Análise Moto G8 - um dos MELHORES custo x benefício do mercado

Análise Moto G8 - um dos MELHORES custo x benefício do mercado

Motorola acerta um ótimo balanço entre a qualidade e os recursos

O Moto G8 é um celular inteligente da Motorola do segmento intermediário, em uma altura onde vemos aparelhos que buscam um bom balanço entre um preço acessível e qualidade.

Ele tem algumas reduções comparado ao Moto G8 Plus, como uma tela com menor resolução e uma configuração diferente para as câmeras, mas em contrapartida mantém outros elementos como a performance.

Análise em vídeo

Especificações técnicas

Preços

Preço no lançamentoR$ 1.189,15 14/04/2020R$ 1.495,00 05/12/2019R$ 1.124,00 15/04/2020
Preço atualizadoR$ 1.189,15 14/04/2020R$ 1.349,00 05/01/2020R$ 1.124,00 15/04/2020

Ficha Técnica

FabricanteMotorola Motorola Samsung Xiaomi
Site oficialLinkLinkLinkLink

Display

Tamanho6,4 polegadas6,3 polegadas6,4 polegadas6,3 polegadas
Resolução720 x 1560, 268 ppi 1080 x 2280, 400 ppi 720 x 1560 1080 x 2340, 409 ppi
TecnologiaLTPS IPS LCD LTPS IPS LCD Super AMOLED IPS LCD
ProteçãoCorning Gorilla Glass

Câmera

TraseiraTripla 16MP + 8MP + 2MP Tripla 48MP + 16MP + 5MP 25MP + 5MP + 8MP 48MP + 8MP + 2MP + 2MP
Vídeos[email protected]; [email protected] [email protected]; [email protected] [email protected], [email protected] [email protected], [email protected]
Frontal8MP 25MP 16MP 13MP
DetalhesTraseiras: wide PDAF f/1.7, ultrawide 8MP f/2.2 e macro 2MP f/2.2 Traseiras: wide f/1.7 PDAF, ultra-wide f/2.2, câmera de profundidade f/2.2 Abertura de f/1.7 e f/2.2 na traseira, abertura de f/2.0 na câmera frontal 48 MP, f/1.8, (wide) + 8 MP, f/2.2, 13mm (ultrawide) + 2 MP f/2.4, 1/5 (macro) + 2 MP f/2.4 (depth sensor)

Especificações

Sistema OperacionalAndroid 10 Android 9 (Pie) Android 9.0 (Pie) Android 9 (Pie), MIUI 10
ProcessadorQualcomm Snapdragon 665 Qualcomm Snapdragon 665 Exynos 7904 Qualcomm Snapdragon 665
Número de núcleos8 8 8 8
Clock4x2.0 GHz 4x1.8GHz 4x2.0 GHz 4x1.8GHz 2x1.8 GHz Cortex-A73 & 6x1.6 GHz Cortex-A53 2 GHz
GPUAdreno 610 Adreno 610 Mali-G71 MP2 Adreno 610
Memória RAM4 GB4 GB4 GB4, 6 GB
Armazenamento interno64 GB64 GB64 GB64, 128 GB
Cartão microSDAté 512GB Até 512GB Até 512GB até 256 GB
Bateria4000 mAh4000 mAh4000 mAh4000 mAh
Dimensões161.3 x 75.8 x 9 mm158.4 x 75.8 x 9.1 mm158.4 x 74.7 x 7.8 mm158,3 x 75,3 x 8,4 mm
Peso188 g188 g169 g190 g
Portas de conexãoUSB-C USB-C USB Tipo-C Tipo C
REDELTE LTE 4G LTE
Tipo de cartão SIMDual Nano SIM Dual Nano SIM Nano SIM Dual SIM

Recursos

Leitor de DigitalSIM SIM SIM, na tela SIM
ResistênciaResistente a respingos Resistente a respingos NÃO NÃO
RadioSIM SIM SIM FM
Bluetooth5.0 5.0 5.0 5.0
Carregamento sem fioNÃO NÃO NÃO NÃO
NFCNÃO NÃO NÃO NÃO
GPSA-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO A-GPS, GLONASS, BDS, GALILEO SIM A-GPS, GLONASS, GALILEO, BDS
ExtrasCarregador 10W Carregador rápido 15W Carregador rápido 15W Carregamento rápido de 18W

Design e Tela

O Moto G8 fica dentro do estilo da nova geração de produtos da Motorola, com o módulo de câmeras ficando mais discreto e deslocado para uma lateral, bordas mais finas e, nesse caso, um furo na tela deslocado para o canto esquerdo para posicionar a câmera frontal.

O corpo do aparelho é feito em plástico com um acabamento brilhante, ficando com a cara de vidro que praticamente todos os smarpthones tem apostado atualmente. Considerando que é um aparelho buscando um custo acessível, não acho ruim o visual do Moto G8.

