito também.

O aparelho se segura por mais de um dia longe da tomada sem grandes dificuldades, mesmo com um uso bem frequente, ouvindo podcasts, acessando redes sociais e jogando. E isso não é nenhuma surpresa com a grande quantidade de bateria que foi colocada nesse smartphone, com uma capacidade de 5.020 mAh. O esperado é que ele dure bastante mesmo e não decepcione nessa parte.

E o celular conta com Quick Charge 4.0, o que ajuda essa grande bateria a não demorar tanto pra recarregar. 

Recursos e Extras

Alguns diferenciais merecem ser citados a respeito do Redmi Note 9 Pro. Começando pelos seus recursos de segurança, já chama a atenção o sensor de digitais. Mesmo com o formato diferente em relação à maioria dos celulares, o sensor de impressões digitais do Redmi Note 9 Pro funciona muito bem e garante uma experiência tranquila de uso. Não bastando essa opção, o aparelho também conta com reconhecimento facial.

Não é a melhor implementação de reconhecimento facial que já vi num celular. Às vezes leva um tempinho pra destravar e algumas raras vezes não chegou a reconhecer meu rosto, então acabou não sendo minha opção preferida. Mas nada que impeça um uso tranquilo no fim das contas. A tecnologia é satisfatória o suficiente para ser usada por quem prefere o recurso.

Recursos da MIUI 11 e uma "barra de games" muito interessante!

Um outro recurso digno de nota é a barra de games do celular. O Note 9 Pro detecta automaticamente quando o app aberto é um jogo e coloca uma pequena aba no canto que você pode puxar pra acessar funções extras. Você pode usar essa barra pra capturar a tela, filmar a tela ou limpar a memória imediatamente, pra liberar mais performance para o jogo, o que é muito bacana. Além disso, a barra oferece também o acesso rápido a uma janela em miniatura, que eu achei um dos recursos mais legais que já vi nesse tipo de barra. Dá pra acessar a internet, o Facebook ou o WhatsApp rapidamente, numa pequena janela diretamente em cima do jogo, sem ter que fazer toda aquela troca de telas só pra responder uma mensagem rápida ou pesquisar algo sobre o próprio game, ali mesmo rapidamente.

O Redmi Note 9 Pro conta também com atualização para a MIUI 11, versão mais recente do sistema operacional da Xiaomi, com os recursos que a plataforma oferece.

Conclusão

O Redmi Note 9 Pro é mais um modelo de celular que nos deixa um pouco confusos a respeito da presença da Xiaomi no Brasil. A venda oficial do aparelho por aqui coloca ele numa faixa de preço bem menos interessante. Fazendo uma importação, no entanto, dentro de todos os meios legais e pagando as taxas cabíveis, é possível conseguir este celular na faixa dos R$ 2.000, atualmente até menos,, o que certamente o deixa bem mais competitivo, e uma opção muito mais interessante.

O grande destaque deste aparelho é como ele concilia várias características avançadas num só produto com um preço bem competitivo. Diferente de outros intermediários que "escolhem" um aspecto principal para ser seu grande ponto de venda, o Redmi Note 9 Pro incorpora várias características bastante avançadas num pacote só, mantendo um preço bem competitivo.

Quase a experiência de usar um high-end com preço de intermediário

 

As câmeras são ótimas, a performance é excelente e a bateria tem uma duração muito acima da média, oferecendo uma experiência geral de uso comparável a um aparelho high-end. Apenas a tela não segue o mesmo padrão de alta qualidade dos outros recursos, ficando apenas no nível "satisfatório" que se espera de um smartphone do segmento intermediário mesmo.

O aparelho fica especialmente interessante nas promoções que aparecem de vez em quando em sites que vendem diretamente da China, possibilitando adquirir um dos melhores celulares de 2020 por menos de R$ 2.000.


Nota

9,0

Prós

  • Bonito design
  • Ótima performance
  • Câmeras versáteis
  • Excelente autonomia
  • Bom preço importando

Contras

  • Filmagem não é tão boa quanto as fotos
  • Tela deixa um pouco a desejar
  • Muito caro no Brasil
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Samsung apresenta Galaxy S20 Fan Edition com câmera selfie de 32 MP

Samsung apresenta Galaxy S20 Fan Edition com câmera selfie de 32 MP

Modelo se posiciona entre seus irmãos Galaxy S20 e S20 Ultra


Google Pixel 5 pode chegar com bateria de 4.080 mAh e tela de 90 Hz

Google Pixel 5 pode chegar com bateria de 4.080 mAh e tela de 90 Hz

Vazamento revelou as especificações do próximo celular da gigante da web


Imint anuncia parceria com a MediaTek para incorporar estabilização de vídeo Vidhance nos chipsets

Imint anuncia parceria com a MediaTek para incorporar estabilização de vídeo Vidhance nos chipsets

O Vidhance já foi integrado em smartphones com chips MediaTek no passado, mas como software


Xiaomi Mi TV LUX Ultra 8K com conexão 5G e painel mini-LED chega dia 28 de setembro

Xiaomi Mi TV LUX Ultra 8K com conexão 5G e painel mini-LED chega dia 28 de setembro

Essa seria a primeira TV mini-LED 8K fabricada em massa com conectividade 5G no mundo


Gmail agora pode ser usado como app padrão de e-mails no iOS 14

Gmail agora pode ser usado como app padrão de e-mails no iOS 14

Apple finalmente começou a dar mais opções para os usuários