Continua após a publicidade

O display tem economias comparado ao Moto G8 Plus na resolução, indo do FullHD+ para a resolução HD+, mas felizmente mantém características importantes como bom nível de saturação de cor, brilho e baixa distorção da imagem mesmo que você olhe para ela de diferentes ângulos. Particularmente, acho suficiente a resolução HD para o porte desse aparelho, e não chego a perceber imagens de baixa qualidade devido a contagem menor de pixels.

A redução na resolução da tela é uma das economias comparado ao modelo G8 Plus

A tela segue com alguns problemas que notamos em modelos como o Moto One Vision: o furo na tela acaba fazendo uma certa bagunça no topo da interface, tornando a barra superior um tanto mais larga, mas nada horroroso. Há também uma leve variação na iluminação da tela bem próximo das bordas mas, considerando que é um produto buscando um preço competitivo, isso está longe de chegar a um nível que incomode.

A caixa de som, infelizmente, segue a fórmula mais comum da indústria. Está toda localizada na parte inferior, em um local um tanto fácil de se abafar dependendo de como você segura ou apoia o aparelho em algum lugar. Apesar disso, o som é acima da média, com boa intensidade e definição. 

Performance

Um dos pontos mais positivos quando olhamos na "descida" do Moto G8 Plus para o G8 "não plus" é que o hardware foi mantido. Isso quer dizer que segue por aqui o excelente Snapdragon 665, um com chip intermediário que manda bem em performance, combinado com 4GB de memória RAM, o que também é uma quantidade mais que suficiente.

Falando em memória, o aparelho vem com 64GB de armazenamento. É uma quantidade que dá conta com tranquilidade do uso da maioria dos consumidores, mas a própria Motorola já foi mais generosa em um patamar próximo de preço, como quando equipou alguns modelos com 128GB. Ainda assim, considerando o segmento de valor que está, o armazenamento do G8 está de bom tamanho.

Em nossa experiência de uso, o aparelho deu conta do recado abrindo apps de forma ágil e conseguindo alternar entre eles sem sinais de lentidão. A performance em games e satisfatória, com Call of Duty Modern Warfare se configurando automaticamente no pre-set de gráficos no alto e taxa de quadros no alto, apesar que preferi baixar para o médio para ganhar mais fluidez nas imagens, já que dá pra sentir algumas quedas leves quando está na qualidade alta. Em PUBG Lite também foi possível jogar em qualidade média e taxa de quadros no médio, e o jogo rodou com boa fluidez e de forma eficiente.

Autonomia

Continua após a publicidade

O Moto G8 segue a tendência do mercado de baterias maiores, e vem equipado com generosos 4000 mAh, quantidade que funciona muito bem com seus componentes intermediários e que, por consequência, consomem menos energia.

Em nossos testes ele sobra com folga para um dia completo de uso e quase chega ao segundo. O aplicativo AccuBattery estimou que ele é capaz de segura quase 14 horas com a tela sempre acesa, um ótimo resultado, e também pode chegar a 45 horas de uso combinado, aquele com momentos de uso alternado com momentos ocioso.

O carregador que vem na caixa é do tipo rápido, mas não é dos mais rápidos. O carregador de 10W. Em nossos testes ele recuperou 13% da carga em 15 minutos, o que é um resultado "OK", já havendo vários aparelhos que se saem melhor que isso, alguns até com baterias maiores.

Câmera

O G8 trouxe um conjunto triplo de câmeras, assim com o G8 Plus, porém mudou "a formação" desse trio, além de trazer sensores com resoluções um pouco menores comparado a versão plus.

O aparelho conta com a dupla de câmeras wide e ultra-wide, substituindo a terceira câmera de detecção de profundidade por uma câmera macro. Essa câmera tem como diferencial uma baixíssima distância focal, então você pode praticamente encostar no objeto sendo fotografado, e capturar detalhes muito próximos como texturas e partes minúsculas de um objeto. Abaixo um comparativo do mesmo posicionamento com a foto batida pela lente wide e a ultra-wide:

Considerando o conjunto, o G8 tem uma das combinações mais legais de múltiplas câmeras. Tanto a macro quanto a ultra-wide possibilitam enquadramentos bem diferentes das cenas, com uma pegando muito mais do ambiente e a outra capturando muito mais de um único ponto. É bom destacar que elas possuem uma qualidade inferior a câmera principal, em partes decorrente da menor abertura para luz e sensores de menor resolução presentes nelas. Só em aparelhos mais caros vemos um melhor equilíbrio na qualidade de toda as câmeras, e as vezes nem neles.

Com a macro dá pra ir pesado na aproximação do objeto, e fazer fotos que não são possíveis com lentes tradicionais. Abaixo você pode ver uma foto da mesma posição com a lente tradicional e a lente macro:

As fotos em geral tem qualidade aceitável, mas é uma pena que alguns recursos presentes em modelos mais caros começam a ficar de fora. O principal exemplo é o Night Vision, modo que faz um pós-processamento intenso da cena e captura de longa exposição para melhorar fotos noturnas. Ele está presente no G8 Plus, mas está ausente aqui, e faz falta nos cliques em lugares pouco iluminados.

A câmera frontal não é excepcional, mas "se defende", como dá pra ver nessa foto em um local com iluminação mediana e com o problema de encarar um contra-luz. O efeito de desfoque no fundo até que funcionou bem:

O efeito bukeh também está disponível na câmera traseira, com bons resultados como dá pra ver nessa foto abaixo:

Recursos e Extras

A Motola já consolidou sua postura de modificar muito pouco no sistema da Google, entregando o chamado "Android Puro". As interfaces estão praticamente inalteradas comparando ao sistema padrão, com poucas adições nos menus, nos apps instalados e em funcionalidades.

Falando nelas, as funcionalidades incluídas pela empresa estão entre algumas das mais interessantes e são muito bem-vindas. Entre as principais, estão algumas já bem conhecidas pelos consumidores de produtos da linha Moto, como o Moto Tela, que acende o display para mostrar informações como hora, restante de bateria e notificações, além de permitir certos gestos como torcer o pulso para abrir a câmera e chacoalhar para acender o LED e usar como lanterna. Todas são bem intuitivas e operam muito bem no Moto G8 Plus.

A Motorola também trouxe um modo Gametime com algumas funções úteis para quando você está jogando algo, como desligar notificações e ligações, manter o brilho de tela fixo e atalhos para tirar screenshots.

Conclusão

O Moto G8 faz economias, mas acerta no que mantém. A tela perde resolução comparado ao modelo Plus, mas ainda possui uma densidade de pixels suficientes para ter uma imagem com qualidade suficiente. A câmera perde alguns truques, mas ainda dá conta do recado, especialmente considerando esse segmento de preço.

Moto G8 acerta o equilíbrio entre economia e recursos

Um dos principais pontos fortes foi o hardware, pois aqui foi mantida a configuração do G8 Plus, com boa quantidade de RAM e um chip da Qualcomm potente. Como resultado é muito confortável usar o G8, seja para atividades do cotidiano como aplicações mais pesadas, tipo games, onde ele se sai bem para um modelo dessa faixa de custo.

Apesar dos cortes em relação a outros modelos, o G8 é um dos melhores da linha. Enquanto o G8 Play exagera nas reduções, e começa a trazer pouca RAM e um chip pouco potente, na outra ponta o G8 Plus ficou longe de nos convencer, pois traz poucos benefícios pelo investimento adicional. Ele também bate o One Macro, outro modelo que já recomendamos no passado por ter bom boa relação custo vs benefício.

Com preço de lançamento de R$ 1.399, ele já é encontrado por menos de R$ 1.100, e é um dos mais fortes concorrentes nesse segmento. Se você está procurando um aparelho "nem caro nem barato demais", esse aqui é um celular pra ficar de olho.


Nota

8,0

Prós

  • Novo design melhorado
  • Bom desempenho e bastante memória
  • Capinha e carregador rápido incluídos na caixa
  • Boa autonomia
  • Preço competitivo

Contras

  • Sem recursos como Night Vision
  • Sem estabilização óptica na câmera
  • Sem NFC e rede 5GHz WiFi
User img

Diego Kerber

Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego colabora com a Adrenaline na produção de notícias e artigos na coluna "Vida Digital".

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Celular da Xiaomi com Super Charge Turbo de 100W pode ser lançado em agosto [Rumor]

Celular da Xiaomi com Super Charge Turbo de 100W pode ser lançado em agosto [Rumor]

Aparelho supostamente já está no estágio de produção em massa


OnePlus confirma que o celular OnePlus Nord terá câmera ultrawide para selfies

OnePlus confirma que o celular OnePlus Nord terá câmera ultrawide para selfies

Informação foi confirmada em um pequeno vídeo publicado pela empresa no Instagram


PCs Windows também podem migrar para processadores ARM, segundo ex-representante da Apple

PCs Windows também podem migrar para processadores ARM, segundo ex-representante da Apple

Expectativa para o aumento de desempenho dos futuros Macs ARM é bastante positiva


Galaxy S20+ BTS Edition começa ser vendido no Brasil por R$ 5.999

Galaxy S20+ BTS Edition começa ser vendido no Brasil por R$ 5.999

Edição do aparelho já deve ser encontrada em lojas físicas e online da Samsung e Vivo


Atualização do Google Fotos enfim permite filtrar por imagens recém-adicionadas

Atualização do Google Fotos enfim permite filtrar por imagens recém-adicionadas

Recurso estava disponível no navegador há anos e só agora chega aos celulares